GOVERNO DE CUBA OFERECE UNIVERSIDADE GRATUITA PARA ESTUDANTES, MAS, JORNALISTAS CANALHAS, DE DIREITA, NUNCA FALAM BEM DO GOVERNO CUBANO

**********
TODO DINHEIRO QUE GOVERNO CUBANO RECEBE DE FORA É INVESTIDO EM EDUCAÇÃO, SAÚDE, MEDICINA E FORMAÇÃO DE MÉDICOS, GENETICISTAS, EPIDEMIOLOGISTAS, ETC.


Imagem: Giovanni Bello/Folhapress

É melhor o Brasil dar dinheiro para o governo cubano, que dar para políticos brasileiros, como as tais cotas parlamentares e verbas partidárias. Pois todo dinheiro que o governo cubano recebe de vários países é investido em educação, em saúde, produção de vacinas e formação de engenheiros, de médicos, que são enviados em missão da Cruz Vermelha para vários países do mundo onde há conflitos de guerras, desastres naturais e epidemias. Os jovens universitários que estudam nas Universidades cubanas não pagam nada. Tudo é custeado pelo governo. Como os médicos formados não pagam nada pelos estudos, o governo precisa que eles doem parte do que ganham para compensar os gastos governamentais, afim de que outros estudantes possam se formar. E estudantes de várias partes do mundo vão fazer curso de Medicina em Cuba. Estudantes brasileiros não querem fazer curso de Medicina em Cuba por puro preconceito.

Os médicos cubanos produzem remédios, vacinas e fazem experiências genéticas para encontrar a cura de várias doenças. Uma das doenças que os médicos cubanos encontraram a cura recentemente foi o vitiligo, a doença que causa manchas brancas por todo o corpo.

Cuba foi durante décadas a segunda maior potência do Esporte depois dos Estados Unidos. Atualmente o Brasil e o Canadá vem se destacando no Esporte. Porém, Cuba oferece a melhor Medicina e a melhor Educação dos países latinos americanos.

Certa vez assisti ao Programa do Jô Soares, na Globo, onde ele e “as meninas do Jô” discutiam sobre os temas mais relevantes do momento no país. Eles discutiam sobre o Programa Mais Médicos, de Dilma, e a situação econômica da população menos favorecida de Cuba. Passaram o tempo todo falando mal do governo comunista cubano, e não comentaram nada relevante, de forma proposital. Apenas a jornalista Cristina Serra falou sobre uma reportagem do jornalista Jorge Pontual, dando conta que Cuba tem uma das melhores medicinas do mundo, e que forma médicos e produz vacina que são enviadas para vários países. Colocaram também uma reportagem de uma jornalista que foi conferir como era a vida cotidiana do povo cubano, e fez visita a residência de famílias mais humildes. A repórter entrou na residência de uma senhora, que lhe ofereceu um café. Depois a repórter pediu para ir ao banheiro. A mulher então pediu para a repórter esperar um pouco, enquanto ela foi ao quarto pegar um papel, talvez um resto de rolo de papel higiênico. Foi aí que eu vi a maldade e a hipocrisia desses jornalistas de direita. Eles passaram a comentar, dizendo que nas casas dos cubanos mais pobres a necessidade era tão grande que não havia nem papel higiênico para o asseio das pessoas. Cheguei a ver uma das comentaristas “engolir saliva”, com pena da mulher, que não tinha papel higiênico no banheiro. Hipócritas! Safados! Quem de vocês pode dizer que nunca um dia faltou papel higiênico em casa? Eu que sou professor, às vezes tenho passado vexame aqui em casa quando acaba o papel higiênico. Pois, fico com medo que chegue uma visita e não tenha papel higiênico no banheiro. Esses repórteres tratam da mesma forma os venezuelanos pobres, dizendo que eles não podem comprar nem papel higiênico. Aqui em casa no início do mês se vier um repórter visitar e saber como anda a minha situação financeira, vai ver a geladeira e a dispensa abarrotada de alimentos, materiais de higiene e limpeza. Porém, se ele vier visitar a minha casa no final do mês, não achará quase nada na geladeira nem na dispensa. Pois, as coisas que posso comprar só duram 20 dias no máximo. E talvez nem encontre papel higiênico no banheiro. No restante do mês, até o próximo pagamento, a gente se vira como pode. Um faz bico e consegue comprar comida; outro consegue comida de acolá, e assim a gente vai se virando. Aqui em casa compramos dois botijões de gás de 13 kg por mês; uma botija dura pouco mais de três semanas. E às vezes não tem dinheiro para comprar o gás e temos que emprestar de alguém. Tem ainda contas de luz, água e internet para pagar. E nem sempre sobra dinheiro no final do mês.

Essa é a vida maldosa do ser humano. E são justamente pessoas que ganham bem, que nunca souberam o que é passar fome e necessidade que costumam falar mal dos pobres, que se aproveitam da condição financeira de uma família em momento difícil para tentar atingir o governo.

**********
Veja esta postagem do Uol Notícias sobre as Universidades cubanas.

Cuba não tem apenas duas faculdades de medicina.

Lucas Teixeira Borges
Colaboração para o UOL
29/11/2018 04h00

Uma mensagem compartilhada via internet tem questionado o número (e a formação) dos médicos cubanos enviados ao Brasil pelo programa Mais Médicos.

Em meio à polêmica saída de Cuba do programa, anunciada no dia 14 de novembro, o texto indica que o número de profissionais formados no país anualmente e a quantidade enviada para o Brasil não batem.

Segundo a postagem, há apenas duas universidades com o curso de medicina em Cuba, a Universidade de Havana e a Elam (Escola Latino-Americana de Medicina). A primeira supostamente forma 200 profissionais por ano e a segunda, 100 – o que daria um máximo de 300 novos médicos por ano.

“Para reunir 6.000 médicos, seria necessário juntar todos os médicos formados nos últimos 20 anos”, afirma a mensagem. “E que teriam de estar disponíveis para vir trabalhar no Brasil”.

FALSO: Cuba não tem apenas duas universidades de medicina.

Este é mais um boato envolvendo o Mais Médicos. Cuba não tem apenas duas universidades de medicina, mas 20, todas públicas e espalhadas pelo país.

Ao todo, o país caribenho tem mais de 40 instituições de ensino superior, 13 só na capital, Havana. Delas, 19 oferecem o curso de medicina, de acordo com o Ministério da Saúde cubano, além da Escola Latino-Americana de Medicina, citada na mensagem.

A Universidade de Havana, também citada, foi a primeira instituição a oferecer o curso, no século 18.

Como no Brasil, o curso tem duração de seis anos em tempo integral e a residência pode variar de dois a quatro anos.

Não há dados precisos do governo de quantos médicos são formados anualmente no país, mas estima-se que haja entre 30 mil e 50 mil estudantes de medicina atualmente. Só o Brasil, nos últimos cinco anos, recebeu cerca de 20 mil destes profissionais.

O governo cubano salientou ainda que já formou milhares de estudantes estrangeiros. “Em Cuba, formaram-se de maneira gratuita 35 mil profissionais da saúde de 138 países, como expressão de nossa vocação solidária e internacionalista”, divulgou o Ministério da Saúde, por meio de nota.

As instituições de saúde do país também refutam os questionamentos sobre a qualidade de seus formandos. “Nossos profissionais de saúde estão bem formados, têm dignidade, ética profissional e altruísmo, só duvida quem deseja o mal para seu povo”, declarou a Universidade de Ciências Médicas de Havana, em apoio à decisão do país de deixar o Mais Médicos.

FONTE: Uol Notícias
https://noticias.uol.com.br/confere/ultimas-noticias/2018/11/29/cuba-nao-tem-apenas-duas-faculdades-de-medicina.htm

—————–
Miquels7

Sobre Miquels7

Músico, educador, pensador, blogueiro irado. Quer saber mais? Então leia os meus artigos.
Esse post foi publicado em POLÍTICA e marcado , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para GOVERNO DE CUBA OFERECE UNIVERSIDADE GRATUITA PARA ESTUDANTES, MAS, JORNALISTAS CANALHAS, DE DIREITA, NUNCA FALAM BEM DO GOVERNO CUBANO

  1. Clayton Torquato Maurício disse:

    Os jornalistas de direita como você os rotulou apenas desmascaram o que realmente se passa em Cuba e outros países de orientação marxista.Cuba é um país marxista, e você, antes de defender Cuba ou qualquer outro país marxista, deveria estudar o que o marxismo propõe, eles visam destruir a religião, o estado, e a família. Lamento, mas você está sendo enganado.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s