MENSAGENS PARA A GERAÇÃO DOS ÚLTIMOS DIAS

Blog com mensagens e artigos diferentes sobre Deus e a Bíblia

Pastores do Silas Malafaia Têm Salário de até R$ 20 mil, Além de Casa e Carro

**************************************************************
Eu não sei qual a razão de Jesus ter tomado a figura da OVELHA como símbolo dos CRISTÃOS.

A ovelha é um dos animais mais [besta] (manso) que existe. Por causa disso vemos milhares de cristãos sendo enganados pelos lobos devoradores. Não estou querendo dizer que os cristãos deviam ser comparados a bodes ou cabritos. Será que não tinha um animal mais apropriado para comparar os cristãos?

Qual a finalidade de se criar ovelhas? R= Prepará-las para a matança, para servir de alimento e tirar-lhes a lã, ou servir de sacrifício.

Por enquanto, os lobos estão apenas “tirando-lhes a lã”, isto é, os bens materiais que essas ovelhas possuem.

Poderia tomar inúmeras referências bíblicas para ensinar essa geração dos últimos dias a trilhar nas veredas antigas. Mas, faço minhas as palavras de Cristo, que diz:

9 Quem tem ouvidos, ouça.
10 E chegando-se a ele os discípulos, perguntaram-lhe: Por que lhes falas por parábolas?
11 Respondeu-lhes Jesus: Porque a vós [CRISTÃOS VERDADEIROS] é dado conhecer os mistérios do reino dos céus, mas a eles [CRENTES DA NOVA ERA] não lhes é dado;
12 pois ao que tem, dar-se-lhe-á, e terá em abundância; mas ao que não tem, até aquilo que tem lhe será tirado.
13 Por isso lhes falo por parábolas; porque eles, vendo, não vêem; e ouvindo, não ouvem nem entendem.
14 E neles se cumpre a profecia de Isaías, que diz: Ouvindo, ouvireis, e de maneira alguma entendereis; e, vendo, vereis, e de maneira alguma percebereis.
15 Porque o coração deste povo se endureceu, e com os ouvidos ouviram tardamente, e fecharam os olhos, para que não vejam com os olhos, nem ouçam com os ouvidos, nem entendam com o coração, nem se convertam, e eu os cure. MATEUS 13:9-15.

“Respondeu-lhe Jesus: As raposas têm covis, e as aves do céu têm ninhos; mas o Filho do homem não tem onde reclinar a cabeça” (Lucas 9:58).

Jesus nunca teve a intenção de juntar riquezas materiais, nem para ele nem para os seus discípulos. O único que queria que Jesus cobrasse pelo bem que fazia às pessoas era Judas Iscariotes, o traidor.

“Se é só para esta vida que esperamos em Cristo, somos de todos os homens os mais dignos de lástima” (I Corintios 15:19).

Estas palavras de Paulo sintetizam bem o verdadeiro sentido do ser um Cristão: viver longe da cobiça, da ganância, das riquezas, dos prazeres deste mundo. Por que digno de lástima? Porque a vida do cristão deve ser pautada pela simplicidade, sem apego as coisas do mundo, sem luxúria, sem apego às riquezas, sem acúmulo de riquezas materiais. E isso não está acontecendo com esses crentes da nova era, porque são doutrinados erroneamente pelos lobos devoradores.

“Mas ajuntai para vós tesouros no céu, onde nem a traça nem a ferrugem os consomem, e onde os ladrões não minam nem roubam” (Mateus 6:20).

Depois de ler essas palavras de Jesus, preciso ser mais claro?

“Seja a vossa vida isenta de ganância, contentando-vos com o que tendes; porque ele (Deus) mesmo disse: Não te deixarei, nem te desampararei” (Hebreus 13:5).

Esta recomendação do autor da carta aos Hebreus não existe na Bíblia dos lobos devoradores. Eles passam por cima desse versículo e nem comentam.

“E repartia-se a cada um, segundo a necessidade que cada um tinha” (Atos 4:35).

“No presente momento, a fartura de vós suprirá a necessidade deles, para que, por sua vez, a fartura deles supra a necessidade de vós. Então haverá igualdade” (II Corintios 8:14-15).

Os cristãos da Igreja Primitiva (época apostólica) viviam o verdadeiro COMUNISMO. E essa é a verdadeira característica do Cristianismo: Comunismo, centrado em Deus.

E para coroar estas minhas podenrações, nada mais apropriado do que as recomendações de Timoteo para os verdadeiros cristãos:

“(3) Se alguém ensina alguma doutrina diversa, e não se conforma com as sãs palavras de nosso Senhor Jesus Cristo, e com a doutrina que é segundo a piedade, (4) é soberbo, e nada sabe, mas delira acerca de questões e contendas de palavras, das quais nascem invejas, porfias, injúrias, suspeitas maliciosas, (5) disputas de homens corruptos de entendimento, e privados da verdade, cuidando que a piedade é fonte de lucro; (6) e, de fato, é grande fonte de lucro a piedade com o contentamento. (7) Porque nada trouxe para este mundo, e nada podemos daqui levar; (8) tendo, porém, alimento e vestuário, estaremos com isso contentes.
(9) Mas os que querem tornar-se ricos caem em tentação e em laço, e em muitas concupiscências loucas e nocivas, as quais submergem os homens na ruína e na perdição.
(10) Porque o amor ao dinheiro é raiz de todos os males; e nessa cobiça alguns se desviaram da fé, e se traspassaram a si mesmos com muitas dores” (I Tim. 6:3-10).
*************************************************************

Pastores do Malafaia têm salário de até R$ 20 mil, além de casa e carro

Pastor Silas Malafaia anuncia que paga para seus pastores até R$20 mil por mês, além de dar casa mobiliada, carro e escola para filhos


Silas Malafaia, 53, informou que o salário dos pastores de sua igreja, a Assembleia de Deus Vitória em Cristo, vai de R$ 3.000, para iniciantes, a R$ 20.000, com benefícios que incluem casa mobiliada, escola para filhos e plano de saúde. Pastores com experiência têm direito a carro do ano.

É a primeira vez que um líder religioso neopentecostal revelou o salário dos pastores. Na falta de maiores informações, os valores citados por Malafaia podem ser tomados como referência do mercado de salários dos pregadores da Bíblia.

As perspectivas desses profissionais são as melhores possíveis, considerando que não precisam ter formação universitária. Um professor de ensino médio não ganha tanto, nem sequer um médico em início de carreira, por exemplo.

“Mas é preciso saber ler a Bíblia, pregar, explicar”, disse Malafaia à jornalista Daniela Pinheiro, que escreveu para a revista Piauí de setembro reportagem sobre o pastor. “Não adianta o cara [candidato a pastor] vir com chorumela”, avisou Malafaia.

Na semana passada, a BBC Brasil informou que os pastores mais habilidosos estão sendo disputados pelas igrejas neopentecostais. Está se tornando cada vez mais comum um pastor mudar de igreja para ganhar mais, a exemplo do que ocorre em outras atividades.

A valorização desses profissionais se deve a um conjunto de fatores: o bom desempenho da economia brasileira, o fortalecimento do poder aquisitivo das classes C e D (onde há proporcionalmente mais evangélicos) e a disputa cada vez mais acirrada entre as igrejas evangélicas pelo mercado de fiéis.

O número de vagas é crescente e faltam profissionais. A procura por bons profissionais supera a oferta.

Malafaia informou que vai abrir 250 igrejas nos próximos cinco anos. Considerando que cada templo necessita no mínimo de dois pastores, a Vitória de Cristo vai precisar de pelo menos 500 profissionais. Atualmente, a subdenominação tem cerca de 100 templos.

É aconselhável que os candidatos a pastor saibam o inglês ou outro idioma, porque as igrejas neopentecostais vão continuar se expandindo exterior, em ritmo cada vez mais acelerado. A Igreja Universal, por exemplo, já se encontra em 110 países, onde o “negócio” é administrado, na maioria dos casos, por brasileiros, tidos como os de “mais confiança” em relação aos pastores “nativos”.

A Universal tem mais filiais no exterior do que qualquer multinacional brasileira, registrou a BBC. Em Londres, o esforço agora da denominação é cativar os ingleses, não só, portanto, os brasileiros lá radicados.

A Igreja Mundial segue o caminho da Universal. Além de ter um forte crescimento no Brasil, a igreja de Valdemiro Santiago se expande sobretudo na África. Pouco se sabe da Igreja Internacional da Graça, do discreto R.R. Soares, mas seus planos também são expansionistas.

Na Universal, o pastor tem de cumprir meta de arrecadação de dízimo, como qualquer vendedor de apólice de seguro ou do comércio atacadista, por exemplo. Há prêmios, como viagem a Jerusalém, àqueles que obtêm os melhores resultados.

Além de bom salário, os pastores sempre têm a possibilidade de abrir “o próprio negócio” sem praticamente nenhum investimento. Para registrar uma igreja e começar a pregar e colher dízimo, desfrutando de isenção de impostos, basta R$ 500, no máximo, sem contar o aluguel de um salão.

FONTE: Revista Piauí (Via Paulo Lopes)

************************************************
Miquels7 – Irado com esses lobos devoradores.

Anúncios

16/09/2011 - Posted by | CRISTIANISMO EM CRISE, TEOLOGIA DA PROSPERIDADE | , , ,

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: