MENSAGENS PARA A GERAÇÃO DOS ÚLTIMOS DIAS

Blog com mensagens e artigos diferentes sobre Deus e a Bíblia

OS NOMES JESUS, MESSIAH E LÚCIFER VALEM 666 NA NUMEROLOGIA SECRETA

**********
Enquanto teólogos e estudantes ingênuos estudarem o Apocalipse e se prenderem apenas entre as duas capas da Bíblia, e não procurar respostas em fontes extra-bíblicas para elucidar os mistérios, nunca sairão da mesmice e do blá-blá-blá de sempre. Continuarão sempre repetindo interpretações infundadas que há séculos vêm sendo disseminadas nos seminários teológicos das diversas seitas protestantes.

Aqui é revelação sem dó! E quem tem mente fraca não aguenta, e se benze, e faz o sinal da cruz. Ou se é um evangélico fanático, diz que é a voz do inimigo querendo confundir o povo de Deus.

E o próprio sinal da cruz católico é um tipo de sinal da Besta. Logo no início quando surgiu o ato de se benzer, o sinal da cruz era feito com o dedo polegar direito somente na testa da pessoa. Depois de alguns séculos, o sinal passou a se estender por sobre o corpo e a testa.

Há mais de cinco anos que rompi de vez com o fanatismo religioso. Livrei-me da teologia enlatada e viciada, cheia de ingenuidade e fantasias. O fanatismo religioso limita a mente humana e não deixa a pessoa pensar livremente. Agora faço uso 100% da minha racionalidade. Depois de fazer uso pleno da minha racionalidade, descobri o quanto os crentes são ingênuos e massa de manobra dos religiosos, que, por sua vez, também são massa de manobra de seus superiores.
**********

NÃO TEM COMO NÃO ACREDITAR NISSO

Os nomes “Jesus” e “Lúcifer” foram arquitetados nos porões das escolas de magia e mistérios. Esses nomes surgiram do esoterismo cabalístico. E os valores numéricos das palavras criadas pelos ocultistas derivam do Latim (antigo dialeto de Roma, a primeira Besta) e do Inglês (idioma da segunda Besta). Até os algarismos romanos formam o número 666, as seis primeiras letras (I+V+X+L+C+D=666). O apóstolo João criou a charada do número da Besta a partir dos algarismos romanos, que eram os números usados pelos romanos. A letra M, que vale 1000, João colocou como o tempo do reino do Messias, o reino milenar. Ou seja, o valor dos seis primeiros algarismos romanos equivale ao tempo do domínio dos governos humanos sobre a Terra (666). E a sétima letra representa o tempo do domínio dos céus sobre a Terra, o reino dos céus (1000).

O alfabeto indo-arábico tem 26 letras, e estudiosos abelhudos descobriram alguns segredos dos ocultistas; descobriram que o 666 pode ter o mesmo significado de forma invertida, isto é, 999. No ensino esotérico, o número 9 é o número da iniciação (ou do iniciado). O número 11 é conhecido como o número da imperfeição.

Há duas tabelas numéricas secretas. Uma atribui o valor 6 para a primeira letra (A=6), e vai se somando mais 6 a cada letra seguinte. A segunda tabela numérica é mais misteriosa. Nela nenhuma letra possui o valor 9. E o 9 ficou sendo um fator primordial.

Tabela cabalística
Tabela Cabalística

**********
Primeiro Caso: A primeira letra vale 6 e às seguintes vai se somando + 6.

A=1, B=2, C=3, D=4, e assim por diante. Então, vamos empregar o fator 9 para o valor numérico de cada letra do nome JESUS em Inglês.

A B C D E F G H I J
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10
6 12 18 24 30 36 42 48 54 60
K L M N O P Q R S T
11 12 13 14 15 16 17 18 19 20
66 72 78 84 90 96 102 108 114 120
U V W X Y Z
21 22 23 24 25 26
126 132 138 144 150 156

J = 10×9 = 90
E = 5×9 = 45
S = 19×9 = 171
U = 21×9 = 189
S = 19×9 = 171

O resultado total é = 666

O mesmo resultado ocorre com o nome MESSIAH (Messias em Inglês). Veja:

M = 13×9 = 117
E = 5×9 = 45
S = 19×9 = 171
S = 19×9 = 171
I = 9×9 = 81
A = 1×9 = 9
H = 8×9 = 72

Total = 666

L = 12×9 = 108
L = 12×9 = 108
U = 21×9 = 189
C = 3×9 = 27
I = 9×9 = 81
F = 6×9 = 54
E = 5×9 = 45
R = 18×9 = 162

Total = 666

Já li e ouvi falarem muitas blasfêmias contra Jesus, mas esses cálculos, acima, deixaram-me bastante preocupado. Acho que os líderes evangélicos e católicos que lerem este artigo devem dar satisfação ou melhores explicações ao povo cristão. Eu acho que esses cálculos matemáticos não são meras coincidências. Se você tentar pegar nomes de outras pessoas, políticos, ditadores, reis, imperadores, religiosos, não conseguirá obter o valor 666, multiplicando por 9 os valores de cada letra.

M = 13×9 = 117
I = 9×9 = 81
Q = 17×9 = 153
U = 21×9 = 189…………………….Total = 864
E = 5×9 = 45
L = 12×9 = 108
S = 19×9 = 171 

P = 16×9 = 144
A = 1×9 = 9
U = 21×9 = 189…………………….Total = 585
L = 12×9 = 108
O = 15×9 = 135

**********
O nome do Messias Yeshua ou Yehoshua só dá o valor 666 porque os padres católicos mudaram a transliteração do nome para o Latim, que antes era IESU ou YESU. Trocaram o I pelo J e acrescentaram um S no final. Tudo para poder dar o valor de 666 na numerologia secreta.

O antigo nome de Jesus era Iesu ou JesuVulgata - Nome IESU no Evangelho de João
Figura pag. antigo Evangelho em Latim

Biblia Vulgata Inglesa - Iesv

**********
O falso nome JESUS não tem poder nenhum. É um nome falso que criaram para substituir o verdadeiro nome do Messias. O verdadeiro nome de Cristo era escrito e pronunciado em Aramaico Siríaco, a língua que os judeus falavam naquele tempo. E o verdadeiro nome do Messias se perdeu, ou os padres católicos esconderam nos porões do Vaticano.

COMO É O NOME DE CRISTO EM GREGO?

O nome hebraico Yeshua (ישוע/ יֵשׁוּעַ) é uma forma alternativa de Yehoshua que vem do original paleo-hebraico Yehoshua (יהושע) Josué, e é o nome completo de Jesus, Yeshua Hamashiach ישוע המשיח (transliterado ao grego Yeshua fica: Ιησου’α, “Iesua”/”Ieshua” [também Ιησου’ς, “Iesu’ “/”Ieshu’ “/”Iesus”]; Yehoshua [יהושוע/ יְהוֹשֻׁעַ‎] fica: Γεχοσούαχ). Fonte: Wikipédia.

Se usássemos o nome de Jesus na sua forma original, hebraica ou aramaica, não passaríamos por esse constrangimento. Em hebraico o nome de Jesus é YESHUA (forma abreviada) ou Yehoshua (forma completa). Da mesma forma, o nome de Deus-Pai deveria ser escrito YAVÉ ou YHVH ou ADONAI, e não JEOVÁ ou SENHOR. “Senhor” era um tratamento usado para o deus Baal.

Agora, temos que rebolar para darmos explicações sobre o por que do valor numérico dos nomes JESUS e LÚCIFER ser 666. Espero que este texto possa ajudar a elucidar a questão, porque os inimigos do verdadeiro Cristo estão procurando de todas as formas encontrar uma vítima para o 666. E, devido a enxurradas de textos e vídeos ofensivos à pessoa de Cristo que estão sendo divulgados na Internet e no YouTube, muitos crentes neófitos e fracos acabarão apostatando da fé se não receberem uma explicação correta.

Para você ficar mais boquiaberto, vamos ao segundo caso e ver por que foi empregado o fator 9 para realizar a multiplicação e a soma.

O valor numérico normal do nome JESUS, no nosso alfabeto, é 74. Mas, nos números secretos da Kabalah (primeira tabela), o nome JESUS tem o valor de 444.

J E S U S SOMA
60 30 114 126 114 444
10 5 19 21 19 74

Porém, o fator 9 foi usado por causa da divisão do 666 por 74. E 74 é 37+37, um número de valor essencial na numerologia bíblica e na Kabalah.

Veja: 666 / 74 = 9

Verificamos também que o nome de LÚCIFER também dá o valor numérico secreto de 444. E no nosso alfabeto também dá 74.

L U C I F E R SOMA
72 126 18 54 36 30 108 444
12 21 3 9 6 5 18 74

E 444 dividido por 74 dá 6, que é o número do homem e número da Terra, ou número incompleto.

O nome “Lúcifer” foi criado por São Jerônimo, na ocasião em que traduziu a Bíblia Vulgata (versão latina da Bíblia Sagrada). Ele traduziu a expressão “estrela da manhã”, de Isaías 14:12, como “Lúcifer”. Note que no livro de Apocalipse Jesus também se intitula “Estrela da Manhã”.

“Como caíste do céu, ó estrela da manhã, filha da alva! Como foste lançado por terra tu que prostravas as nações!” (Isaías 14:12).

“Eu sou a raiz e a geração de Davi, a resplandecente estrela da manhã” (Apoc. 22:16b).

**********
O 666 ESTÁ OCULTO NA PALAVRA KABBALAH

Você sabia que o número 666 está escondido na palavra KABBALAH?

Na numerologia secreta a letra A vale 6. Muitas vezes vemos a palavra Kabala escrita com as consoantes KBL maiúsculas e o A minúsculo: KaBaLa.

Se o A vale 6, então, temos K6B6L6.

Mas, isso não é nada. A verdadeira grafia da palavra Kabala é Kabbalah.

A B C D E F G H I J
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10
6 12 18 24 30 36 42 48 54 60
K L                
11 12                

K=11, B=2, L=12 e H=8

Kabbalah = (11×6)+(2x2x6)+(12x6x8) = 66+24+576 = 666

Portanto, meus caros, essa descoberta é a prova cabal de que os nomes JESUS, MESSIAH e LÚCIFER foram arquitetados pelos magos do esoterismo cabalístico nos porões das escolas de magia e mistério. E o Papa e os cardeais da Igreja Católica Apostólica Romana estão por trás disso, não somente os judeus cabalistas e os maçons.

Se 666 é o número do Diabo, na verdade, o Diabo é o próprio homem, especificamente os iniciados das escolas de magia e mistério.

A Kabbalah hermética é um conjunto de ensinamentos repassados somente aos iniciados das escolas de mistério. A Kabbalah hebraica surgiu nas primeiras escolas de mistérios desde os tempos do rei Salomão, rei de Israel, quando este se envolveu com o ocultismo e se desviou dos caminhos de Yavé. Mas ela deriva desde os magos do antigo Egito, de Hermes Trimegistos (Toth), e do mago grego, Homero, que codificou toda a história dos deuses caídos nas mitologias narradas em suas obras Ilíada e Odisseia. Depois que o faraó Ramsés II mandou destruir/queimar o livro de magia de Toth, os magos do Egito pensaram numa maneira de manter o conhecimento oculto sem que despertasse a ira dos governantes. Foi aí que tiveram a ideia de codificar o conhecimento oculto através de símbolos e contos mitológicos. A partir daí eles começaram a chamar Toth de Hermes Trimegisto, isto é, Toth três vezes mais forte, porque agora ninguém poderia destruir o conhecimento oculto. Quando um profano lê um livro sobre a mitologia egípcia e grega ele acha inofensivas aquelas estórias dos deuses do Olimpo. E as escolas de mistérios e magias (Sociedades Secretas) existem para que possam levar o conhecimento oculto via oral. Depois que o maçom conclui o grau 33 ele é convidado para integrar a elite da Maçonaria. Somente aí que é repassado o conhecimento oculto via oral, e ele aprende o conhecimento secreto que está por trás dos símbolos e contos mitológicos. Este é o grande segredo que todo maçom pensa encontrar ao galgar os graus na Maçonaria. Até o grau 33 o maçom pode desistir, pode renunciar, pode voltar. Mas depois que ele entra para a elite, retroceder significa a morte. Ele se tornou um general de Satã aqui na Terra. Ele agora é um pedreiro de Satanás, que vai ajudar a construir o seu reino na Terra.

Segundo os esotéricos cabalistas, “na Kabbalah, o número 666 sempre representou Tiferet, o SOL, desde milhares de anos atrás. Tiferet representa o ser Crístico que habita dentro de todos nós. Dentro da Kabbala, representa todos os deuses iluminados e solares: Apolo, Hórus, Bram, Lugh, Yeshua (Jesus), Krishna, Buda, todos os Boddisatwas, todos os Mestres Ascencionados, todos os Serenões, todos os Mentores, todos os Pretos-velhos e assim por diante. Escolha uma religião ou filosofia e temos um exemplo máximo a ser atingido”.

Para os iniciados das escolas de magia e mistério, como a Maçonaria e a Rosa Cruz, o SOL simboliza a vida e o renascimento. Mas esse significado é para os profanos. O significado real do SOL no esoterismo cabalístico é outro. Neste, o o SOL representa LÚCIFER, a divindade que trouxe o conhecimento para a humanidade. E o SOL é simbolizado pelo número 36. Esse número tem a ver com a geometria. O círculo tem 360º (36×10); o ano tem 360 dias redondos. E o planeta Terra tem um círculo perfeito. O quadrado de 36 casas é cheio de simbolismo no esoterismo. O triangular de 36 é 666. Ou seja, a soma dos números de 1 a 36 é igual a 666.

Os números que representam o SOL são o 6 e o 36. Os números que representam o planeta Vênus são 7 e 49. 

Na Bíblia, Satanás é chamado de Estrela da Manhã; e Jesus também é chamado de Estrela da Manhã. Só que existem duas estrelas da manhã: o Sol e o planeta Vênus. O Sol simboliza Satanás/Lúcifer (nº 6 e 36) e o planeta Vênus simboliza Jesus (Yesu, nº 7 e 49).

Os maçons são adoradores do SOL. Desde o tempo do profeta Ezequiel já existia os ocultistas que adoravam o SOL dentro de um dos compartimentos do grande Templo, em Jerusalém. As lojas maçônicas são parecidas com o Templo de Salomão. E os rituais são voltados para o Leste em direção ao SOL.

“Então me disse: Viste, filho do homem, o que os anciãos da casa de Israel fazem nas trevas, cada um nas suas câmaras pintadas de imagens? Pois dizem: O Senhor não nos vê; o Senhor abandonou a terra. Também me disse: Verás ainda maiores abominações que eles fazem. Depois me levou à entrada da porta da casa do Senhor, que olha para o norte; e eis que estavam ali mulheres assentadas chorando por Tamuz. Então me disse: Viste, filho do homem? Verás ainda maiores abominações do que estas. E levou-me para o átrio interior da casa do Senhor; e eis que estavam à entrada do templo do Senhor, entre o pórtico e o altar, cerca de vinte e cinco homens, de costas para o templo do Senhor, e com os rostos para o oriente; e assim, virados para o oriente, adoravam o SOL” (Ezequiel 8:12-16).

O deus Tamuz era o amado das mulheres, por quem elas choravam. Elas sacrificavam seus filhos para Tamuz. No livro de Daniel diz que o príncipe que há de vir – o tal Anticristo – não terá respeito pelos deuses de seus pais, nem ao amado das mulheres. Tem uma versão bíblica que diz que ele não terá respeito ao amor das mulheres, aí os tolos dizem que o tal Anticristo seria um homossexual, porque ele não teria prazer em mulheres. Kkkkkkk. Enquanto que o amado das mulheres era o deus Tamuz, por quem elas choravam e sacrificavam os seus filhos. Em Apocalipse 13 diz que o anticristo destruirá todas as religiões, todas as crenças e todos os deuses, e ele se engrandecerá como um deus. Ora, isso nada mais é do que a humanidade em estágio avançado, amadurecida cultural e tecnologicamente, que irá abolir todas as religiões na Terra e se engrandecerá, será dona do seu próprio destino e não dependerá de nenhum um deus.

“E não terá respeito aos deuses de seus pais, nem ao amado das mulheres, nem a qualquer outro deus; pois sobre tudo se engrandecerá” (Daniel 11:37).

Existem outros métodos para se criar nomes de forma que seu valor seja 666.

Por exemplo, o nome do nazista Adolf Hitler pode ter sido criado através da Kabbalah. Veja:

Considerando que A=100, B=101, C=102, e assim por diante, a soma das letras do nome de HITLER dá 666 (107+108+119+111+104+117 = 666).

Os nazistas traziam no uniforme a sigla SS. E “s” é sigma, a 18ª letra do alfabeto (6+6+6).

O dinheiro é a marca da Besta e sua característica é o materialismo. As antigas moedas traziam a imagem e a marca do imperador/governante. Logo no princípio, o dinheiro era cunhado em moedas de metal, o bronze, a prata e o ouro. E os valores das moedas eram de acordo com os algarismos romanos: I (1), V (5), X (10), L (50), C (100) e D (500), isto é, 666. No Brasil, as cédulas de cruzeiros eram: de 1, de 5, de 10, de 50, de 100 e de 500 cruzeiros. Ou seja, os valores das cédulas de dinheiro somavam 666. Atualmente criaram as cédulas de 2 e de 20 reais.

Quem vive em busca de prosperidade material e riquezas nesta vida está servindo ao Diabo. A Bíblia diz que o amor ao dinheiro é a raiz de todos os males.

“Porque nada trouxe para este mundo, e nada podemos daqui levar; tendo, porém, alimento e vestuário, estaremos com isso contentes. Mas os que querem tornar-se ricos caem em tentação e em laço, e em muitas concupiscências loucas e nocivas, as quais submergem os homens na ruína e na perdição. Porque o amor ao dinheiro é raiz de todos os males; e nessa cobiça alguns se desviaram da fé, e se traspassaram a si mesmos com muitas dores” (I Tim. 6:7-10).

**********
Segundo Caso: A primeira letra vale 9 e às demais vai se somando + 9.

O número 9 é o preferido dos ocultistas. Repare que os valores de algumas letras mudam, como se os números tivessem se invertido nas duas tabelas (J-60 e J-90).

A B C D E F G H I J
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10
9 18 27 36 45 54 63 72 81 90
K L M N O P Q R S T
11 12 13 14 15 16 17 18 19 20
99 108 117 126 135 144 153 162 171 180
U V W X Y Z
21 22 23 24 25 26
189 198 207 216 225 234        

Repare que alguns desses números aparecem na Bíblia: 99, 144, 153, etc.

J + E + S  + U + S

90 + 45 + 171 + 189 + 171 = 666 (Número da 2ª Besta?)

L + U + C + I + F + E + R

108 + 189 + 27 + 81 + 54 + 45 + 162 = 666 (Número da 1ª Besta?)

M + E + S + S + I + A + H

117 + 45 + 171 + 171 + 81 + 9 + 72 = 666

E agora, José?! Alguém vai dizer que isso tudo é apenas coincidência?

Jesus vs Satan

**********
Alguns estudiosos afirmam que a terminação SUS do nome de Jesus significa PORCO em latim e grego; e significa CAVALO em Hebraico. Existem muitas controvérsias sobre a forma atual do nome de Jesus. Uma pessoa que se diz entendida sobre a língua Hebraica comenta a esse respeito. Confira no link:


(http://www.youtube.com/watch?v=Q7LkrCrmQAo)

**********
Antes de concluir, quero que leiam mais este texto extraído da internet:

SUS, O DEUS-PORCO DOS ROMANOS (Latim)

Iesoús – Os romanos traduziram este nome, dando a ele o sufixo masculino em Latim “-VS” (-us), ou seja: Iesús (IESVS). No Séculos 14, as letras iniciais “I” foram alongadas de modo a distinguí-las da letra “l” em “Iesús” (Jesús). A palavra “Je-SUS” é pronunciada como Gi-SUCE na lingua latina, e surgiu da palavra ou nome em Latim “Ie-SUS”, que se pronuncia assim: “ii-SUCE”. O sufixo para esta palavra é o mesmo para a palavra em Latim, PORCO ou SUÍNO. Excluindo-se a palavra ou nome grego, está palavra em Latim para a palavra PORCO é “SUS” e é identica quando escrita ao sufixo em latim a transliteração em português (e também em inglês) “Ie-SUS” e a “Je-SUS”, ou seja, “SUS”, que se pronuncia “SUCE” ou “ZUS” em inglês e português!

Em Latim a palavra “SUS” significa “SUÍNO” ou “PORCO”, e também possui o mesmo som do sufixo grego, tal como na palavra ou nome “Ie-SOUS”, que se pronuncia “SUCE”. De acordo com a Igreja Católica Romana, o significado das palavras que estão escritas em latim não MUDAM! Se você quiser entender, você irá perceber facilmente que a palavra em latim para PORCO e SUÍNO está escrito “SUS”. Não é difícil de entender! “SUS” em hebraico significa “Cavalo”, porém, em Latim significa “porco”: “SUS”, suis 1. Um suíno, leitão, javali, porco.

Viu agora com clareza quem é o “salvador” dos cristãos? Quando alguém que foi mal ensinado e instruido ora, invoca e adora o nome greco/romano “Jesus”, na verdade, esta orando, invocando e adorando o “deus cavalo da mitologia grega” e o “deus porco da mitologia romana”.

Por motivos e interesses diversos, pessoas bem e mau-intencionadas, resistem a grande verdade a respeito do nome sagrado do Filho de Elohim, o Adhonay Yehoshua Ha-Mashiach. O próprio apóstolo Shaúl (Paulo) perseguiu a verdade e sofreu as conseqüências de ter recalcitrado contra os aguilhões. O amado apóstolo precisou passar pela experiência de um encontro com o próprio Mashiach (Messias) para entender que “contra fatos não existe argumentos”. Em 2 Cor. 13:8, já convertido a verdade, ele escreveu: “Porque nada podemos contra a verdade, a não ser em favor da verdade”. Nosso intuito neste trabalho não é ficar se justificando a ninguém, mas, apenas apresentar a verdade argumentada e baseada diante dos fatos racionais e não de simples atos de sentimentalismo que não conduzem ninguém a lugar algum. Não podemos nos enclausurarmos em nossas cegueiras espirituais, não devemos resistir a verdade, antes devemos acatá-la para nossa vida. Vamos analisar e responder algumas argumentações daqueles que defendem o nome Jesus!

Algumas pessoas, aproveitando a ignorância e falta de conhecimento de alguns que abraçam a fé do nome sagrado Yehoshua, tentam combater com argumentações esdrúxula a verdade que liberta! Por exemplo, alguns “pseudos sábios”, cheios de Teologia (Théos = Zeus grego, Iesous, Iesus etc… + logia – estudo), conhecedores na verdade do deus falso, grego, e não do Adhonay da salvação, achando-se donos da verdade, fazem vistas grossas para os fatos verídicos que comprovam estar o mundo enganado pelo poder do Cristianismo romano. Afinal, quem é o salvador de Roma? A quem Roma invoca como seu deus salvador? Não é por acaso o mesmo “Jesus” dos cristãos? Aliás, Roma não afirma ser o “IESVS”, IESUS, JESUS, etc… um dogma da Igreja Católica Apostólica Romana? Não é o mesmo Jesus, deus cavalo dos gregos e deus porco dos romanos que também o Cristianismo invoca? Os defensores do deus falso Jesus, afirmam, que o nome “Iesus” não poderia ser “deus cavalo” porque é um nome grego e a palavra “SUS” é hebraica. Vamos dar um pouco do próprio veneno deles para que eles bebam.

Se uma palavra hebraica não serve para identificar um deus falso, por ser uma palavra hebraica, um nome grego (eles concordam ser o nome Iesus um nome grego) também não serve para ser o nome do Salvador Yehudym (Judeu), pois as profecias dizem que seu nome seria um nome hebraico, e que a salvação viria dos Yehudyns (Judeus): João 4:22. “Vós adorais o que não conheceis; nós adoramos o que conhecemos, porque a salvação vem dos judeus”. Entenderam?! Sabemos que não se usa este tipo de fórmulas e nem se aplica estes argumentos absurdos para justificar qualquer coisa. “SUS ” é cavalo mesmo! O que afinal estas pessoas estão querendo defender? A verdade que salva e liberta? Sabemos que não.

JESUS NÃO É O NOME DO MESSIAS PELAS SEGUINTES RAZÕES

1- O nome JESUS não é um nome TEOFÓRICO, isto é, o nome JESUS não é derivado do nome do Elohim de Israel. A prova principal de que o nome JESUS não é o nome do Messias, é porque Ele NÃO é um nome TEOFÓRICO.

2- Não existe o nome JESUS na Bíblia Hebraica.

3- Não existe o nome JESUS no Novo Testamento Hebraico.

4- Não existe o nome JESUS no Novo Testamento Grego.

5- Não existe o nome JESUS no Novo Testamento Latim

6- No alfabeto hebraico, grego e latim não existe a letra “J”.

7- O nome JESUS tem duas sílabas “JE” e “SUS”.

8- A 1ª sílaba do nome JESUS é “JE”.

9- “JE” não é a 1ª sílaba do nome do Elohim de Israel e nem do nome do verdadeiro Messias. Esta é a prova principal de que JESUS não é o nome do Messias.

10- Não existe a sílaba “JE” nem no Velho e nem no Novo Testamento Hebraico.

11- O falso nome “Jesus” só apareceu após o século XIV, uma vez que a letra “J” (Jota) só apareceu no século XIV (1400 anos após o Messias ter vindo), sendo impossível que no século primeiro se pudesse escrever um nome com uma letra inexistente. A letra “J”, com o som que lhe é característico, não faz parte nem do hebraico, nem do latim e nem do grego. A igreja primitiva nunca usou o falso nome JESUS.

12- A letra “J” é a prova real de que o nome JESUS é falso.

13- A Sociedade Bíblica do Brasil diz que a 1ª sílaba do nome do Elohim de Israel é YHWH (Bíblia Online 3.0 da Sociedade Bíblica do Brasil).

14- A 2ª sílaba do nome JESUS é “SUS”.

15- Não existe a sílaba “SUS” no nome do verdadeiro Messias.

16- “SUS” em grego e latim significa PORCO.

17- “SUS” em hebraico significa CAVALO.

18- O significado do nome JESUS é: JE É CAVALO.

Conclusão: O nome JESUS faz parte de um sistema maligno para que o mundo NÃO conheça o nome do Elohim de Israel, e também NÃO conheça o nome do verdadeiro Messias. O nome Jesus foi criado para enganar o mundo.

**********
CONCLUSÃO

Os pastores e pregadores cristãos afirmam que têm realizado muitos prodígios e milagres através do nome de JESUS. Mas os magos de faraó também faziam milagres e prodígios em nome dos deuses deles. O pastor mercenário Benny Hinn é um dos grandes falsos profetas que usam o nome falso de Jesus para fazer prodígios e milagres fajutos. Tenho um vídeo não-oficial da cruzada de Benny Hinn aqui em Manaus, no ano de 2005, onde podemos constatar que não houve nenhum milagre que eles alegam terem sido realizados por este falso profeta. Confira, abaixo, o vídeo onde selecionei as partes que não aparecem no vídeo oficial das cruzadas de Benny Hinn que são publicadas num canal do YouTube. As pessoas doentes e cadeirantes que aparecem na filmagem não são curadas; ele faz uma mudinha dar uns berros, coisa típica de mudo, e diz que ela foi curada; e faz uma senhora de idade passar vexame, fazendo-a correr e crer que foi curada de paralisa nas pernas, sendo que a mesma sofria de um enfisema pulmonar e estava na cadeira inalando oxigênio. E o fenômeno do cai-cai é outro prodígio de mentira que esse falso profeta realiza através do nome falso de Jesus.


(https://www.youtube.com/watch?v=17vnoda0YqU)

Baixe a filmagem completa da cruzada de Benny Hinn em Manaus e veja você mesmo os prodígios e sinais de mentiras realizados por esse falso profeta. Clique no link.

Cruzada de Falsos Milagres de Beny Hinn em Manaus (2005)

Certa vez um discípulo veio avisar Jesus que algumas pessoas estavam usando o nome dele para expulsar demônios. Aí Jesus respondeu: Quem não é contra nós, é por nós. Logo, percebe-se que essas pessoas usavam o nome correto de Cristo. Mas, não se diz que elas eram consagradas para realizar o exorcismo em nome de Yesu.

Em Atos 19 temos o relato dos filhos do sacerdote Ceva que tentaram usar o nome de Yesu para fazer exorcismo, mas não tiveram êxito. Certamente porque eles não tinham consagração e bom testemunho para enfrentar os demônios.

“Ora, também alguns dos exorcistas judeus, ambulantes, tentavam invocar o nome de Jesus sobre os que tinham espíritos malignos, dizendo: Esconjuro-vos por Jesus a quem Paulo prega. E os que faziam isto eram sete filhos de Ceva, judeu, um dos principais sacerdotes. Respondendo, porém, o espírito maligno, disse: A Jesus conheço, e sei quem é Paulo; mas vós, quem sois? Então o homem, no qual estava o espírito maligno, saltando sobre eles, apoderou-se de dois e prevaleceu contra eles, de modo que, nus e feridos, fugiram daquela casa” (Atos 19:13-16).

Muitas pessoas são curadas simplesmente pela grande fé que têm em Deus, e não por causa do falso nome do Messias que os pastores e pregadores invocam em vão.

Eu não tenho ideia de como Deus vai agir para julgar esses crentes ingênuos que seguem os ensinos desses falsos pregadores. Só sei que poucos se salvarão. Até mesmo o apóstolo Pedro disse que é difícil um justo se salvar. Imagine esses que seguem esses falsos pastores e acreditam no nome de um falso Cristo.

“E se o justo dificilmente se salva, onde comparecerá o ímpio pecador?” (I Pedro 4:18).

——————————
Miquels7
Manaus, 28 de dezembro de 2017.

Anúncios

28/12/2017 Posted by | CASOS POLEMICOS, CONSPIRAÇÃO, CRISTIANISMO EM CRISE, ESTUDOS BÍBLICOS, MENSAGENS ESPECIAIS, MISTÉRIOS DA BÍBLIA, TEMAS DIFÍCEIS | , , , , , , , , , | Deixe um comentário

OS MOTIVOS PELOS QUAIS OS CRISTÃOS SERÃO EXTERMINADOS

**********
POR FAVOR, PEÇO QUE QUEM LER ESTE ARTIGO FAÇA CÓPIA E GUARDE, POIS, ESTE SITE PODE SER BLOQUEADO E OS TEXTOS APAGADOS. SE ACONTECEREM AS COISAS QUE AQUI VATICINEI, REPUBLIQUEM O TEXTO EM OUTROS BLOGS E REDES SOCIAIS.

Cristãos perseguidos no mundo

Em Apocalipse 12 diz que o Dragão encontrará dificuldade para perseguir a “mulher” (os judeus) protegida no deserto, e vai fazer guerra ao resto da sua descendência. A “descendência da mulher”, conforme diz Gênesis 3, são todas as pessoas pacíficas e tementes a Deus, como os cristãos e muçulmanos (na verdade, nem todos, néh!).

“Então o Senhor Deus disse à serpente: Porquanto fizeste isso, maldita serás tu dentre todos os animais domésticos, e dentre todos os animais do campo; sobre o teu ventre andarás, e pó comerás todos os dias da tua vida. Porei inimizade entre ti e a mulher, e entre a tua descendência e a sua descendência; esta te ferirá a cabeça, e tu lhe ferirás o calcanhar” (Gên. 3:14-15).

“E o dragão irou-se contra a mulher, e foi fazer guerra aos demais filhos dela, os que guardam os mandamentos de Deus, e mantêm o testemunho de Jesus. E o dragão parou sobre a areia do mar” (Apoc. 12:17-18).

Também em Apocalipse 13 diz que a Besta perseguirá os santos (os judeus ortodoxos espalhados por todo o mundo) até exterminá-los. Apenas 144 mil dos judeus ortodoxos serão arrebatados no meio da tribulação que há de vir sobre toda a Terra. O Dragão do capítulo 12 é a mesma Besta do capítulo 13; só que o Dragão não faz o serviço pessoalmente; ele deu sua autoridade e poder aos governos humanos para executarem seus intentos. Não é o Dragão que irá pessoalmente perseguir e exterminar os que servem a Deus; são os governos humanos, representados especialmente pelos Estados Unidos da América e pela ONU.

“Também lhe foi permitido fazer guerra aos santos, e vencê-los; e deu-se-lhe autoridade sobre toda tribo, e povo, e língua e nação. E adorá-la-ão todos os que habitam sobre a terra, esses cujos nomes não estão escritos no livro do Cordeiro que foi morto desde a fundação do mundo. Se alguém tem ouvidos, ouça” (Apoc. 13:7-9).

Os países socialistas e ateístas asiáticos não trabalham em conluio com o Dragão, pois, eles ignoram tanto a Deus quanto ao Diabo. Países como China e Coreia do Norte são nações naturais da Terra que se desenvolveram sem a influência do Grande Dragão. Porém, as grandes potências europeias, como Itália/Roma, França, Alemanha e Reino Unido (Inglaterra), bem como a Rússia e alguns países árabes-muçulmanos são marionetes do Grande Dragão, e exercem sua autoridade e poder.

POR QUE OS CRISTÃOS SERÃO PERSEGUIDOS E EXTERMINADOS?

Nos últimos dias, os cristãos serão muito mais perseguidos e exterminados que mesmo os muçulmanos. Por quê? Por causa do fanatismo dos cristãos ocidentais. O fanatismo dos cristãos ocidentais é bem pior que o fanatismo dos muçulmanos.

A maioria das seitas cristãs, principalmente as pentecostais e neopentecostais, não pregam o amor, a paz, a tolerância, a justiça e a caridade entre os humanos, nem pregam o Evangelho do reino de Cristo, mas pregam o ódio e a discriminação; pregam sobre riquezas aqui na terra; e exploram a fé dos fiéis para subtrair o pouco que ganham; pregam coisas absurdas, como o arrebatamento fictício, e ameaçam os descrentes com o sofrimento e condenação no inferno fictício; pregam o mal para os outros, e para eles somente o céu fictício.

Como isso se dará?

Os cristãos ocidentais (europeus, americanos do norte, do sul e central) estão se tornando uma praga com o fanatismo religioso que estão espalhando no planeta, pregando erroneamente sobre a iminente volta de Jesus e o tal arrebatamento fictício. Eles alardeiam de norte a sul, de leste a oeste do planeta, espalhando suas crenças baseadas em fantasias, por fazerem interpretações equivocadas de textos da Bíblia.

Conforme o tempo vai se passando e as promessas fictícias que eles alardeiam não se cumprem, mais desesperados eles ficam, pregando suas sandices. Por exemplo, eles pregam que depois que os salvos (a Igreja) forem arrebatados, o mundo entrará em colapso e haverá grandes catástrofes sobre a face da Terra. Depois da grande catástrofe, irá se instalar na Terra o governo ditatorial do anticristo, que irá durar 7 sete anos, período que eles chamam de Grande Tribulação, momento em que os cristãos que ficarem para trás serão perseguidos e exterminados. Só que nada disso irá acontecer como eles preveem. Os cristãos serão exterminados não por causa do anticristo, depois do tal arrebatamento, mas por causa dessas loucuras que eles andam espalhando nos quatro quadrantes do planeta, sobre o fim do mundo, o arrebatamento e a volta de Jesus.

Preste atenção. À medida que os anos vão se passando, nada que os crentes apregoam vai acontecer. Aí eles ficam mais desesperados ainda, visto que os males e catástrofes que eles desejavam para os outros estarão vindo sobre eles também. Mas eles não se darão por vencidos ou convencidos, e continuarão alardeando suas crenças loucas no planeta. Até que chegará o momento em que a Besta dará um basta nessas loucuras dos cristãos, incluindo-se também as loucuras dos muçulmanos e todos os religiosos em geral. A perseguição da Besta não será focada somente sobre os cristãos, judeus e muçulmanos; será sofre todas as religiões e credos. O objetivo será exterminar as crenças em coisas infundadas e fantasiosas. Eles (os agentes da Besta) chegarão à conclusão que as crendices tolas por si só não são maléficas à mente humana, mas o que as torna maléficas é o ato das seitas tentarem espalhar suas loucuras aos outros seres humanos. Então, o objetivo será conter de forma drástica o aumento das seitas, até destruí-las completamente da face da Terra.

A Besta fará com que os próprios cristãos se odeiem entre si e se matem. Da mesma forma fará com os muçulmanos.

“E, por isso que hei de exterminar do meio de ti o justo e o ímpio, a minha espada sairá da bainha contra toda a carne, desde o sul até o norte” (Ezequiel 21:4)

O intento da Besta em exterminar os cristãos e todos os religiosos do planeta será cumprido em parte, pois, o governo da Besta, isto é, dos governos atuais do mundo, não durarão para sempre. Os juízos de Deus estão sendo preparados para serem derramados sobre a Terra, sobre o trono da Besta e sobre todos aqueles que não querem saber de Deus. Embora os cristãos sejam quase todos exterminados por suas loucuras, mas muitos se salvarão do massacre promovido pela Besta.

Os cristãos, de forma geral, acham que o Diabo (Dragão e Satanás) quer ser adorado pelos humanos, e por isso, vai erguer a tal imagem da primeira Besta para que seja adorado por todos os terráqueos. Mas esse ensino é pura meninice de teólogo fanático.

O objetivo do Dragão não é ser adorado. O Dragão trouxe conhecimento aos humanos sobre o bem e o mal. Ele quer a parceria dos governos humanos para poder lutar contra o Deus Todo-Poderoso. Na verdade, o objetivo do Dragão é ajudar os humanos a se libertarem do domínio do Deus Todo-Poderoso e com isso, se tornarem seus aliados. No entanto, depois de feito tudo, o Dragão permitirá que os humanos se corrompam, e também promoverá coisas para que se corromperem ainda mais. A Democracia é a principal arma que Satanás usou nesses últimos tempos para corromper os humanos. O Dragão quis trazer liberdade aos humanos, mas eles não sabem usufruir dessa tal liberdade. E o próprio Dragão se aproveitará da fragilidade humana para escravizá-la. Foi assim que ele fez com os primeiros humanos, o povo que vivia no continente perdido, chamado de Atlântida. Deus teve que destruir o reino dos Atlantes. Mas Satanás não se deu por vencido, e corrompeu a atual humanidade. Por isso, os governos humanos atuais que se aliaram ao Dragão, bem como toda a humanidade pecadora que adora a Besta, terão que ser exterminados. O script de tudo que irá acontecer com a humanidade, os governos humanos e o planeta Terra está escrito no Apocalipse de João. Não há quem possa impedir.

**********
QUAL SERÁ O ESTOPIM PARA A DERROCADA DOS CRISTÃOS?

Os cristãos católicos e evangélicos do Brasil e do mundo não têm ideia do que está prestes a acontecer com a religião cristã.

A maioria dos cristãos pensa que está tudo bem com o Cristianismo, e que a história de Jesus Cristo está bem contada na Bíblia. Porém, ficarão de queixo caído com o que está prestes a ser revelado.

Muitos podem me questionar dizendo: Como os EUA e a ONU vão perseguir os cristãos e tentar acabar com o Cristianismo na Terra visto que a América é cristã, e a Igreja Católica é muito forte no mundo e exerce influência sobre os grandes governos do mundo, principalmente sobre os EUA? Como a religião cristã pode ser destruída se os evangélicos são o grupo que mais cresce no mundo depois do Islamismo?

Sim. Os EUA são, atualmente, o maior país defensor da religião cristã e dos judeus. Mas isso não será sempre assim. Ultimamente o presidente dos EUA, Donald Trump, se recusou a continuar participando como membro da Unesco porque a maioria dos membros não reconheceu o direito dos judeus sobre o monte do Templo, em Jerusalém. Isso significa que os EUA estão mais para o lado dos judeus (Judaísmo) do que para o lado dos cristãos (Cristianismo).

O estopim para a derrocada dos cristãos será a DESMORALIZAÇÃO da Igreja Católica Apostólica Romana e do Papa, e depois que isso ocorrer, o Cristianismo não se sustentará na Terra. A religião cristã só é forte na Terra por causa da Igreja Católica de Roma. Se os alicerces da ICAR forem derrubados, nenhuma seita cristã se sustentará, porque ela é o grande baluarte do Cristianismo. Se a ICAR cair, os protestantes evangélicos não se sustentarão. Na verdade, as seitas (denominações) cristãs e evangélicas não são nada sem a Igreja Católica de Roma.

E como se dará a desmoralização da ICAR?

A Igreja Católica Romana só não foi desmoralizada até hoje perante o mundo em virtude do serviço secreto do Vaticano, exercido através da Opus Dei, a sociedade secreta criada para defender os interesses do Papa e dos cardeais, com a finalidade de esconder os segredos da história de Jesus Cristo, e de manter o poder da Igreja na Terra.

Em breve serão revelados os segredos que a ICAR esconde sobre a verdadeira história de Jesus de Nazaré, o profeta judeu que foi transformado em “Deus” pelos cristãos. As provas contra a farsa da ICAR e da divindade de Cristo estão escondidas a sete chaves no Museu do Louvre, em Paris. Quem está por trás dessa trama são pessoas ligadas à Maçonaria, essa mesma que foi responsável pela fundação dos Estados Unidos da América. A Maçonaria é inimiga da fé cristã. Os maçons de alto grau são declaradamente satanistas. E a Maçonaria é uma seita ou sociedade secreta com fins escusos. Porém, sabemos dos seus intentos porque vários ex-maçons relataram ter ouvido dos maçons da elite os planos dessa sociedade maligna.

Os líderes cristãos e evangélicos do mundo todo dirão que isso foi um plano arquitetado pelo Diabo para acabar com a Igreja. Realmente, concordo que esse plano é diabólico arquitetado pelos maçons. Porém, será feito com a permissão de Des. Também concordo com o que será revelado sobre a verdadeira identidade de Jesus e o desmascaramento da ICAR e a farsa do Jesus que transformaram em “Deus”. O cristianismo propagado pela ICAR e igrejas evangélicas é falso, e não reflete o verdadeiro Evangelho do Cristo, o Messias, Servo de Jeová e profeta judeu que viveu há dois mil anos atrás.

Os conspiradores maçônicos provarão que o atual Evangelho de Mateus foi modificado pelos padres católicos com a intenção de justificar o ensino da teoria da trindade divina, e que o Evangelho de João foi feito intencionalmente com mensagens confusas sobre a história de Jesus para tentar deificar a sua pessoa, isto é, dar a entender que Jesus é “Deus”. O Evangelho de João é completamente diferente dos outros três evangelhos chamados de sinópticos, e muitas de suas histórias sobre os fatos ocorridos com Jesus são divergentes. Só os teólogos fanáticos que não percebem esses disparates do Evangelho de João, ou ignoram de propósito. Quanto aos escritos de Paulo, dirão que este era um lunático, e que ficou assim depois que caiu de seu cavalo indo pela Estrada de Damasco. Dirão também que a Epístola aos Hebreus é fantasiosa e cheia de contradições sobre o Judaísmo. Dirão ainda que o Jesus que apareceu a Paulo não é o mesmo Jesus dos evangelhos sinópticos, pois, o Jesus dos evangelhos sinópticos não aboliu a antiga Lei Mosaica, não foi contra o Judaísmo e nem blasfemou se proclamando Deus igual ao Pai.

Quando os segredos que a ICAR esconde há séculos forem revelados ao mundo, toda a cristandade ficará chocada e chorará. Milhares de igrejas católicas serão queimadas nos EUA, na Europa e no mundo. E as igrejas cristãs também não escaparão do massacre. E a perseguição dos muçulmanos contra os cristãos será ainda maior. E depois disso acontecer, o Papa irá renunciar, e nenhum outro cardeal terá coragem de se candidatar ao cargo de Papa. Os cristãos evangélicos do Ocidente tentarão resistir e continuar com a fé cristã, mas tudo será em vão.

Feito isso, a Besta, isto é, os EUA, se voltará para Israel, e fará um pacto com o povo escolhido de Deus, os judeus, para apoiá-los e defende-os. Só que esse pacto não será feito com os judeus ortodoxos, mas com os judeus sionistas, esses que estabeleceram o Estado de Israel sem a ordem divina. E o próximo passo será a reconstrução do Terceiro Templo. Na verdade, Israel já tem feito acordo com a Besta desde a implantação do Estado de Israel pelo movimento sionista. Porém, esse novo acordo será de mais estreitamento com o povo de Israel, a fim de darem início à reconstrução do Terceiro Templo. E isso será o estopim para um grande conflito no Oriente Médio, momento em que a Besta (EUA), com aval da ONU, apoiada pelo poderio militar e bélico de Israel, dará um basta nas ameaças dos muçulmanos contra os judeus. Irã, Egito, Palestina, Turquia, Líbano, Síria e demais países árabes não poderão resistir contra a Besta e contra Israel até o momento em que Deus permitir. Os muçulmanos serão expulsos do Monte do Templo para que sejam iniciadas as obras da reconstrução do novo Templo.

Deu para entender agora por que o governo americano defende tanto o Estado de Israel? Eles vão menosprezar os cristãos por causa do escândalo e da desmoralização da Igreja Católica, e se voltarão para a “mulher deixada no deserto”.

No capítulo 12 de Apocalipse se diz que a “mulher” (Israel), após dar a luz ao filho varão (os 144 mil) é deixada no “deserto” a fim de ficar protegida da influência do Dragão (Satanás). O grupo dos 144 mil judeus será arrebatado no momento certo e ninguém no mundo irá perceber esse evento, pois, o número de 144 mil pessoas desaparecendo é quase insignificante comparando-se com os 7 bilhões de seres humanos vivos na Terra. Repare que no capítulo 17 de Apocalipse o profeta diz viu uma “mulher” assentada sobre uma Besta cor de escarlata caminhando no deserto. Logo, conclui-se que essa “mulher” é aquela mesma que foi deixada no deserto longe da vista do Dragão. Só que essa mulher se corrompe e monta sobre a Besta, que são os governos humanos. Também se diz que essa mulher é a grande cidade de Babilônia que reina sobre os reis da Terra. Os teólogos evangélicos fanáticos afirmam que essa mulher de Apocalipse 17 é a Igreja Católica de Roma. Outros a identificam como representante de todas as religiões da Terra. Eu mesmo já identifiquei essa mulher como sendo o próprio planeta Terra, com suas religiões, culturas e comércios pelo sistema capitalista, pois podemos perceber isso no capítulo 18, na lamentação dos mercadores e poderosos após sua queda. Na verdade, as cidades de Jericó, Babilônia e Egito são símbolos do mundo como um todo, isto é, do planeta Terra. E depois que a mulher montou na Besta cor de escarlata, Jerusalém, a grande cidade que reina sobre os reis da Terra, ficou sendo símbolo do mundo decaído. Podemos perceber que a grande cidade de Babilônia do capítulo 17 de Apocalipse é Jerusalém pelo que se diz sobre ela no capítulo 11, onde João a compara com “Sodoma” e “Egito”. Veja:

“E jazerão os seus corpos na praça da grande cidade, que espiritualmente se chama Sodoma e Egito, onde também o seu Senhor foi crucificado” (Apoc. 11:8).

Ou seja, tanto faz chamar Jerusalém de Sodoma, Egito e grande Babilônia.

No entanto, o pacto da Besta com a mulher não durará muito tempo, pois, esta será traída. Apocalipse de João diz que Besta se voltará contra a mulher e a deixará desolada e nua. Já defendi em meus escritos afirmando que essa mulher é o sistema religioso dominante no mundo representado pela Igreja Católica, e que a Besta iria trair o Papa e iria destruir o Cristianismo. Pelo que já descrevi, acima, sobre o plano maçônico para acabar com a ICAR, dá no mesmo. A mulher pode ser o sistema religioso liderado pela ICAR ou pode ser a cidade de Jerusalém (Israel) que se corrompeu através do Sionismo.

“Disse-me ainda: As águas que viste, onde se assenta a prostituta, são povos, multidões, nações e línguas. E os dez chifres que viste, e a besta, estes odiarão a prostituta e a tornarão desolada e nua, e comerão as suas carnes, e a queimarão no fogo” (Apoc. 17:15-16).

No seu Evangelho Jesus disse que não veio abolir a Lei e ainda exortou com veemência aqueles que tentarem violar os mandamentos da Lei de Moisés por menor que seja. Jesus também falou sobre o seu reino. A expressão “reino dos céus” não significa um reino no céu. Jesus não tem um reino no céu. O seu reino ainda está por ser estabelecido aqui na Terra. Disse ele: Bem-aventurado sois vós, os pobres, porque vosso é o reino dos céus.

Por favor, você que é cristão evangélico fanático, abra sua mente e pare com essa loucura de reino no Céu. Não existe nenhum reino no céu prometido por Cristo. O reino que Cristo prometeu será aqui mesmo na Terra. Jesus nunca usou a expressão REINO NO CÉU ou REINO DO CÉU. Se você ainda teimar, convoque os melhores professores entendidos em Língua Portuguesa para lhe explicar que a expressão “reino dos céus” não quer dizer um reino no céu, mas um reino que veio do céu para se estabelecer aqui na Terra. Jesus declarou a Pilatos que o seu reino não era deste mundo. Ora, o que Cristo quis dizer com isso? Quis dizer que o seu reino não era como o dos humanos, mas um reino divino, baseado na paz, na justiça e no amor. Leia as palavras do verdadeiro Cristo que as igrejas deviam estar pregando, e não os ensinos deturpados do evangelho ensinado por Paulo.

Mateus 5

3 Bem-aventurados os humildes de espírito, porque deles é o reino dos céus.
4 Bem-aventurados os que choram, porque eles serão consolados.
5 Bem-aventurados os mansos, porque eles herdarão a terra.
6 Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça porque eles serão fartos.
7 Bem-aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia.
8 Bem-aventurados os limpos de coração, porque eles verão a Deus.
9 Bem-aventurados os pacificadores, porque eles serão chamados filhos de Deus.
10 Bem-aventurados os que são perseguidos por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus.
11 Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguiram e, mentindo, disserem todo mal contra vós por minha causa.
12 Alegrai-vos e exultai, porque é grande o vosso galardão nos céus; porque assim perseguiram aos profetas que foram antes de vós.
13 Vós sois o sal da terra; mas se o sal se tornar insípido, com que se há de restaurar-lhe o sabor? para nada mais presta, senão para ser lançado fora, e ser pisado pelos homens.
14 Vós sois a luz do mundo. Não se pode esconder uma cidade situada sobre um monte;
15 nem os que acendem uma candeia a colocam debaixo do alqueire, mas no velador, e assim ilumina a todos que estão na casa.
16 Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras, e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus.
17 Não penseis que vim destruir a lei ou os profetas; não vim destruir, mas cumprir.
18 Porque em verdade vos digo que, até que o céu e a terra passem, de modo nenhum passará da lei um só i ou um só til, até que tudo seja cumprido.
19 Qualquer, pois, que violar um destes mandamentos, por menor que seja, e assim ensinar aos homens, será chamado o menor no reino dos céus; aquele, porém, que os cumprir e ensinar será chamado grande no reino dos céus.

E tenho dito. Anote bem o que aqui escrevi.

Agora, leia todo o capítulo 17 de Apocalipse para entender o que escrevi. Leia também o capítulo 18.

Apocalipse  17

1 Veio um dos sete anjos que tinham as sete taças, e falou comigo, dizendo: Vem, mostrar-te-ei a condenação da grande prostituta que está assentada sobre muitas águas;
2 com a qual se prostituíram os reis da terra; e os que habitam sobre a terra se embriagaram com o vinho da sua prostituição.
3 Então ele me levou em espírito a um deserto; e vi uma mulher montada numa besta cor de escarlata, que estava cheia de nomes de blasfêmia, e que tinha sete cabeças e dez chifres.
4 A mulher estava vestida de púrpura e de escarlata, e adornada de ouro, pedras preciosas e pérolas; e tinha na mão um cálice de ouro, cheio das abominações, e da imundícia da prostituição;
5 e na sua fronte estava escrito um nome simbólico: A grande Babilônia, a mãe das prostituições e das abominações da terra.
6 E vi que a mulher estava embriagada com o sangue dos santos e com o sangue dos mártires de Jesus. Quando a vi, maravilhei-me com grande admiração.
7 Ao que o anjo me disse: Por que te admiraste? Eu te direi o mistério da mulher, e da besta que a leva, a qual tem sete cabeças e dez chifres.
8 A besta que viste era e já não é; todavia está para subir do abismo, e vai-se para a perdição; e os que habitam sobre a terra e cujos nomes não estão escritos no livro da vida desde a fundação do mundo se admirarão, quando virem a besta que era e já não é, e que tornará a vir.
9 Aqui está a mente que tem sabedoria. As sete cabeças são sete montes, sobre os quais a mulher está assentada;
10 são também sete reis: cinco já caíram; um existe; e o outro ainda não é vindo; e quando vier, deve permanecer pouco tempo.
11 A besta que era e já não é, é também o oitavo rei, e é dos sete, e vai-se para a perdição.
12 Os dez chifres que viste são dez reis, os quais ainda não receberam o reino, mas receberão autoridade, como reis, por uma hora, juntamente com a besta.
13 Estes têm um mesmo intento, e entregarão o seu poder e autoridade à besta.
14 Estes combaterão contra o Cordeiro, e o Cordeiro os vencerá, porque é o Senhor dos senhores e o Rei dos reis; vencerão também os que estão com ele, os chamados, e eleitos, e fiéis.
15 Disse-me ainda: As águas que viste, onde se assenta a prostituta, são povos, multidões, nações e línguas.
16 E os dez chifres que viste, e a besta, estes odiarão a prostituta e a tornarão desolada e nua, e comerão as suas carnes, e a queimarão no fogo.
17 Porque Deus lhes pôs nos corações o executarem o intento dele, chegarem a um acordo, e entregarem à besta o seu reino, até que se cumpram as palavras de Deus.
18 E a mulher que viste é a grande cidade que reina sobre os reis da terra.

——————————————–
Miquels7 – Manaus, 18/10/2017

18/10/2017 Posted by | CRISTIANISMO EM CRISE, FANATISMO RELIGIOSO, GOVERNO DA BESTA, ISRAEL E AS PROFECIAS, MENSAGENS DE ALERTA, MENSAGENS ESPECIAIS, REVELAÇÕES APOCALIPTICAS, SOCIEDADES SECRETAS, TEMAS SÓ PARA TEÓLOGOS DISCUTIR | , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

OS PECADOS DOS PAÍSES RICOS, CAPITALISTAS E DEMOCRÁTICOS SÃO OS MESMOS PECADOS DE SODOMA E GOMORRA, CIDADES BÍBLICAS LENDÁRIAS, DESTRUÍDAS PELO FOGO POR ORDEM DE DEUS

*******
“Eis que esta foi a iniquidade de Sodoma, tua irmã: Soberba, fartura de pão, e próspera ociosidade teve ela e suas filhas; mas nunca fortaleceu a mão do pobre e do necessitado. Também elas se ensoberbeceram, e fizeram abominação diante de mim; pelo que, ao ver isso, as tirei do seu lugar” (Ezequiel 16:49-50).
*******
Destruição de Sodoma e Gomorra

*******
No capitalismo os países, tais como Estados Unidos, Japão, Hong Kong, China, Austrália, Brasil e todos os países da Europa, florescem e prosperam. 
E junto com a prosperidade vem o aumento do ateísmo e os desvios morais ou decadência moral da sociedade, como o homossexualismo, as músicas de rebeldia, como rock e funk, somadas à violência e imoralidade promovida pelo cinema mundial. Com a prosperidade também vem a promiscuidade e a depravação moral, e o consequente aumento de doentes com AIDS, essa doença que é quase que exclusivamente espalhada pelos homossexuais.

O pecado das cidades de Sodoma e Gomorra – cidades cananeias prósperas – não foi somente relacionado à prática da imoralidade, homossexualismo e depravação moral. Foi também por causa da fartura, da prosperidade, da arrogância e principalmente pelo desprezo aos pobres e necessitados. Os países ricos, bem como o Brasil, também estão no mesmo caminho de Sodoma e Gomorra.

E existem milhares de crentes, pseudo-cristãos, que pensam que são moralistas, mas não passam de fundamentalistas religiosos de mente retrógrada. Pensam que estão agradando a Deus e praticando o Evangelho, mas só pensam em dinheiro e prosperidade para si mesmos. Jamais pensam em dividir um pouco de suas riquezas materiais com os pobres e necessitados. Aqueles crentes que ficam ricos na Igreja Universal e em outras igrejas que pregam a doutrina da prosperidade são todos falsos cristãos, egoístas. Jesus mesmo declarou que eles “já receberam a sua recompensa”. A recompensa deles é o que estão desfrutando aqui na Terra. Nada terão de recompensa na vida vindoura, quando Cristo fizer ressurgir os mortos dos sepulcros para viver no Novo Planeta Terra Restaurado.

Tem crente que não pensa em ajudar os pobres e necessitados porque diz que a vinda de Jesus está próxima, e só há tempo de pregar o Evangelho para que eles aceitem a Jesus. E já se passaram quase 2 mil anos dando essa desculpa esfarrapada, e Jesus não volta. Enquanto isso, eles menosprezam os pobres e necessitados dizendo que a vinda de Jesus está próxima, e não há tempo de ajudar os pobres. O máximo de tempo que dá é ficar rico na Igreja Universal e fazer um Tur pela Disney e na Europa. E mesmo com essa desculpa que só dá tempo de pregar o Evangelho para a salvação, eles não param de construir templos suntuosos, comprar aviões e fazendas com o dinheiro dos fiéis. E pergunte se um desses mega-pastores ricos e mercenários querem se desfazer da metade dos seus bens para doar aos pobres e necessitados. Nenhum. Tem pastores que ensinam afirmando que os grandes homens de Deus na Bíblia eram ricos e abastados. Mas isso é ensino deturpado e tendencioso. Todos os grandes homens de Deus na Bíblia que eram ricos NÃO ERAM SACERDOTES, isto é, não eram pastores. Abraão, rei Davi, Moisés, Josué, Salomão, etc, não eram sacerdotes. Eles podiam ser ricos. Pela Lei de Moisés e pela ordem expressa de Deus, os sumo-sacerdotes e sacerdotes da tribo de Levi não podiam ser donos de propriedades e nem acumular riquezas. Antes, tinham que ser pessoas desprendidas dos negócios do mundo. Um exemplo clássico de atitude correta de um sacerdote (pastor) é o caso de Barnabé, que era levita (isto é, sacerdote da tribo de Levi), que possuindo ilegalmente uma propriedade, a vendeu e entregou o dinheiro na mãos dos apóstolos, para que repartisse entre os necessitados. Ou seja, ele se arrependeu de estar possuindo uma coisa que era proibida de possuir, pois era pastor. Esses mega-pastores mercenários, como Silas Malafaia, Valdemiro Santiago, R.R. Soares, Edir Macedo, René Terra Nova, Sônia e Estevam Hernandes, entre outros (que se dizem ser sacerdotes ou pastores), não passam de lobos e mercenários. E aqueles que os seguem e apoiam estão no mesmo caminho.

“Da multidão dos que criam, era um só o coração e uma só a alma, e ninguém dizia que coisa alguma das que possuía era sua própria, mas todas as coisas lhes eram comuns. Com grande poder os apóstolos davam testemunho da ressurreição do Senhor Jesus, e em todos eles havia abundante graça. Pois não havia entre eles necessitado algum; porque todos os que possuíam terras ou casas, vendendo-as, traziam o preço do que vendiam e o depositavam aos pés dos apóstolos. E se repartia a qualquer um que tivesse necessidade. Então José, cognominado pelos apóstolos Barnabé (que quer dizer, filho de consolação), levita, natural de Chipre, possuindo um campo, vendeu-o, trouxe o preço e o depositou aos pés dos apóstolos” (Atos 4:32-37).

Neymar 100% Jesus

O jogador de futebol, Neymar, que ostenta na testa a frase “100% Jesus”, também é um falso cristão. Para ser 100% Jesus você tem que ser igual a Jesus Cristo, ter as mesmas atitudes de Cristo, ter uma vida piedosa e não pensar em riquezas; e trabalhar em prol da causa dos pobres e necessitados. Porém, Neymar tem a mesma atitude daquele jovem rico que perguntou a Jesus o que devia fazer para ser perfeito. Jesus perguntou se ele praticava os mandamentos da Lei, e ele respondeu que praticava tudo desde a sua mocidade. Então Jesus lhe respondeu: “Falta-te uma coisa: vai, vende tudo o que possui, doa aos pobres, e depois, vem e segue-me”. Ou seja, pra ser 100% Jesus você tem que se livrar das riquezas deste mundo e viver uma vida piedosa, semelhante a Cristo. E Neymar, será que ele vai se desfazer dos seus bens e doar pelo menos a metade de sua fortuna para os pobres? Jamais.

Jesus é o modelo e exemplo máximo de Bom Pastor, pois jamais recebeu dízimos e nem aceitou receber salários para pregar o Evangelho. Antes, andava de cidade em cidade proclamando as boas-novas do reino dos céus que futuramente Ele iria e vai estabelecer aqui na Terra. Em João 10 Jesus deixa bem claro a atitude do verdadeiro pastor. O verdadeiro pastor não aceita receber salários ou dízimos para cuidar do rebanho ou pastorear. Jesus ensinou em João 10 que aquele que recebe salário para pastorear é mercenário, o famoso ladrão, que só vem para matar, roubar e destruir. E o que significa a palavra MERCENÁRIO? Significa aquele que recebe MERCÊ ou salário para cumprir um trabalho, uma missão. E Jesus é o exemplo máximo de Bom Pastor.

O apóstolo Paulo também é outro modelo de Bom Pastor que nos deixou exemplo e que deve ser seguido, pois tinha todas as oportunidades de se tornar rico e ser dono de uma frota de navios à vela, mas ele trabalhava com as próprias mãos para não ser pesado a ninguém.

Outro exemplo clássico de atitude de um verdadeiro homem de Deus é o do profeta Eliseu, no caso da cura de Naamã, general do Exército da Síria. Naamã ouviu através de uma jovem que o profeta Eliseu podia curá-lo da lepra. Naamã fez de tudo para se encontrar com Eliseu. Depois que Eliseu ordenou a Naamã que mergulhasse 7 vezes nas águas turvas do Rio Jordão, ele hesitou, mas por pressão do seu capataz resolveu mergulhar no rio e ficou curado. E para agradecer a cura, ofereceu a Eliseu muito dinheiro, jóias e mantimentos. Mas Eliseu não aceitou nada, nada. Pois, como um bom homem de Deus que era, tinha em mente e sabia que as bênçãos de Deus não podem ser compradas. O moço que auxiliava Eliseu – que tinha as mesmas atitudes de Judas Iscariotes e dos pastores mercenários – não ficou nada satisfeito com a atitude de seu senhor, e arquitetou um plano para subtrair dinheiro do general Naamã. Depois que Naamã agradeceu e se foi, o moço de Eliseu correu atrás ao seu encontro e, mentindo, disse que seu senhor havia repensado e tinha decidido aceitar o dinheiro e os presentes, pois havia chegado em sua casa uns forasteiro, e não tinha mantimentos para lhes oferecer. Naamã acreditou na mentira e prontamente mandou seus servos entregar o dinheiro e os presentes ao moço de Eliseu. Depois que Eliseu soube o que seu moço havia feito às escondidas, lançou sobre ele uma terrível maldição, e o jovem ficou leproso igual a Naamã. Assim mesmo devia acontecer a todos esses pastores mercenários que ficam vendendo as bênçãos de Deus aos fiéis, trocando orações e intercessão espiritual por dinheiro e riquezas deste mundo. Na época do profeta Eliseu havia muita gente pobre e necessitada, como por exemplo o caso da viúva que Eliseu multiplicou o azeite nos vasos. Eliseu podia ter se aproveitado da situação e pedido grande quantia em dinheiro e mantimentos em troca da cura de Naamã, com a desculpa de que tudo seria destinado para os carentes e necessitados, mas nem ao menos essa ideia lhe veio à cabeça. A história de Naamã está no livro de II Reis 5.

Portanto, esta é a palavra de Deus para os pastores mercenários e para todo o mundo capitalista globalizado e egoísta, que se afasta de Deus e menospreza os pobres e necessitados:

“Ora, este foi o pecado de Sodoma e Gomorra: era arrogante, tinha fartura de comida, praticava abominação e vivia despreocupada e não ajudava os pobres e necessitados; pelo que, ao ver isso, as tirei do seu lugar, destruindo-as com fogo” (Ezequiel 16:49-50).

—————————————–
Falou e disse Miquels7 – Manaus-AM, 18/03/2017

18/03/2017 Posted by | AJUDA HUMANITÁRIA, CRISTIANISMO EM CRISE, ECONOMIA, IGREJA E MISSÃO, MENSAGENS DE ALERTA, MENSAGENS ESPECIAIS, SOLIDARIEDADE | , , , , | Deixe um comentário

O ESSENCIAL DO EVANGELHO DE JESUS CRISTO NÃO É PREGADO NEM ENSINADO ATUALMENTE

“O bom de ser cristão é que, quando você não quer ajudar alguém, você fala “vou rezar por você”, e fica parecendo que você fez algo de útil” (Frase anônima da internet).

*******
O bom de ser cristão

Isso é a mais pura realidade.

“Mas buscai primeiro o reino de Deus e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas” (Mateus 6:33).

*******
O apóstolo Thiago foi direto na ferida quando criticou o ensino de Paulo de que a salvação e tudo que o crente faz deve ser pela fé. Thiago disse: “Que adianta ter fé sem as obras? A fé sem as obras é morta. Mostra-me a tua fé sem as obras que eu te mostro a minha fé pelas obras”.

“Assim também a fé, se não tiver obras, é morta em si mesma. Mas dirá alguém: Tu tens fé, e eu tenho obras; mostra-me a tua fé sem as obras, e eu te mostrarei a minha fé pelas minhas obras. Crês tu que Deus é um só? Fazes bem; os demônios também o crêem, e estremecem” (Thiago 2:17-19).

Deus disse pela boca do profeta Oséias: “MISERICÓRDIA QUERO, E NÃO SACRIFÍCIOS”. E Jesus também repetiu esta mesma frase.

“Pois misericórdia quero, e não sacrifícios; e o conhecimento de Deus, mais do que os holocaustos” (Oséias 6:6).

“Ide, pois, e aprendei o que significa: Misericórdia quero, e não sacrifícios. Porque eu não vim chamar justos, mas pecadores” (Mateus 9:13).

“Mas, se vós soubésseis o que significa: Misericórdia quero, e não sacrifícios, não condenaríeis os inocentes” (Mateus 12:7).

O que isso significa?

Significa que é mais louvável diante de Deus você se ocupar em socorrer e ajudar as pessoas necessitadas, doentes e carentes, que ficar bajulando Deus com adoração e cantoria gospel, danças e orações em vão. É mais louvável diante de Deus você pegar o seu dízimo e comprar roupas e comida para os necessitados – e não entregar nas mãos dos mercenários.

Deus disse pelo boca do profeta Isaías que estava farto de tantos sacrifícios e holocaustos em vão. Enquanto o povo fazia tais coisas pensando estar agradando a Deus, desprezavam o seu semelhante necessitado, esqueciam-se dos órfãos e das viúvas.

E atualmente a mesma coisa está acontecendo. A onda agora é ser “adorador” e “levita do Senhor”. Os crentes atuais pensam que Deus está se agradando de tanta bajulação com essas cantorias gospel, ídolos gospel, danças com fundo musical de ídolos gospel. Deus está enojado dessas coisas.

Deus ficou tão enraivecido com o povo israelita, por terem dado as costas para os carentes e necessitados (órfãos e viúvas), que chegou a ponto de abominar as oferendas desse povo, chamando-os de “povo de Gomorra e de Sodoma”.

“Ouvi a palavra do Senhor, governadores de Sodoma; dai ouvidos à lei do nosso Deus, ó povo de Gomorra. De que me serve a mim a multidão de vossos sacrifícios? diz o Senhor. Estou farto dos holocaustos de carneiros, e da gordura de animais cevados; e não me agrado do sangue de novilhos, nem de cordeiros, nem de bodes. Quando vindes para comparecerdes perante mim, quem requereu de vós isto, que viésseis pisar os meus átrios? Não continueis a trazer ofertas vãs; o incenso é para mim abominação. As luas novas, os sábados, e a convocação de assembléias … não posso suportar a iniqüidade e o ajuntamento solene! As vossas luas novas, e as vossas festas fixas, a minha alma as aborrece; já me são pesadas; estou cansado de as sofrer. Quando estenderdes as vossas mãos, esconderei de vós os meus olhos; e ainda que multipliqueis as vossas orações, não as ouvirei; porque as vossas mãos estão cheias de sangue. Lavai-vos, purificai-vos; tirai de diante dos meus olhos a maldade dos vossos atos; cessai de fazer o mal; aprendei a fazer o bem; buscai a justiça, acabai com a opressão, fazei justiça ao órfão, defendei a causa da viúva” (Isaías 1).

Tem uma frase interessante que Jesus falou, mas os crentes a interpretam de forma errada. Veja:

“Mas buscai primeiro o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas” (Mateus 6:33).

A maioria que lê este trecho do Evangelho pensa que Jesus estava dizendo para os crentes buscarem ou pensarem primeiramente na pregação do evangelho para salvação da alma, no perdão dos pecados para que o crente possa entrar no céu, e as demais coisas seriam apenas consequência. Mas é justamente o contrário o que Jesus queria dizer com essa afirmação.

Jesus queria que primeiramente os crentes se preocupassem com o estabelecimento do reino de paz e de justiça para todos, principalmente para com os pobres, necessitados e oprimidos, e a preocupação com salvação de alma e prosperidade material viriam em segundo plano.

“Buscar primeiro o reino de Deus e a sua justiça” significa se preocupar primeiramente com a causa dos injustiçados, dos oprimidos e dos necessitados. Depois, vem a preocupação com a alma e com a salvação. Deus quer que primeiramente ajudemos as pessoas necessitadas, os órfãos e as viúvas. Essa é a essência do Evangelho de Jesus Cristo: o amor ao próximo.

Se queres ajudar um faminto…, DÊ COMIDA! Oração não enche barriga de ninguém!

Faça tudo o que estiver ao seu alcance para ajudar uma pessoa necessitada. Nunca se recuse a ajudar alguém, até mesmo um transeunte que lhe pedir uma pequena ajuda.

Agora, quando os “cães gulosos” (pastores mercenários) lhe pedirem ajuda financeira dizendo que é para a “obra de Deus”, fuja dos tais. Não lhes dê atenção.

“Se um irmão ou uma irmã estiverem nus e tiverem falta de mantimento cotidiano, e algum de vós lhes disser: Ide em paz, aquentai-vos e fartai-vos [QUE VOU ORAR POR VÓS]; e não lhes derdes as coisas necessárias para o corpo, que proveito há nisso?” (Thiago 2:16).

*******
A essência do ensino de Jesus contido no capítulo 6 do Evangelho de Mateus se resume assim:

– Se o cristão se preocupar em ajudar o seu próximo carente, os oprimidos e injustiçados, os doentes e os encarcerados (por motivo de terem roubado pão para comer), Deus irá providenciar o necessário tanto para este quanto para aqueles a quem está ajudando. Jesus ensinou seus discípulos a não se preocuparem com a comida e com o que iriam se vestir no dia de amanhã, mas que buscassem primeiramente o reino de Deus e a sua justiça. Jesus também disse “é melhor dar do que receber”. Quando Deus vê a nossa preocupação em ajudar o nosso semelhante Ele se comove, e providencia o melhor tanto para quem ajuda para quem está sendo ajudado. Deus providencia alimentos e vestuários de tal forma que sejam suficientes para o cristão e para quem ele está ajudando. Com certeza você será bem recompensado ao fazer essa prova de fé com Deus, de ajudar pessoas carentes e necessitadas, do que ficar entregando dinheiro nas mãos dos pastores mercenários em troca de saúde e riquezas materiais.

Vejo os líderes das principais igrejas – principalmente na televisão – se preocupando primeiramente com curas, libertação e milagres financeiros (prosperidade material). E o mais essencial do Evangelho eles não pregam, não ensinam e não buscam praticar: o amor ao próximo. E isso evidencia o quão longe estão do Evangelho esses pastores mercenários, que só pensam em bem-estar e prosperidade material principalmente para os crentes de classe média/alta. Com os pobres e carentes, que não podem dar dízimos e gordas ofertas, eles não se preocupam.

Também vejo pastores lançando desafios para os fiéis doarem tudo o que têm para a “obra” (seus bolsos), para que recebam em dobro saúde, emprego, bem-estar social e prosperidade financeira, e tenham dupla honra. Mas não vejo esses mesmos pastores mercenários ensinando os fiéis abastados a doarem tudo ou parte do que possuem aos pobres, para que depois recebam de Deus a recompensa. Tudo o que esses pastores mercenários ensinam nas igrejas é o contrário do que Jesus ensinou.

“E eis que se aproximou dele um jovem, e lhe disse: Mestre, que bem farei para conseguir a vida eterna? Respondeu-lhe ele: Por que me perguntas sobre o que é bom? Um só é bom; mas se é que queres entrar na vida, guarda os mandamentos. Perguntou-lhe ele: Quais? Respondeu Jesus: Não matarás; não adulterarás; não furtarás; não dirás falso testemunho; honra a teu pai e a tua mãe; e amarás o teu próximo como a ti mesmo. Disse-lhe o jovem: Tudo isso tenho guardado; que me falta ainda? Disse-lhe Jesus: Se queres ser perfeito, vai, vende tudo o que tens e dá-o aos pobres, e terás um tesouro no céu; e vem, segue-me. Mas o jovem, ouvindo essa palavra, retirou-se triste; porque possuía muitos bens. Disse então Jesus aos seus discípulos: Em verdade vos digo que um rico dificilmente entrará no reino dos céus. E outra vez vos digo que é mais fácil um camelo passar pelo fundo duma agulha, do que entrar um rico no reino de Deus” (Mateus 19:16-24).

Tenho certeza que se você, que é rico e abastado, vender tudo ou parte do que tiver de bens e riquezas, e doar tudo aos pobres e necessitados, Deus lhe recompensará grandemente e você será abençoado em tudo.

Mas, agora tente se desfazer dos seus bens para doar para “obra” ou para a igreja, isto é, doar para os pastores mercenários! Você jamais será recompensado ou abençoado de verdade, pois isso não é Evangelho. Se tudo o que os pastores mercenários recebessem de doações, dízimos e ofertas, fosse destinado para os pobres, carentes e necessitados, aí poderíamos dizer que estavam praticando o Evangelho.

Em Atos dos Apóstolos vemos que os primeiros cristãos abastados, ricos, se desfizeram dos seus bens e entregaram o dinheiro aos pés dos apóstolos. Mas os apóstolos não pegaram o dinheiro para comprar fazenda, jatinhos, helicópteros, mansões e nem usaram o dinheiro para construir templos suntuosos. Todo o dinheiro foi revertido para os carentes e necessitados. Isso que é o verdadeiro Evangelho. Evangelho é primeiramente misericórdia, e preocupação com a justiça e com o bem-estar do seu semelhante carente e necessitado.

“Da multidão dos que criam, era um só o coração e uma só a alma, e ninguém dizia que coisa alguma das que possuía era sua própria, mas todas as coisas lhes eram comuns. Com grande poder os apóstolos davam testemunho da ressurreição do Senhor Jesus, e em todos eles havia abundante graça. Pois não havia entre eles necessitado algum; porque todos os que possuíam terras ou casas, vendendo-as, traziam o preço do que vendiam e o depositavam aos pés dos apóstolos. E se repartia a qualquer um que tivesse necessidade. Então José, cognominado pelos apóstolos Barnabé (que quer dizer, filho de consolação), levita, natural de Chipre, possuindo um campo, vendeu-o, trouxe o preço e o depositou aos pés dos apóstolos” (Atos 4:32-37).

Observe que esse Barnabé era um sacerdote levita, que possuía indevidamente uma propriedade – pois, segundo a Lei, os da Tribo de Levi não podiam possuir propriedades. Ele, tendo peso na consciência, desfez-se do sítio e doou o dinheiro para ajudar os outros irmãos. E qual desses pastores mercenários atuais se desfaz de alguma propriedade sua para doar o dinheiro para a “obra”? Nenhum. Eles cada vez mais enriquecem.

No dia do julgamento, quando esses pastores mercenários comparecerem diante de Deus, eles alegarão: “Senhor, em teu nome operamos milagres, curamos enfermos, expulsamos demônios, profetizamos sobre a vida dos nossos irmãos, fizemos muitos prosperarem financeiramente, aplicamos o dinheiro dos dízimos e das ofertas na construção de suntuosos templos para tua habitação e na manutenção de programas de TV para anunciar o teu Evangelho”. Mas Jesus lhes responderá: “Nunca vos conheci. Apartai-vos de mim, malditos”. Por que Jesus dirá isso para os pastores mercenários? Porque o que eles ensinam e pregam não é o verdadeiro Evangelho de Cristo.

“Uma árvore boa não pode dar maus frutos; nem uma árvore má dar frutos bons. Toda árvore que não produz bom fruto é cortada e lançada no fogo. Portanto, pelos seus frutos os conhecereis. Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus. Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios? e em teu nome não fizemos muitos milagres? Então lhes direi claramente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniquidade” (Mateus 7:18-23).

Tem que se levantar muitos “profetas Jeremias”, como este que vos escreve, para colocarem brasas sobre a cabeça desses pseudo-pastores, para ver se alguns se salvam.

—————————–
Falou e disse Miquels7

 

 

 

 

08/05/2016 Posted by | CRISTIANISMO EM CRISE, MENSAGENS DE ALERTA, MENSAGENS ESPECIAIS, REFLEXÃO | , , , | 2 Comentários

CASAMENTO GAY, ABORTO E LIBERAÇÃO DA MACONHA NÃO SÃO COISAS DE COMUNISTAS – SÃO COISAS DA DEMOCRACIA

*******
Os evangélicos são tão ignorantes e analfabetos políticos a ponto de achar que casamento gay, aborto e lei da maconha são coisas de comunistas.

Nos países comunistas e árabes/islâmicos (Cuba, China, Rússia, Irã, Arábia Saudita, Afeganistão, Coréia do Norte, Indonésia, etc) não existe casamento gay, nem aborto e nem liberação de maconha. Lá essas coisas são proibidas, inclusive a venda livre de bebida alcoólica.

No verdadeiro COMUNISMO e no ISLAMISMO não existem essas coisas.

Nos países asiáticos, de regime socialista, totalitário ou militar, e predominância muçulmana/budista (como Indonésia, Tailândia, Myanmar, Vietnã), casamento gay, aborto e venda/consumo de maconha são proibidos. Aí vem o crente burro dizer que tais coisas são de comunistas! (CORRIGIDO AQUI)

Liberação da maconha, aborto e casamento gay, adoção de crianças por casais gays são coisas da DEMOCRACIA. Todos os países democráticos adotam ou ainda irão adotar as leis a favor dos gays, dos abortistas e dos maconheiros.

Veja, no link abaixo, a lista dos 22 países que já legalizaram o casamento gay. Na lista, não aparece nenhum país comunista/socialista ou islâmico. Todos os que já aprovaram o casamento gay são países democráticos. O Uruguai – embora muitos pensam que tenha um governo bolivariano – é um país democrático. O regime do governo uruguaio não tem nada a ver com Bolivarianismo. E mesmo nos governos bolivarianos da Venezuela, Equador, Colômbia e Bolívia, casamento gay e aborto nunca foram aprovados. (CORRIGIDO AQUI)

http://g1.globo.com/mundo/noticia/2015/06/veja-lista-de-paises-que-ja-legalizaram-o-casamento-gay.html

Todos os países DEMOCRÁTICOS estão incluídos na GRANDE BABILÔNIA DE APOCALIPSE 17. Na Babilônia tudo é permitido; nela há todo tipo de pecado e rebeldia.

O problema do governo petista/PT é que eles deixaram de lado a ideologia comunista radical e tentaram fazer um SOCIALISMO DEMOCRÁTICO.

Para os adeptos da Grande Babilônia, o Socialismo Democrático é bom, pois atende aos seus interesses, aos seus anseios por liberação de tudo. Já para os conservadores isso não é bom, pois muitas coisas que são aprovadas vão contra os mandamentos de Deus.

O partido PSDB tem as mesmas ideologias do PT. O Partido da Social Democracia Brasileira – PSDB também idealiza o Socialismo Democrático. Isso está evidente no próprio nome: “social democracia”.

Você que é alienado, procure saber a verdade e veja que o projeto de Lei da Maconha é de autoria do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, do PSDB. Se fosse o Lula, já o teriam apedrejado! O partido PV também é a favor da maconha; mas a Lei do Aborto é de autoria do deputado do PSOL, Jean Wyllys.

http://odia.ig.com.br/noticia/brasil/2015-03-24/projeto-de-lei-que-legaliza-aborto-e-protocolado-na-camara.html

O governo brasileiro é subordinado à ONU e tem que respeitar os direitos humanos. Queira ou não, a presidente Dilma tem que atender as reivindicações dos homossexuais, porque o nosso país é de regime democrático e é na democracia que surgem todas essas aberrações que os evangélicos conservadores não querem ver aprovadas. Mas não tem jeito. Só haveria jeito de não serem aprovadas essas coisas se o país se tonasse Comunista de verdade, ou se tornasse uma ditadura militar; ou se a religião predominante aqui fosse o Islamismo.

Ou o governo é radical: Militar ou Comunista; ou é babilônico: com total democracia e capitalismo/consumismo/luxúria/mundanismo. Juntar Socialismo/Comunismo com Democracia é ruim para os conservadores, mas é bom para os babilônicos.

O Conservadorismo na democracia é utopia. A democracia será sempre progressista. Na democracia o homem sempre irá atropelar as leis naturais e as de Deus.

Embora alguns pensadores comunistas tenham defendido um modelo não tradicional da família, mas isso não passou de teoria progressista. Essas coisas nunca foram colocadas em prática. A FAMÍLIA TRADICIONAL é a célula-mater de toda sociedade, e não podia ser diferente nos países comunistas. Na Coréia do Norte, na China, no Irã, na Rússia, em Cuba, no Afeganistão, na Arábia Saudita, etc, o que prevalece é o modelo de FAMÍLIA TRADICIONAL.

Quem adotou o que os teóricos comunistas idealizaram foram os democratas. Foram os democratas que colocaram em prática a desestruturação do modelo de família tradicional.

Nos países onde prevalece a DEMOCRACIA o modelo e o conceito de família tradicional está sendo modificado. Um casal de homem com homem e de mulher com mulher está sendo conceituado como FAMÍLIA.

Então, quem está desestruturando o casamento e o modelo de família tradicional não são os comunistas. São os democratas ou babilônicos.

O ATEÍSMO

Os ateus e céticos não despertam a ira de Deus. São os ímpios que despertam a ira de Deus. E geralmente os ímpios são praticantes de algum culto religioso ou misticismo.

Continue lendo

17/08/2015 Posted by | CONSERVADORISMO, CRISTIANISMO EM CRISE, POLITICA | , , , , , | 2 Comentários

LÁZARO, MARTA E MARIA: A HISTÓRIA MAL CONTADA

*****************************(CONCLUÍDO)*******************************
Tive que assistir atentamente a mini-série Jesus de Nazareth, de Franco Zeffirelli, gravada em 1974, para observar alguns detalhes das gravações, e investigar se realmente as cenas da história de Jesus continham ou não absurdos. Na sinopse diz que o filme foi baseado nas narrativas do Evangelho de Lucas.

E realmente constatei alguns absurdos e erros até primários no roteiro de algumas cenas. Se atualmente fossem refilmadas as cenas da história de Jesus de acordo com o Evangelho de Lucas, acredito que fariam completamente diferente da filmagem de Franco Zeffirelli.

A super-produção “Rei dos Reis”, de 1961, é muito mais realística sobre os costumes da época de Cristo; as cenas descrevem melhor como agia a cúria sacerdotal judaica; e como atuava a dinastia herodia que governava a Judéia, em sintonia com os generais do Império Romano. Mesmo assim, constatei muitos erros absurdos, como no episódio da visita de Jesus a João Batista no cárcere e o caso da encenação dos tais “três reis magos” que visitaram o menino Jesus e lhe ofereceram presentes. Em canto nenhum nos evangelhos se diz que os tais magos eram “reis” vindo de países diferentes do Oriente; apenas diz que eram “uns magos que vieram do Oriente”. Por acaso, naquela época haviam reis em países do Oriente que temiam ou serviam ao Deus de Israel? Além do mais, como poderiam três reis do Oriente serem amigos, e virem até a Judéia em cima de camelos, sem escolta de soldados? Muito boa essa história, né?! E o mais absurdo são os nomes que os doutores católicos arranjaram para denominar esses “três reis magos”. Devemos entender uma coisa. Esses três personagens que visitaram Jesus eram emissários de um rei qualquer do Oriente, talvez da Pérsia (Irã) ou da Babilônia (Iraque). Eles eram “magos”, isto é, feiticeiros e sacerdotes dos deuses pagãos. Nada mais do que isso. Esses magos também estudavam profecias da literatura de outros povos e muitas dessas profecias tinham a ver também com alinhamento dos corpos celestes. Eles sabiam, pela literatura dos hebreus – a Torá -, que nasceria um Messias que vinha salvar o povo da opressão de seus inimigos e essa profecia iria se cumprir quando certos astros no céu ficassem alinhados. A estrela que foi vista nos céus sobre a cidade de Belém nada mais era que esse tal alinhamento dos planetas. Os magos vieram apenas conferir se a profecia era verdadeira mesmo.

Outra coisa que não achei adequada na super-produção “Rei dos Reis” foi a vestimenta típica da época. A vestimenta típica usada pelo povão ou atores coadjuvantes, além de serem muita coloridas, eram muito luxuosas e bem confeccionadas. Na mini-série Jesus de Nazareth, de Franco Zefirelli, a vestimenta típica do povão deixou a desejar, pois foram mal feitas e as pessoas pareciam maltrapilhas.

Com o advento do computador e da internet pudemos estudar melhor os livros da Bíblia, através de aplicativos que facilitam a busca por palavra-chave de eventos narrados. E desde 2005 tenho estudado muito os textos bíblicos usando esses e outros mecanismos que facilitam o entendimento, tais como dicionários bíblicos, enciclopédias, bíblias com concordância, referências cruzadas e notas de rodapé, principalmente as versões antigas. As bíblicas atuais que o povão compra nas livrarias não servem para estudo bíblico; servem apenas para leitura devocional. Os líderes religiosos atuais não querem que os crentes descubram as verdades bíblicas através de um estudo sério, comparativo, consultando outras versões da Bíblia, e estudando muitos textos publicados na interenet por teólogos e apologistas independentes.

É estudando a Bíblia seriamente e sistematicamente, e lendo muita literatura cristã recomendada e não recomendada que a gente se liberta dos maus líderes religiosos e dos pastores mercenários. Enquanto o crente ficar só com aquela bibliazinha debaixo do braço e indo à igreja só para ouvir o sermão do pastor mercenário, ele nunca se libertará dos cães gulosos, dos mercadores da fé.

Mas deixa isso pra lá! Esta geração está perdida mesmo, nas mãos desses falsos líderes religiosos! Talvez a nova geração de jovens cristãos que agora procura se informar mais através da internet possa entender o que se passa no mundo religioso.

Dizem que os políticos do interior do Brasil, os coronéis do sertão, eram sempre eleitos pelo voto de cabresto. O povão era tratado como gado por esses políticos. Quanto mais analfabeto fosse o povo, melhor era para eles, de modo a se perpetuarem no poder. Eles enganavam as famílias oferecendo pequenas cestas de alimentos que não duravam uma semana; davam dentaduras e até alguns trocados para enganar o povo besta; abriam poços artesianos para doar água pro povo. Com isso eles faziam chantagem e diziam que se o povo não votasse neles, perderiam todas essas coisas, perderiam até a água de beber.

Agora o povo brasileiro do sertão está mais politizado, apesar de ter uma boa parcela que ainda usa o voto de cabresto, e vende seu voto por alguns trocados. Porém, quanto mais os jovens tiverem acesso a internet, serão mais bem politizados e mais bem informados. Se o povão (classe média e baixa) se informarem somente pelos canais de TV aberta, como Globo, Band, Record e SBT, estarão alienados da realidade política e econômica do nosso país. Pois tem dois ou três canais de TV aberta neste País que funcionam como uma máfia midiática, e manipulam as informações, e agem por interesses políticos e econômicos. Eles sempre colocam informações ruins na mente dos brasileiros, manipulam suas mentes através de novelas e programas de entretenimento; divulgam somente notícias ruins para jogar a população contra o governo. Com isso, a economia do nosso País é prejudicada, os pequenos acionistas saem perdendos seus pequenos investimentos por causa das frequentes quedas das bolsas de valores. E isso tudo ocorre por causa das informações tendenciosas divulgadas por certos veículos de comunicação de massa. Se esses veículos colocassem informações equilibradas, mostrando pontos positivos e negativos, mostrando o que está dando certo e o que está errado, aí sim, essa imprensa seria livre e imparcial. Todo jornalista diz ser ético e independente, mas não é isso que ocorre. Todos eles são puxa-sacos de seus patrões; o que os seus chefes mandam fazer, eles fazem, se não, serão demitidos. Se o dono do jornal é a favor do governo, se simpatiza com o governo, então todos os jornalistas daquele veículo de comunicação terão que andar na mesma linha, publicando mais coisas boas e falando sempre bem do governo. Se o patrão é de direita e não gosta do governo atual, então todos os jornalistas dessa empresa trabalhão unânimes, numa só linha de informações, publicando bastante coisas negativas, para tentar manipular a opinião pública, e forçá-los a fazer manifestações, pedindo o afastamento do governo.

Não precisava falar dessas coisas de política num assunto de natureza bíblica e religiosa, mas para compreendermos o processo de manipulação das mentes e das massas é necessário fazermos essas comparações. Não é somente no campo político que as pessoas são manipuladas. No campo religioso acontece algo parecido. Os religiosos não querem que os crentes fiéis estudem “particularmente” a Bíblia, pois, podem descobrir muitas verdades que eles não ensinam, ou que ensinam de forma tendenciosa, para torná-los escravos de seus interesses. Se descobrirem, por exemplo, que a Lei dos Dízimos não tem mais vigor na dispensação da graça, esses pastores mercenários vão desertar, vão abandonar o rebanho, pois perdendo essa boquinha, não poderão manter o seu padrão de vida social e econômico, e nunca irão enriquecer, porque o povo vai apenas ofertar aquelas moedinhas durante os cultos e não mais darão 10% dos seus ganhos para os cães gulosos. Cães gulosos quem diz é a Bíblia.

“E estes cães são gulosos, nunca se podem fartar; e eles são pastores que nada compreendem; todos eles se tornam para o seu caminho, cada um para a sua ganância, todos sem exceção” (Isaías 56:11).

“Todos, sem exeção”??? Talvez a minha Bíblia esteja mal traduzida. Só pode!
******************************************************************************** Continue lendo

09/02/2015 Posted by | CASOS POLEMICOS, CRISTIANISMO EM CRISE, ESTUDOS BÍBLICOS | , , , , | 7 Comentários

Pastor Cesino Bernardino Admite que Pastores Pregavam Bêbados e se Prostituíam com Cantoras no Gideões Missionários

***

As denúncias feitas pelo pastor e rapper Juninho Lutero sobre os bastidores do Gideões Missionários da Última Hora foram confirmadas pelo líder do ministério, pastor Cesino Bernardino.


***
Continue lendo

04/05/2014 Posted by | CRISTIANISMO EM CRISE, FANATISMO RELIGIOSO | , , | 1 Comentário

PASTORES CRISTÃOS DEVIAM FAZER VOTO DE POBREZA PARA EXERCER MINISTÉRIO

**************************************************************
JESUS CRISTO, SENDO FILHO DO DONO DE TODA RIQUEZA, SEMPRE FOI POBRE. FOI FILHO ADOTIVO DE UM SIMPLES CARPINTEIRO; VIVEU MAIS DE TRINTA ANOS SOBRE A TERRA; NUNCA ALMEJOU ALCANÇAR RIQUEZAS, E CHEGOU A DIZER QUE NÃO TINHA UM LUGAR EM QUE PUDESSE RECLINAR A CABEÇA PARA DESCANSAR.

E OS PASTORES DE HOJE? O QUE SÃO? O QUE POSSUEM? O QUE PREGAM?
**************************************************************

Paulo de Tarso

Um sacerdote ou pastor cristão, que se preze, devia, no momento de ser consagrado para o ministério, fazer “voto de pobreza” e, no máximo, receber um salário mínimo (simbólico) da Igreja local.

Se o pastor ou sacerdote quiser possuir muitas riquezas neste mundo, deve trabalhar e conseguir o que pretende com o suor do seu rosto, e não tornar-se rico à custa dos dízimos e ofertas dos fiéis. Ele tem que trabalhar, e não viver de regalias, com carrões, mansões, aviões, helicópteros, tudo à custa das contribuições dos fiéis, que na maioria são pobres, e que contribuem com amor em prol do reino de Deus.

Continue lendo

18/04/2014 Posted by | CRISTIANISMO EM CRISE, MENSAGENS ESPECIAIS | , | 1 Comentário

NATAL – A FESTA PAGÃ QUE SE TORNOU CRISTÃ

********************************************************
Enfeitar uma árvore, iluminar as casas e as ruas, trocar presentes, reunir a família e os amigos ao redor de uma farta ceia: são apenas algumas características do Natal herdadas de tradições pagãs muito mais antigas do que o próprio Cristo; leia reportagem especial de Luis Pellegrini, editor da revista Oásis sobre as origens da celebração.
********************************************************
24 de Dezembro de 2013 às 14:45

FONTE: Revista Oásis 

Por: Luis Pellegrini

Parece incrível, mas a escolha da data não tem nada a ver com o nascimento de Jesus. Os romanos aproveitaram uma importante festa pagã realizada por volta do dia 25 de dezembro e “cristianizaram” a data, comemorando o nascimento de Jesus pela primeira vez no ano 354. Aquela festa pagã, chamada de Natalis Solis Invicti (“nascimento do sol invencível”), era uma homenagem ao deus persa Mitra, popular em Roma. As comemorações aconteciam durante o solstício de inverno, o dia mais curto do ano. No hemisfério norte, o solstício não tem data fixa – ele costuma ser próximo de 22 de dezembro, mas pode cair até no dia 25. 

A origem da data é essa, mas será que Jesus realmente nasceu no período de fim de ano? Os especialistas duvidam. “Entre os estudiosos do Novo Testamento e das origens do cristianismo, é consenso que ele não nasceu em 25 de dezembro”, afirma o cientista da religião Carlos Caldas, da Universidade Mackenzie, em São Paulo. Na Bíblia, o evangelista Lucas afirma que Jesus nasceu na época de um grande recenseamento, que obrigava as pessoas a saírem do campo e irem às cidades se alistar. Só que, em dezembro, os invernos na região de Israel são rigorosos, impedindo um grande deslocamento de pessoas. “Também por causa do frio, não dá para imaginar um menino nascendo numa estrebaria. Mesmo lá dentro, o frio seria insuportável em dezembro”, diz Caldas. O mais provável é que o nascimento tenha ocorrido entre março e novembro, quando o clima no Oriente Médio é mais ameno. 

O Natal como dia do nascimento de Jesus Cristo surgiu em tempos bem mais recentes, ao redor do século 4 da nossa Era. Até então, essa era a data de algumas das mais importantes celebrações do calendário pagão. Tudo surgiu devido às muitas dúvidas relacionadas ao dia correto do nascimento de Jesus. Até hoje não existem referências históricas precisas capazes de atestar essa data. Os próprios Evangelhos, surgidos 3 ou 4 séculos depois da sua morte, não fazem nenhuma referência nem ao dia, nem ao mês, nem ao ano em que o Senhor apareceu na Terra. 

Nos primeiros séculos de sua existência, a jovem comunidade cristã não festejava o nascimento de Jesus. Com o transcorrer das décadas e dos séculos, à medida em que a Igreja crescia e ganhava poder, surgiu a necessidade de conter e integrar os cultos pagãos – ainda muito numerosos na Europa e no Oriente Médio – e de englobá-los no seio da organização cristã. Celebrar solenemente o dia do nascimento de Jesus foi uma das muitas medidas implementadas nesse sentido. 

No início, as datas mais disparatadas foram escolhidas para as comemorações: 6 de janeiro, 25 de março, 10 de abril, 29 de maio. A Igreja do Oriente se decidiu afinal pelo dia 6 de janeiro que era, para os gregos, o dia da Epifania (aparição) do deus Dionísio. A Igreja do Ocidente escolheu oficialmente a data de 25 de dezembro em meados do quarto século depois de Cristo. O objetivo da eleição era fazer coincidir o nascimento de Jesus com as festividades do solstício de inverno e do nascimento do Sol, fenômenos celebrados há tempos imemoriais pelos povos europeus. 

Em ambos os casos, tudo que o cristianismo fez foi incorporar no seu próprio calendário de celebrações as tradições populares pré-existentes.

Os doutores da Igreja, na verdade, perceberam que os próprios cristãos manifestavam forte inclinação para aqueles festejos pagãos, e seria muito difícil desviá-los dessa tendência. Melhor seria trazer os cultos pagãos para dentro da Igreja, e dessa forma melhor controlá-los. Ficou assim estabelecido que a Natividade seria solenizada naquele dia e a Festa da Epifania no dia 6 de janeiro. Essa origem pagã da festa de Natal é reconhecida inclusive por Santo Agostinho, que exortava seus irmãos cristãos a não celebrarem o Sol naquele dia solene, como faziam os pagãos, e sim celebrarem “Aquele que tinha criado o Sol”. 

Essa mesma tática deu origem a muitas outras festas do calendário cristão, entre elas a Páscoa, as festas juninas, o Dia dos Mortos e o de Todos os Santos – todas elas eram festividades pagãs que foram incorporadas pela Igreja.

Ao redor do ano 1100, o Natal se tornara a festa religiosa mais importante em toda a Europa. Sua popularidade cresceu até a Reforma, quando muitos cristãos começaram a considerar o Natal uma festa pagã. Na Inglaterra e em algumas colônias americanas foi inclusive considerada manifestação fora da lei. Mas isso durou pouco. Logo o Natal reconquistou o primeiro posto entre as celebrações cristãs, sendo até hoje a festa mais amada. 

No Natal, a festa cristã se entrecruza com a tradição popular de origem pagã. Antes do Natal cristão, existia a Festa do Fogo e a do Sol, pois essa época do ano é a do solstício de inverno, ou seja, o dia mais curto do ano no hemisfério norte. A partir dessa data (ao redor do dia 22 de dezembro) as horas de luz começam a ser mais longas a cada dia.

Essa inversão astronômica da rota solar constitui o cerne da questão para todo aquele que deseja compreender o real por quê da escolha de 25 de dezembro como data do nascimento do Cristo. Essa inversão trará de volta a primavera dentro de 3 meses. Quase todas as culturas antigas festejavam o evento. Todas as atividades humanas (caça, pastoreio e agricultura) eram ligadas ao fim do inverno e ao alternar-se das estações. Nos meses mais frios as pessoas permaneciam trancadas em casa, consumindo o alimento acumulando durante o ano, na esperança de que as reservas fossem suficientes. Superar a metade do inverno era, portanto, motivo de regozijo e de esperança de sobrevivência. 

A festa do solstício cai no período entre 21 e 24 de dezembro por um simples motivo astronômico: nessa fase, aos olhos de um observador ou de um astrônomo, o sol parece ficar parado no horizonte, para depois inverter sua rota e retomar seu movimento em direção à primavera a partir do dia 25 de dezembro. Dessa mesma origem deriva uma importante festa da Roma Antiga, celebrada a 25 de dezembro, a festa dedicada ao deus Mitra, divindade solar muito cultuada pelos soldados e pelas populações das zonas de fronteira. A grande Festa do Sol, na mesma data, tinha a característica de integrar as religiões das diversas populações europeias sob o domínio do vasto império romano. Quase todas elas celebravam a 25 de dezembro o solstício de inverno. A festa era muito parecida às atuais celebrações do Natal cristão, com ritos coletivos e festas familiares.

Na Roma Antiga festejavam-se as Saturnálias em homenagem a Saturno, deus da agricultura. Era um período de paz e de recolhimento (meio do inverno), quando as pessoas trocavam presentes, e amigos e familiares se reuniam em suntuosos banquetes. Os celtas, outra etnia majoritária na Europa naqueles tempos, festejavam por seu lado o próprio solstício de inverno. 

No ano 274 depois de Cristo, o imperador Aureliano decidiu que no dia 25 de dezembro fosse festejado o Sol. Disso deriva a tradição do “tronco natalício”, grande pedaço de madeira que nas casas deveria queimar durante 12 dias consecutivos e deveria ser preferivelmente de carvalho, madeira propiciatória. Dependendo do modo como ela queimava, os romanos faziam presságios para o futuro. Nos dias de hoje, o tronco natalício se transformou nas luzes e velas que enfeitam e iluminam as casas, árvores e ruas.

E a onipresente árvore de Natal? Também ela pertence à tradição pagã europeia. A imagem da árvore (especialmente as que são perenemente verdes, resistentes ao inverno, como os pinheiros) constitui um tema pagão recorrente, céltico e druídico, presente tanto no mundo antigo quanto no medieval, de onde foi assimilado pelo cristianismo. A derivação do uso moderno dessas tradições, no entanto, não foi provada com certeza. Ela remonta seguramente pelo menos à Alemanha do século 16. Ingeborg Weber-Keller (professor de etnologia em Marburgo) já identificou, entre as primeiras referências históricas da tradição, uma crônica de Bremen de 1570, segundo a qual uma árvore da cidade era decorada com maçãs, nozes, tâmaras e flores de papel. A cidade de Riga, na Letônia, é uma das que se proclamam sedes da primeira árvore de Natal da história (em Riga existe inclusive uma inscrição escrita em oito línguas, segundo a qual “a primeira árvore de fim-de-ano” foi enfeitada na cidade em 1510).

29/12/2013 Posted by | COMEMORAÇÕES, CRISTIANISMO EM CRISE | , | Deixe um comentário

A LEI SOBRE O DÍZIMO FOI ABOLIDA

*************************************************
SEI QUE NÃO ADIANTA GRITAR O MAIS ALTO POSSÍVEL E MOSTRAR NA CARA DESSES FALSOS PASTORES, LADRÕES E SALTEADORES, QUE A LEI DO DÍZIMO NA NOVA ALIANÇA FOI ABOLIDA E NÃO É MAIS OBRIGATÓRIA NA DISPENSAÇÃO DA GRAÇA. JÁ EXISTEM DEZENAS DE ESTUDOS DE GENTE SÉRIA, PASTORES E TEÓLOGOS, SOBRE O DÍZIMO, DEMONSTRANDO QUE SUA PRÁTICA NÃO É MAIS VÁLIDA NA NOVA ALIANÇA, DEPOIS DA RESSURREIÇÃO DE JESUS CRISTO. FOI A IGREJA CATÓLICA QUEM RESSUSCITOU A PRÁTICA DO DÍZIMO, POIS ALEGAVA QUE OS PADRES CATÓLICOS SÃO A CONTINUIDADE DO SACERDÓCIO LEVÍTICO. PARA HAVER UMA REVOLUÇÃO, É PRECISO HAVER REVOLTA E INCONFORMISMO COM O QUE ESTÁ ERRADO. NO SÉCULO XVI, MARTINHO LUTERO, INCONFORMADO COM AS PRÁTICAS ANTI-CRISTÃS DA IGREJA CATÓLICA, REBELOU-SE,  E PUBLICOU AS 95 TESES, ACUSANDO OS ERROS DA IGREJA. ATUALMENTE, JÁ EXISTEM MAIS DO QUE 95 TESES MOSTRANDO OS ERROS DOS CRISTÃOS PROTESTANTES, PENTECOSTAIS, NEO-PENTECOSTAIS, MAS ELES FINGEM QUE NÃO ENXERGAM. MAS ESTÃO PREOCUPADOS COM ESSAS “TESES” SENDO PUBLICADAS NA INTERNET, À VISTA DE MUITOS INTERNAUTAS. POIS ELES CORREM O RISCO DE PERDER A “MAMATA” COM AS COBRANÇAS DO DÍZIMO E OUTROS TIPOS DE BARGANHA EM PROL DA “OBRA” (PODER, FAMA E ACÚMULO DE RIQUEZAS PESSOAIS). É PRECISO HAVER UMA REVOLTA URGENTE CONTRA ESSES FALSOS PASTORES. NÃO ADIANTA SÓ PUBLICAR AS “TESES” NAS INTERNET. É PRECISO HAVER UMA REVOLUÇÃO, E ESTA SÓ ACONTECERÁ COM UMA GRANDE REVOLTA E MANIFESTAÇÃO PÚBLICA DOS EVANGÉLICOS SÉRIOS DO BRASIL.
SOU EVANGELICO, MAS NÃO DOU DÍZIMO. APENAS OFERTO NA IGREJA. E NUNCA FALTOU O NECESSÁRIO PARA MINHA FAMÍLIA. ESSE NEGÓCIO DE DEVORADOR NEM APARECE NA MINHA CASA, POIS ISSO É APENAS COISAS QUE OS LADRÕES PÕE NA CABEÇA DOS FRACOS. TENHO DOIS EMPREGOS E NUNCA ME SENTI AMEAÇADO OU AMALDIÇOADO POR NÃO DAR O DÍZIMO.
*************************************************

A LEI SOBRE O DÍZIMO FOI ABOLIDA

O dízimo foi constituído por causa dos sacerdotes do Sacerdócio Levítico, que administravam os sacrifícios pelo pecado do povo todos os dias. E Abraão deu dízimo ao Melquisedeque porque este era sacerdote do Deus Altíssimo, mas ele era humano e seu ofício foi transitório.

Porém, o autor da Carta aos Hebreus nos diz que os mandamentos da antiga Lei, concernente aos sacerdotes, foi ab-rogado, ou seja, foi anulado depois que Cristo realizou uma única vez o sacrifício perfeito. Jesus Cristo se constituiu um sacerdote eterno segundo a Ordem Sacerdotal de Melquisedeque. Ele agora ministra em um Santuário Celestial, e portanto, não há mais necessidade de ninguém dar os dízimos para sustentar sacerdotes levitas, pois, o Sacerdócio Levítico foi anulado. E o antigo Templo FOI DESTRUÍDO PELA VONTADE DE DEUS no ano 70 AD, porque não havia mais necessidade de sacerdotes humanos mortais para ministrar pelos pecados do povo.

Jesus falou. em Mateus 23:23, que a pratica mais importante que devemos fazer é o AMOR, e não o ato de dar os dízimos. Jesus falou isso porque ele ainda estava sob o vigor da Lei. Depois que Cristo morreu e ressuscitou, os mandamentos levíticos concernentes ao dízimo, foram abolidos.

Jesus Cristo realizou um único sacrifício oferecendo-se a si mesmo sobre cruz, e agora ministra no Céu. Portanto, não há mais necessidade de dar dízimos para sacerdotes ou pastores aqui na Terra.

A salvação agora é gratuita e pela fé. Os pregadores do evangelho devem receber, sim, ajuda para o trabalho de evangelização, mas não o dízimo. Podem receber doações de ofertas, como Paulo recebia.

O apóstolo Paulo, maior evangelista de todos os tempos, nunca recebeu e nunca cobrou dízimos para evangelizar. Antes, ele fabricava tendas para ajudar no seu sustento e custear suas viagens, para que não ficasse pesado aos irmãos, que eram carentes. Ele evangelizou toda a Ásia Menor, num tempo em que não existia avião, nem trem, nem hotéis de luxo para se hospedar, como fazem os pastores de hoje. Os falsos pastores mercenários, de hoje, possuem carros de luxo, mansões, aviões, helicópteros, emissoras de TV, fazendas, apartamentos em outros países e ainda se hospedam em hotéis de luxo, e os crentes bobos ainda ficam orando por eles. Vão ser burros assim lá não sei aonde!!!

O mandamento de Malaquias 3:10, concernente ao dízimo, foi abolido com a morte de Cristo.

Deus não mandou construir os templos dessas igrejas que hoje existem. Só houve um Templo que Deus autorizou ser construído, mas este foi destruído pela vontade de Deus, pois não havia mais necessidade… 

Certa vez, uma mulher samaritana alegou que a adoração certa devia ser no Monte Moriá, em Samaria, e não em Jerusalém, no grande Templo. Mas Jesus lhe disse que ia chegar a hora em que nem em Jerusalém nem naquele monte se adoraria ao Pai, mas os verdadeiros adoradores adorariam ao Pai em espírito e em verdade, em qualquer lugar, sem a necessidade de templos. Vede a ref. abaixo.

No tempo em que Jesus viveu aqui na Terra a Lei do Dízimo estava em vigor e o Grande Templo em Jerusalém estava funcionando perfeitamente. Jesus passou mais de 3 anos anunciado as boas-novas. Mas, digam-me quantas vezes Jesus e seus discípulos foram cultuar no Templo? Quantas vezes foram lá levar os dízimos? Lembro-me apenas duas vezes: uma, quando falou da pobre viúva que OFERTOU uma única moeda. Essa mulher pobre ofertou moeda, dinheiro vivo. Ela não dizimou. E outra vez, foi na ocasião em que expulsou os cambistas e vendedores do Templo.

Agora, Jesus ia frequentemente às Sinagogas nos dias de sábado, pois lá era um lugar de reunião e estudo da Torá. E a Sinagoga não era chamada de Templo. Assim também os prédios das igrejas atuais não devem ser chamados de “templos”, mas de congregação ou casa de reunião.

Jesus estava em Jerusalém antes de morrer crucificado, e lá estava o grande Templo. Mas ele fez sua última reunião e realizou a “Santa Ceia” (Páscoa) em outro lugar, juntamente com seus discípulos. 

Os templos das igrejas católicas e evangélicas, que hoje existem, não devem ser chamados de “templos”, mas apenas de capela, congregação ou casa de oração. Os crentes é que são o “templo do Espírito Santo”.

Os templos da Igreja Católica e das igrejas evangélicas são imitações dos templos dos deuses pagãos da Ásia Menor e da Grécia. Os deuses antigos tinham seus templos suntuosos. E as igrejas evangélicas fizeram o mesmo, cada uma construindo um “templo falso” para Deus. Esses “templos” não tem nada a ver com o Grande Templo sagrado que Deus mandou construir. E foi apenas um. Mas esse Grande Templo Deus permitiu que fosse destruído.

Os pastores e evangelistas não podem alegar que são herdeiros do Sacerdócio Levítico, pois o mesmo já se acabou. E também não podem alegar que são sacerdotes da Ordem de Melquisedeque, pois há apenas um sacerdote dessa ordem, que é Jesus. E ele não necessita de dízimos.

***
“Porque dele assim se testifica: Tu és sacerdote para sempre, segundo a ordem de Melquisedeque. Pois, com efeito, o mandamento anterior é ab-rogado [ANULADO] por causa da sua fraqueza e inutilidade (pois a lei nenhuma coisa aperfeiçoou), e desta sorte é introduzida uma melhor esperança, pela qual nos aproximamos de Deus. (…) Porque nos convinha tal sumo sacerdote, santo, inocente, imaculado, separado dos pecadores, e feito mais sublime que os céus; que não necessita, como os sumos sacerdotes, de oferecer cada dia sacrifícios, primeiramente por seus próprios pecados, e depois pelos do povo; porque isto fez ele, uma vez por todas, quando se ofereceu a si mesmo” (Heb. 7:19-27).

***
“Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! porque dais o dízimo da hortelã, do endro e do cominho, e tendes omitido o que há de mais importante na lei, a saber, a justiça, a misericórdia e a fé; estas coisas, porém, devíeis fazer, sem omitir aquelas” (Mateus 23:23).

***
“Depois disto Paulo partiu de Atenas e chegou a Corinto. E encontrando um judeu por nome Áqüila, natural do Ponto, que pouco antes viera da Itália, e Priscila, sua mulher (porque Cláudio tinha decretado que todos os judeus saíssem de Roma), foi ter com eles, e, por ser do mesmo ofício, com eles morava, e juntos trabalhavam; pois eram, por ofício, fabricantes de tendas” (Atos 18:1-3).

***
“E quando estava presente convosco, e tinha necessidade, a ninguém fui pesado; porque os irmãos, quando vieram da Macedônia, supriram a minha necessidade; e em tudo me guardei, e ainda me guardarei, de vos ser pesado” (II Cor. 11:9). (Os pastores de hoje são um fardo pesado para os fiéis).

***
“Nossos pais adoraram neste monte, e vós dizeis que em Jerusalém é o lugar onde se deve adorar. Disse-lhe Jesus: Mulher, crê-me, a hora vem, em que nem neste monte, nem em Jerusalém adorareis o Pai. Vós adorais o que não conheceis; nós adoramos o que conhecemos; porque a salvação vem dos judeus. Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem” (João 4:20-23).

***

QUEM DÁ A SEMENTE AO QUE SEMEIA É DEUS, E ESTA SEMENTE, É O EVANGELHO, E NÃO DINHEIRO.

O dízimo nunca foi dado em espécie, isto é, em dinheiro vivo, em papel moeda. Podemos ver nos quatro Evangelhos, que no tempo de Jesus já existia dinheiro em moeda, mas nunca se usava as moedas para dar dízimo.

A “Casa do Tesouro”, de Malaquias 3:10 não era um COFRE ou depósito de dinheiro. Era um armazém onde se estocavam os dízimos em forma de mantimentos para sustento dos levitas. E os levitas não podiam trocar os mantimentos por dinheiro, para comprar o que quisessem, pois lhes era proibido.

Os falsos pastores de hoje distorcem o significado dos textos bíblicos para justificar a dádiva do dízimo. Vejamos este:

***
“Ora, aquele [DEUS] que dá a semente [EVANGELHO] ao que semeia, e pão para comer, também dará e multiplicará a vossa sementeira, e aumentará os frutos da vossa justiça” (II Cor. 9:10).

***

Percebam o absurdo que os pastores mercenários fizeram com a interpretação falsa deste texto de Paulo. “Aquele que dá a semente ao que semeia” é o próprio Deus.

A SEMENTE é o evangelho da salvação. E Deus também dá o pão para sustento dos missionários. Ou seja, Deus abençoa os crentes, dando-lhes os mantimentos necessário para seu sustento, e esse mesmo crente também tira parte do que Deus lhe dá para ajudar no SUSTENTO dos missionários. Repare: é SUSTENTO, e não salário fixo de vários mil reais.

Inventaram que o ato de SEMEAR é contribuir com dinheiro vivo para obra de Deus. Tudo mentira. Eles iludem os crentes a “semear dinheiro” para pagar programas de TV, pagar redes de TV, comprar aviões, fazendas, construir templos suntuosos, e bancar a vida de riqueza e luxo que levam.

Eles ainda enganam, alegando que, se você não pode ser um missionário e não pode sair por outros lugares evangelizando, você pode PAGAR para outro ir em seu lugar. Isso é uma das maiores mentiras. Fazem isso por ganância. Pois, a Palavra de Deus diz que o crente é sal da terra e luz do mundo, e onde ele estiver, lá ele será um evangelizador. Você que é um cristão, pode ser um missionário aí mesmo no seu bairro, na sua rua, na sua cidade.

***

QUEM É O LADRÃO

“8 Todos quantos vieram antes de mim são ladrões e salteadores; mas as ovelhas não os ouviram.
9 Eu sou a porta; se alguém entrar por mim será salvo; entrará e sairá, e achará pastagens.
10 O ladrão não vem senão para roubar, matar e destruir; eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância.
11 Eu sou o bom pastor; o bom pastor dá a sua vida pelas ovelhas.
12 Mas o que é mercenário, e não pastor, de quem não são as ovelhas, vendo vir o lobo, deixa as ovelhas e foge; e o lobo as arrebata e dispersa.
13 Ora, o mercenário foge porque é mercenário, e não se importa com as ovelhas.
14 Eu sou o bom pastor; conheço as minhas ovelhas, e elas me conhecem” (João 10:8-14).

***

Analisando cuidadosamente este texto, concluímos que:

JESUS É O BOM PASTOR
SATANÁS É O LOBO
FALSOS PASTORES SÃOS OS LADRÕES E SALTEADORES
MERCENÁRIOS SÃO OS FALSOS PASTORES

***

Os falsos pastores e pregadores dizem que o Ladrão é o Satanás, enquanto que, pela interpretação correta do texto, podemos ver que os ladrões e salteadores são os falsos pastores.

Os falsos pastores sugam o melhor de suas ovelhas, e não se importam com o bem-estar social e econômico de suas ovelhas.

Os falsos pastores roubam o melhor de suas ovelhas, isto é, seus bens, seus salários, suas vidas.

Jesus é o bom Pastor. E os demais são pastores maus. Vejam esta profecia contra os pastores infiéis, que comem o melhor de suas ovelhas (a lã e a gordura = o conforto e dízimo, salário), mas não as apascentam como deveriam.

***

“Veio a mim a palavra do Senhor, dizendo: Filho do homem, profetiza contra os pastores de Israel; profetiza, e dize aos pastores: Assim diz o Senhor Deus: Ai dos pastores de Israel que se apascentam a si mesmos! Não devem os pastores apascentar as ovelhas? Comeis a gordura, e vos vestis da lã; matais o cevado; mas não apascentais as ovelhas. A fraca não fortalecestes, a doente não curastes, a quebrada não ligastes, a desgarrada não tornastes a trazer, e a perdida não buscastes; mas dominais sobre elas com rigor e dureza. Assim se espalharam, por não haver pastor; e tornaram-se pasto a todas as feras do campo, porquanto se espalharam. As minhas ovelhas andaram desgarradas por todos os montes, e por todo alto outeiro; sim, as minhas ovelhas andaram espalhadas por toda a face da terra, sem haver quem as procurasse, ou as buscasse” (Ezequiel 34:1-6).

**********************************************

Por favor, leia e se inteire sobre as “teses” dos “martinhos luteros” de hoje, principalmente sobre o ROUBO DOS DÍZIMOS que os falsos pastores, das falsas igrejas evangélicas do Brasil, praticam contra os membros de suas igrejas, usando artifícios de lavagem cerebral, enganando e oprimindo os fiéis com doutrinas do medo, e outros meios desonestos de tirar dinheiro do povo ingênuo.

1) Teólogo publica monografia contestando doutrina do dízimo.
http://noticias.gospelmais.com.br/teologo-monografia-contestando-doutrina-dizimo-38123.html

2) Monografia de bacharelado em teologia sobre o DÍZIMO – João Bosco Costa Vieira.
http://pt.scribd.com/doc/96753612/DIZIMO-Joao-Bosco-Costa-Vieira

3) A Verdade Sobre o Dízimo.
http://solascriptura-tt.org/VidaDosCrentes/ComRiquezas/VerdadeSobreDizimo-RWGarganta.htm

3) Estudo As 10 Mentiras Sobre o Dízimo. http://ateuignorante.blogspot.com.br/2013/05/as-10-maiores-mentiras-sobre-o-dizimo.html

4) Dízimo a mentira contada há 2.000 anos. http://integras.blogspot.com.br/2009/05/dizimo-mentira-contada-ha-2000-anos.html

5) Comentário sobre a não validade do dízimo na Nova Aliança.
http://oraculum.blog.br/blogoraculum/index.php/opinioes/dizimo/

6) Igrejas arrecadam R$ 39,1 milhões por dia em dízimos e ofertas, revela Receita Federal.
http://noticias.gospelmais.com.br/receita-federal-igrejas-39-milhoes-dia-dizimos-ofertas-62742.html

***************************

Todo o dinheiro que essas igrejas e pastores ladrões arrecadam anualmente com dízimos e ofertas, daria para resolver a situação triste de milhões de pessoas que vivem na pobreza e na mais pura miséria neste planeta.

Quase todas as igrejas evangélicas e pentecostais ensinam o contrário do que Jesus mandou ensinar. Mas por causa de ambição, amor ao dinheiro e desejo de poder e riquezas neste mundo, eles não param de praticar o erro.

******************
Miquels7

24/11/2013 Posted by | CASOS POLEMICOS, CRISTIANISMO EM CRISE, DOUTRINAS E DOGMAS, ESTUDOS BÍBLICOS, MOBILIZAÇÃO | , , , , | 7 Comentários

Missionário americano que hospedou Julio Severo em sua residência quebra o silêncio e conta como foi a sua convivência com o blogueiro fundamentalista

Da RedaçãoCom Thiago Lima Barros

O personagem

http://juliosevero.blogspot.com.br/

Conhecido por sua militância agressiva e pertinaz, que versa sobre temas como educação em casa e guerra sem quartel a militantes de esquerda, aborto e homossexualismo, o blogueiro Julio Severo sempre fez questão de criar em torno de si, não se sabe por qual razão, uma aura de mistério: pouco se conhece sobre a sua história pessoal (ao contrário do que ocorre com muitos de seus apoiadores e ex-apoiadores, que têm uma vida pública ativa e fazem questão de aparecer em público para defender seus pontos de vista), e as poucas tentativas de revelar fatos de sua vida ao público evangélico, ao qual ele direciona sua pregação política, esbarraram em fontes jornalísticas pouco confiáveis. 

Acredita-se que o quadro acima descrito se deva, pelo menos em parte, ao medo que uma parte da liderança evangélica tupiniquim devota ao “profeta da internet”, receosos do desgaste que um debate público com o renitente ativista possa causar em suas imagens públicas. Prova disso foram as diatribes lançadas por Severo contra diversos antigos apoiantes seus, como os clérigos-blogueiros Augustus Nicodemus Lopes, Solano Portela e Ciro Zibordi, bem como o ministro evangélico paraibano Euder Faber Guedes Ferreira, presidente da Visão Nacional para a Consciência Cristã (VINACC), que incluiu o ativista entre os palestrantes do Encontro para a Consciência Cristã, organizado por sua entidade. Todos eles, ante as verrinas que lhes foram direcionadas por Severo, preferiram o silêncio. Antes o apoiaram publicamente, quando mordidos pelo cão a quem deram guarida sofreram quietos. 

No entanto, três personagens resolveram enfrentar a fera e falar sobre o assunto. Nesta matéria trazemos a público as informações colhidas com a primeira destas fontes: um missionário norte-americano que resolveu nos falar sobre o nosso personagem obscuro. E com propriedade: ele simplesmente hospedou Julio Severo em sua casa por três meses, a partir de setembro de 2006. Estamos falando de Bill Hamilton, pastor ligado à Presbyterian Evangelistic Fellowship, que, apesar de compartilhar vários pontos de vista com o blogueiro, é frontalmente contrário a alguns dos métodos pouco cristãos que Severo adota para defendê-los. 

Californiano de Del Mar, 57 anos de idade e 22 de missões no Brasil, casado com a também missionária surinamesa Aïda, Hamilton coordena o Movimento 8-32, que se dedica à evangelização de universitários, principalmente nos campi da Universidade Federal Fluminense (UFF) em Niterói, onde reside com a esposa e duas filhas. Ele concedeu a entrevista abaixo por telefone, de sua residência, no último dia 15 de junho: 

Como se deu a sua aproximação com Julio Severo? 

Na realidade, a vinda de Julio Severo e sua família ao Rio se deu por minha culpa! Começamos a “conhecê-lo” através do seu blog durante o primeiro semestre de 2006. Entramos em contato com Severo através do seu e-mail no blog e, quando perguntamos sobre suas necessidades, ele alegou que estava sendo perseguido em sua cidade, no sul de Minas Gerais, por se recusar a vacinar os seus filhos, que à época eram muito pequenos (uma menina de 3 anos de idade e um bebê de 1 mês), com a desculpa de que a vacina, por ser distribuída pelo governo, era perigosa para as crianças. Porém, numa conversa posterior com o ex-cunhado dele (no caso, ex-marido de sua irmã), que morava do lado de sua casa e segurava a barra dele e da sua família no campo financeiro, descobrimos que ele exagerava a situação, por não haver perseguição acontecendo, de verdade. Porém, como essa conversa aconteceu depois da mudança de Severo e família para nossa casa, nós acreditamos, pelo menos inicialmente, na versão de que a perseguição era real e de que ele corria o risco de ver seus filhos tirados do lar por não vaciná-los. 

Por quais os motivos o senhor acredita que ele lhe contatou? 

Para ser sincero, o primeiro contato veio da gente, como eu falei antes. Mas como eu sou norte-americano, acredito que tenha sido por isso que ele aceitou o nosso convite. Ele planejava se refugiar nos EUA a qualquer custo, devido à afinidade dos EUA (naquela época, pelo menos) com a filosofia do home schooling (a educação dos filhos no lar pelos pais e/ou professores capacitados), que ele e a esposa defendiam. À época, me parece que o amigo virtual dele, Olavo de Carvalho, estava vendo se conseguia para ele matrícula em alguma high school, pois Severo não concluiu o ensino médio, como desculpa para entrar no país. Porém, o passo seguinte seria ele pedir asilo ao governo do meu país, por meio dos militantes do home schooling de lá. Quando ele estava defendendo o uso dessa mentira para conseguir asilo nos EUA, eu o admoestei, dizendo que a mentira não era a atitude de um verdadeiro cristão, e que Deus não ia honrar a postura dele dessa forma. Ele tentou se justificar respaldando sua prática em alguns personagens do Antigo Testamento, ao que eu imediatamente tentei esclarecer, lembrando que a Bíblia não “prescrevia” o uso da mentira nesses casos, mas simplesmente o “descrevia”. Severo, porém, não admitiu que a mentira, nesse caso, seria pecado. A partir daí, e com base em outras conversas que tive com ele, eu e a minha esposa começamos a questionar a sua conversão. 

Quais foram os outros diálogos que lhe levaram a essa percepção?

Lembro-me de pelo menos dois. Quando ele estava defendendo o uso da mentira para poder entrar nos EUA, perguntei como se deu a conversão dele, e a resposta que ele me deu foi a de uma experiência bem mística, de “receber o Espírito Santo” como uma sensação de estar debaixo de uma cachoeira, mas nada a ver com o padrão bíblico de conversão. À medida que a conversa foi avançando, pude notar que, de modo geral, ele concorda intelectualmente, racionalmente, com as doutrinas protestantes, mas não percebi nele uma conversão calcada em arrependimento e fé, resultado da obra do Espírito Santo na regeneração. Lembro-me também que, algum tempo depois, foi noticiada a morte do general Augusto Pinochet, ex-ditador do Chile. Ele falou: “Que pena, não é? Morreu um homem que ajudou a combater o comunismo”. Retruquei, dizendo: “Mas ele matou muita gente no Chile que, concordando ou não com a sua cosmovisão política, tinha o direito de se defender no contexto do sistema judicial chileno”. A réplica foi: “Comunista merece morrer mesmo”! Encerrei a conversa dizendo: “Julio, esses comunistas eram seres humanos, cidadãos chilenos, que mereciam o mesmo tratamento que você e eu gostaríamos de receber se fossemos presos como cristãos e/ou como cidadãos alinhados com ideais políticos da direita, não é”? 

Como foi a sua convivência cotidiana com Severo? 

A gente os acolheu em casa por três meses, mas a situação se tornou insuportável. Os filhos dele ainda eram muito pequenos e demandavam um cuidado especial, e, além disso, eu e Aïda tínhamos que dar atenção às nossas filhas. Enquanto isso, eles foram ficando, sem perspectiva alguma de sair. Além do mais, a maneira preconceituosa, desamorosa e pouco cristã com que ele tratava de muitos assuntos nos incomodava e constrangia o tempo todo. Alegando perseguição, ele e a esposa tapavam todas as janelas com lençóis. Eles não queriam que, ou algum vizinho nosso descobrisse que eles eram seus “vizinhos”, ou então queriam esconder o que ele, Severo, ia fazendo na internet. Realmente não sei, mas juntando estas coisas com as nossas limitações financeiras, a falta de um prazo para sair da nossa casa e a nossa necessidade de deixar a casa por seis semanas para participar de um projeto missionário, decidimos pedir que eles arrumassem outra moradia com bastante antecedência. 

Durante esse período, Severo sofreu alguma perseguição? 

Aqui no Rio, nenhuma. Atribuímos isso ao fato deles estarem em outro estado sem ninguém da sua cidade saber exatamente onde estavam. 

Como se deu a saída dele da moradia do senhor? 

A psicóloga evangélica Rozângela Justino, que foi censurada pelos Conselhos Regional e Federal de Psicologia por ajudar homossexuais a sair do estilo de vida homossexual, conhecia o Julio pelo fato de os dois terem participado de algum congresso anterior. Sabendo disso, e sabendo que ela concordava com muitas colocações de Severo, pedimos a ajuda dela para achar outro lugar para essa família, pois a situação estava ficando insuportável, já que eles não procuravam outro local para se estabelecer e nós não queríamos deixá-los em nossa casa durante nossa viagem missionária. Rozângela se encontrou uma vez com eles na minha casa. Depois, eu sei que ela se encontrou com eles mais uma vez, levando consigo uma médica amiga, que tentou esclarecer que as vacinas não ofereciam perigo para a saúde das crianças. 

Ela conseguiu um novo lar para eles? 

Sim, ela conseguiu para eles uma casa num sítio no bairro de Marambaia, em Itaboraí. O sitio era de propriedade do falecido pastor Geremias Fontes, ex-governador do Estado do Rio, mas à época ainda vivo e liderando a Igreja Batista do Calvário, aqui no bairro do Fonseca, em Niterói. Nesse sítio, inclusive, funciona um espaço para a recuperação de dependentes químicos, a Comunidade S8. Na véspera da saída de nossa casa, Severo estava todo sorridente, pois, segundo dizia, Olavo de Carvalho estava conseguindo tudo o que ele queria. Diante disso, fiz questão de entrar em contato com o Consulado dos EUA aqui no Rio, alertando-os para que ficassem atentos na hora de conceder vistos a ele e à família. Não sei que medidas os funcionários de lá tomaram. 

E o senhor manteve contato com Severo depois disso? 

Perdemos contato com eles depois. Soube apenas que Severo caiu nas graças do Pastor Geremias e da família dele, e ficou hospedado no tal sítio em São Gonçalo por algum tempo, mas eles, alegadamente, conseguiram fugir do Brasil para outro país. Contudo, conhecendo a cabeça do Julio depois de tudo isso, acredito que ele, muito provavelmente, mentiu sobre essa saída para enganar e despistar os ativistas gays, que queriam (e ainda querem) confrontá-lo por suas declarações, e que talvez ele continue escondido aqui no Brasil, mesmo. 

Que conclusões o senhor tira desse episódio? 

O mais irônico é que eu concordo, basicamente, com as posições do Julio, principalmente quanto à tentativa de imposição de uma “agenda” homossexual ao restante da sociedade, e acho que é nosso dever, enquanto cristãos, barrar essa pretensão. No entanto, Deus quer alcançar os homossexuais, quer que eles sejam libertos do pecado e resgatados para a salvação. Diria a mesma coisa em relação aos comunistas. Devido aos preconceitos do Severo, eu cheguei à conclusão de que as postagens de autoria própria são suspeitas por omitir alguns fatos para “vender seu peixe”. Aqueles que ele traduz de algumas fontes conservadoras e/ou evangélicas norte-americanas, porém, seriam dignas de confiança, pois eu nunca tive razão para duvidar dessas fontes, estando familiarizado com elas há muito tempo. Severo, porém, não tem mais credibilidade como “jornalista”, a meu ver. Além de não ter formação nessa área, seus preconceitos geram bastante dúvida da minha parte a respeito da sua “objetividade”. E, devido à vontade dele de utilizar a mentira para, em alguns casos, conseguir o que ele acha necessário (exemplo: fuga para os EUA), eu questiono sua conversão. Normalmente o cristão de verdade, quando escolhe pecar, recua e se arrepende quando confrontado com seu pecado. No entanto, eu percebi uma resistência contra a minha repreensão, sem falar de uma determinação de continuar com o “Plano A”: mentir! Foi uma experiência desagradável ter Julio Severo em casa, mas eu não jogo a culpa na família inteira. Para mim, a esposa e os dois filhos eram mais “vítimas” nesta história toda do que cúmplices. Meu conselho para os leitores do blog de Julio Severo é não engolir tudo que ele escreve. Fora de uma intervenção divina, é possível que ele vá ser um daqueles falsos crentes que ouvirão da boca de Jesus: “nunca vos conheci”.

 

Genizah Comenta

Finalmente, o espesso véu de silêncio que pairava sobre o pretenso “professor de Deus” vai se dissipando. Genizah tem sido alvo das fatwas do aiatolá Severo desde cometeu a suprema ousadia de censurá-lo por suas, repetimos, ridículas declarações sobre o terremoto no Haiti em 2010, nas quais, a pretexto de censurar o povo sofrido daquele país pelas práticas perniciosas do vodu, despejou todo o seu arsenal de ódio pagão, indo do racismo à teologia da maldição hereditária. Não surpreende, pois a mesma mente adoecida já havia mostrado seu lado antissemita ao criticar os desvios de Marx e de Freud pelo simples fato de eles serem judeus. Desde então, basta que nós soltemos um flato por aqui para que ele exercite sua verve demoníaca, dando o toque de rebate às hostes dos esgotos gospel para o ataque. Como se isso nos incomodasse! Principalmente após a sessão de pancadaria promovida no artigo “Robinson Cavalcanti, o pecado veio cobrar a sua conta”, onde Severo irrompeu em desaforos contra vários (então) apoiadores seus, que haviam saído em desagravo ao pastor Renato Vargens, por ele achincalhado. Desde então, rareiam, e muito, os blogueiros conservadores dotados de estômago de avestruz para associar seus nomes aos do autointitulado “Profeta da Internet”. 

A coerência bíblica do entrevistado avulta ainda mais quando se percebe que o mesmo comunga da linha de pensamento de Severo, com uma exceção, que faz toda a diferença: abomina o pragmatismo diabólico de seu ex-hóspede, lembrando que a vivência cristã deve ser integral, e que os fins não justificam meios pecaminosos. Afinal de contas, Satanás não deixou de ser o pai da mentira!

Esquizofrênico paranoide a serviço da direita e do obscurantismo religioso

O severo perfil que emerge da entrevista é o de uma personalidade patológica, verdadeiro quadro de esquizofrenia paranoide, que chega ao cúmulo de negligenciar a saúde dos próprios filhos em nome de uma ideologia obtusa, incidindo em algumas figuras tipificadas pelo Código Penal. Dizemos ideologia, e não teologia, porque fica demonstrado, também, que nenhuma das motivações que o impulsiona nessa luta contra tudo e todos, até mesmo contra aqueles que, algum dia, estenderam-lhe a mão, tem a ver com as Escrituras Sagradas, mas sim com a defesa do ideário de uma facção política minoritária, violenta, autoritária, elitista e antidemocrática, que defende todo tipo de perversão social e se esconde debaixo da capa da defesa da vida e da família. E caminham assim, enganando e sendo enganados, a pensar que ninguém vai perceber a antinomia entre sua teoria e prática. Sim, pois como é possível compreender que tais pessoas se lancem à defesa de causas nobres, ao mesmo tempo em que colaboram contra essas mesmas causas, fechando os olhos para a miséria e a desigualdade, que desestruturam famílias inteiras, atentando contra a dignidade humana, e que ainda grassam em nosso país e no mundo? 

“Mas defender igualdade e distribuição de renda é comunismo”, dirão eles, repetindo o velho chavão mofado da Guerra Fria. Por esse critério, um homem piedoso como William Booth, fundador do Exército da Salvação, seria um baderneiro marxista, pronto a comandar uma revolução sangrenta e instaurar uma ditadura do proletariado. Fala sério! A única plataforma política “subversiva” de Booth era fazer da sopa e do sabão, que distribuía, nas periferias de Londres, aos excluídos da festança da Revolução Industrial, a ponta de lança para alcançar aqueles corações para Cristo. O exemplo de Booth é apenas um entre tantos de líderes cristãos que não se restringiram aos púlpitos, mas que puseram a mão na massa para salgar e iluminar o mundo jacente no Maligno. Isso é seguir Marx ou Jesus?

Ameaça ao Estado Democrático de Direito

Na verdade, os argumentos matreiros usados por Severo e sua trupe mambembe coincidem com aqueles utilizados atualmente por lideranças evangélicas com assento no Congresso Nacional, consistente na tomada de assalto do aparato estatal para a imposição dos valores do Reino (do Reino?) à população não-evangélica como um todo. Exatamente o que eles acusam os “comunistas” de querer fazer. Esse garrancho da herética Teologia do Domínio, que também pode ser comparado à postura muçulmana de estímulo à conversão forçada, de preferência inspirada pelas ameaças de morte em caso de não-conversão, representa um risco concreto ao Estado Democrático de Direito, na medida em que tende a uma dominação policialesca e violenta da coletividade por meio da religião. E é também um perigo real para a Igreja, por dois motivos: a) a sociedade rejeita essa forma de condução dos assuntos sagrados, como mostram os recentes protestos Brasil afora, e pode desencadear uma perseguição sem precedentes contra todas as denominações; b) agregando-se às estruturas de poder, a Igreja perderá sua isenção profética em face do Estado, e não terá mais envergadura moral para censurar o Poder Público por seus desvios, tendendo a se confundir com ele. Não foi isso o que aconteceu com a Igreja Católica? Para escaparmos de fim parecido, urge jogarmos na lata do lixo esse pensamento dominionista e exercermos o papel que nos incumbe, à luz da Palavra, a saber, o de consciência crítica da Nação, apontando erros e propondo soluções, ao invés de impô-las.

A verdadeira ideologia política do Genizah – a Democracia

Diante de tudo isso, é importante frisar que, ao contrário do que propalam nossos ofensores, Genizah não tem ideologia predefinida. Prova disso é a convivência de pessoas de vários matizes ideológicos e teológicos em nossas fileiras. Na verdade, nos propomos a ser um espaço democrático e plural, verdadeira caixa de ressonância das mais díspares e diversas opiniões que existem no meio cristão, à esquerda, à direita e ao centro, exaltando as melhores práticas da Igreja Primitiva, que incluíam decisões tomadas através do voto livre e desembaraçado de seus membros e líderes, e que normalmente eram adotadas por consenso, em virtude da presença soberana do Espírito Santo naqueles corações. 

A propósito, Deus se encarregou de mostrar, através da História da qual Ele é Senhor, que o melhor regime político para a pregação do seu Evangelho é o Estado Democrático de Direito e laico, o qual, apesar dos seus defeitos, guarda um punhado de virtudes que devemos levar em consideração: 1ª) ao não adotar uma religião oficial, evita que sejamos vistos como perseguidores, ao mesmo tempo em que facilita nossa proteção contra perseguições; 2ª) permite uma participação política plena, oferecendo prevenção contra o “voto de cajado” imposto pelas lideranças clientelistas; 3ª) possibilita uma ação política verdadeiramente cristã, calcada no testemunho e no exemplo, que, ao invés de por a sociedade debaixo do chicote do exator, mostra a essa mesma sociedade o Caminho a ser seguido, através de propostas que refletem a essência do pensamento de Jesus e da Nova Aliança que Ele instituiu. Afinal, a Antiga Aliança foi abolida, e a teocracia também o foi, junto com ela. 

Estas são as nossas posições. A nossa causa política está acima de qualquer ideologia em particular: é a causa da democracia e da liberdade em Cristo Jesus, contra a implantação de um Irã evangélico e a favor de uma consciência cidadã para o povo de Deus, contra o pecado individual ou institucionalizado, mas a favor da demonstração diária da Sã Doutrina através de um testemunho inteiramente fiel. E o serviço ao próximo!

A falsa fuga de Julio Severo do Brasil

Após o fechamento desta entrevista, recebemos a informação de que um pastor ligado ao movimento apostólico travou contato com Julio Severo durante um evento, novamente na cidade de Niterói, no ano de 2010. Ou seja, um ano depois de sua pretensa “fuga do Brasil”. O mesmo ministro relatou à Redação que teve uma áspera discussão com Severo, e que este, à época, estava abrigado na casa de outro ativista “pró-família” daquele município fluminense.

Inicialmente, Severo tentou se refugiar nos Estados Unidos alegando sofrer perseguição por não vacinar suas crianças, depois por ser perseguido pelo estado por defender home schooling e, contrariando a lei brasileira, não matricular os seus filhos na escola. Mais recentemente, informou que teve de se exilar diante das ameaças sofridas por ativistas gays.  Quando termina a doença mental e começa o golpe? 

Durante os últimos sete anos, este senhor mentiu para a igreja, a fim de amealhar doações para a sua causa obscura, refastelando-se com os recursos  de pessoas bem-intencionadas. Sempre a pretexto de suposta defesa de uma causa urgente originada em uma mente esquizofrênica paranoica insuflando uma falsa perseguição e um exílio “falso”.

A investigação seguirá

Genizah é bombardeado semanalmente por Julio Severo desde 2010. Jamais respondemos, refutamos ou até mesmo acusamos qualquer destes ataques aqui neste site. Não era nosso desejo emprestar visibilidade a este senhor. A nossa paciência se esgotou. 

Isto significa que, cumprindo com nosso dever de informar, e levando em consideração a máxima de Louis Brandeis (1856-1941), Juiz da Suprema Corte Americana, para quem “o sol é o melhor desinfetante que existe”, teremos mais matérias sobre Severo e seus métodos, a fim de que nossos leitores possam formar um juízo mais abalizado sobre a vida desse pretenso “profeta virtual”.

A meta é arrancar a máscara de Severo. Revelar o seu nome verdadeiro e o covil onde este lobo se refugia.  E, principalmente, denunciar as organizações de ultra-direita que financiam a sua guerra de ódio em nome da religião.

Severo esteve escondido de suas alucinações nas cercanias de Niterói por mais de seis anos, enquanto dizia a seus doadores e leitores estar exilado no exterior. Estaria agora Severo, de fato, fora do país, depois de anos mentindo sobre a sua falsa fuga? Como e com quem vive, de fato, o INRI cristo da internet?

E agora, já mais crescidos, continuariam os filhos de Severo condenados pelo obscurantismo dos pais a viver uma vida escondida, sem direito a ir a escola ou ter acesso a informação? Impedidos de conviver com outras crianças, brincar, fazer amizades ou ter brinquedos? E, pior, impedidos de contar com as possibilidades da medicina moderna? 

Aguardem.

————————————–
FONTE: Genizah Virtual

08/08/2013 Posted by | CRISTIANISMO EM CRISE, FANATISMO RELIGIOSO, PERSONALIDADES | , , | Deixe um comentário

Uma Mensagem Bem Bolada do Rubens, Mas a Experteza Dele é Outra

O Rubens Sodré está fazendo história na Internet.

O vídeo que posto aqui é uma mensagem muito interessante que ele passa para os internautas. Mas também é uma isca que ele joga para o público incauto. 

Ele já teve boas intenções no início de suas atividades aqui na Internet. Comecei a ver seus vídeos a partir de meados de 2009.

Anos atrás ele não vendia explicitamente os DVDs de vídeos e mensagens que ele produzia. Tinha até uma solicitação onde ele pedia que as pessoas copiassem os seus vídeos e repassassem para que outras pessoas pudessem saber da Verdade Oculta.

Veja no site “Nova Era – Prepare-se” os vídeos do Rubens sendo oferecidos para download e incentivando as pessoas a copiar e oferecer gratuitamente para outras pessoas.
http://www.umanovaera.com/Instrucoes_Prepare_se.html

E o que o Rubens tem a ver com Nova Era??? Estranho isso, não?!

“O Website Uma Nova Era está disponibilizando para download, GRATUITAMENTE e por tempo indeterminado, os 12 DVD’s da série PREPARE-SE, produzido pelo amigo Rubens Sodré – www.verdadeoculta.com.br, que gentilmente e expressamente autoriza e incentiva a divulgação, cópia e/ou até mesmo a venda dos seus DVD’s sem o pagamento dos chamados “direitos autorais”, tratando-se portanto de uma produção de Domínio Público”.

Agora ele está barganhando com a venda explícita dos seus DVDs.

Confira no site Verdade Oculta (criado em 2012):
http://www.verdadeoculta.com.br/ 

Imagina se desse certo esse negócio!!! O Rubens iria produzir os vídeos em outros idiomas e iria expandir a venda até no exterior!

Outros blogs-espelhos do Rubens:
http://prepareseverdadeoculta.blogspot.com.br/

Verdade Oculta ao Vivo:
http://averdade-vos-libertara.blogspot.com.br/p/verdade-oculta-ao-vivo.html

Canal Oficial no Youtube:
http://www.youtube.com/user/verdadeoculta2

Site Oficial do Verdade Oculta – Prepare-se:
http://www.verdadeoculta.com.br/world/

Tem um blog Verdade Oculta, mas não sei se é do Rubens. Uma pessoa que se diz não ser o Rubens o administra. http://www.verdadeocultadownload.com/2011/07/esclarecimentos-sobre-este-blog-e-sobre.html

Apesar de certas barbaridades sobre a Bíblia que ele fala em vídeos, mas tem umas verdades que ele tem coragem de dizer. Veja o vídeo:


http://www.youtube.com/watch?v=kAw1dXRx3h4

Quer saber mais sobre o Rubens Sodré?

Leia mais informações sobre ele e veja mais vídeos que talvez ele mesmo tenha colocado no site Desciclopédia:
http://desciclopedia.org/wiki/Irm%C3%A3o_Rubens

O Rubens tentou criar uma página na Wikipédia, mas como lá o negócio é mais sério, sua pagina foi banida.
http://pt.wikipedia.org/wiki/Irm%C3%A3o_Rubens

Veja neste site as BESTEIRAS OCULTAS que o autor resume comentando os vídeos do Rubens.

As Desventuras de Rubens Sodré (A Verdade Explícita)
http://rodrigojeferson.blogspot.com.br/2011/05/as-desventuras-de-rubens-sodre-verdade.html

Veja um resumo sobre quem é Rubens Sodré:

No site:
http://rodrigojeferson.blogspot.com.br/2011/02/verdade-oculta.html

No youtube:

http://www.youtube.com/watch?v=TMYQk7jSTOw&feature=player_embedded

****************
Miquels – 2013

14/04/2013 Posted by | CRISTIANISMO EM CRISE, MENSAGEM SUBLIMINAR | , , | Deixe um comentário

APESAR DA BESTA PREVALECER, MAS SERÁ TRISTE O SEU FIM E O FIM DA GRANDE BABILÔNIA

***********************************************************
Vivemos tempos difíceis, de disputas políticas e religiosas, depravação moral, corrupção na política, apostasia dos falsos cristãos, capitalismo selvagem e roubalheira dos bancos, violências e diversos problemas sociais. Estamos no tempo do fim.

Lembrei-me da história de Jonas e da cidade de Nínive, onde Jonas foi convocado para pregar o arrependimento daquele povo depravado.

Nínive é um exemplo ou um tipo que soa como Jericó, Babilônia ou Planeta Terra, e todos os seus sistemas.

O povo de Nínive parece que se arrependeu. Mas agora a história é diferente. Os humanos não se arrependerão dos seus pecados.

“E os homens foram abrasados com grande calor; e blasfemaram o nome de Deus, que tem poder sobre estas pragas; e não se arrependeram para lhe darem glória” (Apoc. 16:9).

Aí está a ONU, os direitos humanos, o humanismo, a Besta Fera, EUA, que controla os países pobres e não deixa os países comunistas progredirem, através do embargo econômico; aí está a falsa paz que a Besta traz (mas, está armada até os dentes com armas nucleares); aí está a solução para a convivência dos terráqueos: a Democracia; aí está a solução para os problemas econômicos do mundo: o Capitalismo. É o Cordeiro com voz de Dragão que propaga tudo isso, e que parece ser uma nação cristã, mas é o trono de Satanás, cujos fundamentos foram lançados pela Maçonaria.

Não adianta os cristãos e evangélicos espernearem, porque o próprio Jesus advertiu que seus seguidores seriam perseguidos e mortos. E os evangélicos de hoje acham que escaparão desta perseguição no final dos tempos!

E o próprio Apocalipse afirma que o governo da Besta prevalecerá contra os religiosos, principalmente contra os cristãos e muçulmanos.

A Marca da Besta é o Dinheiro, onde vem a cara ou marca do governante ou governo; e hoje em dia, todos são dependentes do dinheiro.

Nas primeiras moedas do Império Romano vinha impressa a imagem do Imperador, e essa era a marca da Besta, onde todos tinham que carregar para poder comprar ou vender, e até hoje as pessoas carregam na mão e nos bolsos essa marca da Besta. Infelizmente, fomos obrigados pelo sistema da Besta a usar o dinheiro; porém, não devemos amá-lo, e nem barganhar dinheiro com o sofrimento do povo, como fazem os lideres religiosos, pastores e bispos das grandes igrejas.

O Evangelho atualmente não é pregado por amor ou por missão dada por Deus, mas é pregado por amor ao dinheiro, visando obter lucros às custas do evangelho. Que o digam os cantores evangélicos pops, que vivem a custa do evangelho, vendendo CDs DVDs e shows, e dando palestras, e outros vendendo bíblias personalizadas, coisa que nunca jamais Jesus teria imaginado.

A Besta odiará a Prostituta e a deixará nua e desolada. Está escrito.

Apesar do governo da Besta prevalecer contra os religiosos, estabelecendo o puro humanismo e direitos humanos na Terra, mas a Besta e tudo que nela há (Grande Babilônia, Prostituta) será derrubada até o chão e será queimada. É só aguardar, pois o seu triste fim virá.

“Também lhe foi permitido [à BESTA] fazer guerra aos santos, e vencê-los; e deu-se-lhe autoridade [ONU/EUA] sobre toda tribo, e povo, e língua e nação. E adorá-la-ão todos os que habitam sobre a terra, esses cujos nomes não estão escritos no livro do Cordeiro que foi morto” (Apoc. 13:7-8).

“E os dez chifres que viste, e a besta, estes odiarão a prostituta e a tornarão desolada e nua, e comerão as suas carnes, e a queimarão no fogo. Porque Deus lhes pôs nos corações o executarem o intento dele, chegarem a um acordo, e entregarem à besta o seu reino, até que se cumpram as palavras de Deus. E a mulher que viste é a grande cidade que reina sobre os reis da terra” (Apoc. 17:16-18).

“E [o anjo] clamou com voz forte, dizendo: Caiu, caiu a grande Babilônia [Planeta Terra e seus Sistemas], e se tornou morada de demônios, e guarida de todo espírito imundo (…) Ouvi outra voz do céu dizer: Sai dela, povo meu, para que não sejas participante dos seus pecados, e para que não incorras nas suas pragas. Porque os seus pecados se acumularam até o céu, e Deus se lembrou das iniquidades dela” (Apoc. 18:2,4-5).

“E nela se achou o sangue dos profetas, e dos santos, e de todos os que foram mortos na Terra” (Apoc. 18:24).

*************************
Falou e disse Miquels7

*************************

NINGUÉM, AGORA, NÃO DÁ NADA PELAS COISAS QUE ESCREVO, MAS O FIM TAMBÉM SERÁ TRISTE PARA MUITOS.

25/03/2013 Posted by | CRISTIANISMO EM CRISE, ESCATOLOGIA BÍBLICA, IGREJA E POLÍTICA, MENSAGENS ESPECIAIS | , , , , | 3 Comentários

Estelionato Evangélico – Como Tem Crente Trouxa!!!

O vídeo mostra o deputado federal Marco Feliciano (PSC-SP), que também é pastor evangélico, pedindo dinheiro para os fiéis de sua igreja, a Catedral do Aviamento da Assembleia de Deus (ou para os Gideões).

O pastor também repreende um fiel que doou o cartão sem a senha para sacar o dinheiro.

“É a última vez que eu falo. Samuel de Souza doou o cartão, mas não doou a senha. Aí não vale. Depois vai pedir o milagre para Deus e Deus não vai dar. E vai falar que Deus é ruim”, diz durante a celebração na igreja.

http://www.youtube.com/watch?v=TFFj1a_VsHI

*********

Como tem crente besta neste mundo!!!

Mas, na verdade, esses falsos pastores pagarão caro, por enganar os fiéis.

O povo padece por falta de conhecimento. Isso acontece porque um dos animais mais besta que existe é a OVELHA, que basta o pastor tocá-la com o “cajado” ela abaixa a cabeça e obedece. Já que os crentes, cristãos, se comparam a “ovelhas”, bem empregado!!!

Não quero dizer que o crente deva ser comparado a um “bode”, mas deviam se comparar a um outro animal ou a nenhum animal.

09/03/2013 Posted by | CRISTIANISMO EM CRISE, FANATISMO RELIGIOSO | , | 2 Comentários

Resposta de Renato Vargens ao “apóstolo” Terra Nova Sobre Prosperidade

Por Renato Vargens
Prezado Terra Nova,
 
Acabei de assistir um vídeo (veja baixo) onde o senhor ensinou que a prosperidade se dá exclusivamente pelo fato do individuo ser generoso financeiramente. Além disso, o senhor também afirmou que quanto mais os líderes e pastores forem prósperos, mais prósperos se tornarão os membros da igreja. O senhor disse também que se o líder espiritual for abençoado em suas finanças, toda a igreja será, e para justificar suas premissas o senhor usou o exemplo de Israel.
 
Caro Renê, lamento lhe informar, mais suas doutrinas estão absolutamente equivocadas. Em primeiro lugar é preciso que você entenda que do ponto de vista bíblico a prosperidade não se dá mediante o toma-lá-dá-cá pregado pelo senhor. Deus não se submete a trocas mesquinhas como as propostas pela teologia da prosperidade. Na verdade, as Escrituras nos ensinam que a prosperidade é fruto do trabalho. O reformador francês João Calvino acreditava que o homem possuía a responsabilidade de cumprir a sua vocação através do trabalho. Na visão de Calvino, não existe lugar para ociosidade em nossas agendas. E ao afirmar isto, o reformador francês, não estava a nos dizer de que homem deva ser um ativista, ou até mesmo um tipo de worhaholic. Na verdade, Calvino acreditava que a prosperidade era possível desde que fosse consequência direta do trabalho.
 
Prezado Renê, pelo que percebo o senhor advoga a causa de que a prosperidade e as riquezas são caracteristicas inquestionáveis àqueles que seguem a Cristo. Pois é, talvez para o Senhor o fato do cristão não experimentar prosperidade em sua vida aponta de forma exclusiva para a ausência da bênção de Deus. 
 
Pois é, fico a pensar como seria se Pedro, Paulo e Tiago e os demais apóstolos vivessem entre os apóstolos do século XXI. Possivelmente seriam estigmatizados, desqualificados e repudiados por sua incapacidade em realizar ou decretar atos sobrenaturais de fé, como também confrontados pelos profetas da confissão positiva pelo fato de terem fracassado financeiramente.
 
Renê,  por favor, pare, pense e responda: Por acaso eram os apóstolos ricos? Possuíam eles as riquezas deste mundo? Advogaram o ensino de que todo discipulo de Cristo deve ser rico? Ora, se fosse realmente verdade o que ouvimos e lemos dos bispos, apóstolos, e mercadores da fé que Deus quer que os seus filhos tenham sucesso e riquezas, então porque Ele não fez que Jesus nascesse numa família extremamente rica? Porque então Ele não escolheu doze apóstolos milionários, ou pelo menos não lhes conferiu riquezas? Não seria muito mais fácil conquistar o mundo assim?
 
Caro Terra Nova, me desculpe discordar, mas, penso muito diferente de você, acredito profundamente que se quisermos que nossas familias experimente prosperidade torna-se ncessário que invistamos em pelo menos dois aspectos:
 
1- Aumento de escolaridade.
 
Uma das principais marcas de um povo desenvolvido é educação. Infelizmente por fatores diversos, milhões de pessoas em nosso país vivem a margem da sociedade simplesmente pelo fato de terem abandoram a escola.  Tenho plena convicção que ao voltar a sala de aula o crente será abençoado por Deus dando-lhe assim  novas ferramentas que o ajudarão a experimentar a tão sonhada prosperidade.
 
2- Melhor qualificação profissional.
 
Prosperidade se dá mediante o trabalho. Invista na sua profissão. Faça cursos, participe de simpósios, leia muito e aprenda com quem sabe. Nesta perspectiva, seja o melhor sapateiro, eletricista, pedreiro, médico, dentista, advogado, professor e experimente das bênçãos do Senhor.
 
Renê, tenho plena convicção que se desejarmos construir um país decente e sério, necessitamos romper com alguns paradigmas que nos cercam. Nações bem sucedidas são aquelas que se empenham na construção de valores e conceitos como honestidade, equidade, ética e retidão.
 
Infelizmente no país do gospel e do decreto espiritual apóstolico, o trabalho nem sempre é visto com bons olhos, até porque nesta  perspectiva  neo pentecostal, o trabalho foi feito para gente miserável e desqualificada que precisa sobreviver.
 
Isto posto, afirmo que o tempo de mudarmos nossos conceitos e valores é esse, além é claro de semear  no coração do crente em Jesus , a idéia de que o trabalho é reflexo de uma grande bênção divina, a qual deve ser valorizado e dignificado.
 
Renato Vargens
********
 
http://www.youtube.com/watch?v=knFf3Njo7p0&feature=player_embedded

31/03/2012 Posted by | CRISTIANISMO EM CRISE, TEOLOGIA DA PROSPERIDADE | , | 1 Comentário

O PR. SILAS MALAFAIA “DE ONTEM” E O “DE HOJE” (VÍDEO)

**********************************************************************
SEM DÚVIDA, É DE CAUSAR REVOLTA OUVIR O QUE MALAFAIA PREGAVA ANTES E O QUE PREGA HOJE !
SERÁ QUE NESTA TERRA NÃO EXISTE UM “HOMEM DE DEUS” UNGIDO, COM VOZ MAIS FORTE, QUE SEJA MAIS FORTE QUE OS PRÍNCIPES DE SATÃ, QUE POSSA BRADAR BEM FORTE E DIZER ALGUMA PALAVRA QUE ATINJA NA ALMA E NO CORAÇÃO DESSES PASTORES E APÓSTOLOS DA PROSPERIDADE, MERCENÁRIOS, LADRÕES E SALTEADORES DO POVO DE DEUS ?

A essência do Evangelho e da doutrina dos apóstolos de Cristo jamais trata de prosperidade material. Ao contrário, combate a ganância, a busca pelas riquezas materiais e o amor ao dinheiro.

João 10:11-12 diz:

“O ladrão não vem senão para roubar, matar e destruir; eu (Jesus) vim para que tenham vida e a tenham em abundância. Eu (Jesus) sou o bom pastor; o bom pastor dá a sua vida pelas ovelhas. Mas o (falso pastor) que é mercenário, e não pastor, de quem não são as ovelhas, vendo vir o lobo, deixa as ovelhas e foge; e o lobo as arrebata e dispersa”.

Observe que SATANÁS não pode ser chamado de falso pastor, se considermos ele o oposto de Jesus. Satanás é adversário.

LADRÃO, oposto de Jesus, são esses que hoje, falsamente, se auto-intitulam PASTROES ou APÓSTOLOS.

Jesus foi bem claro em dizer que “todos os que vieram antes de mim são ladrões e salteadores”. Ora, Jesus aí não está se referindo ao Diabo, mas aos falsos pastores mercenários.

LADRÃO não é Satanás. O “LADRÃO”, que Jesus se refere, representa os falsos PASTORES, BISPOS, APÓSTOLOS, denominados de MERCENÁRIOS.

Quem veio para ROUBAR, MATAR E DESTRUIR são os falsos pastores MERCENÁRIOS.

O LOBO, sim, representa o Diabo, Satanás, que arrebata e dispersa as ovelhas.

Os pastores mercenários tiram o melhor das ovelhas: o leite e a lã, isto é, os bens materiais que elas possuem.
**********************************************************************

Tentando entender o porquê do Pr. Silas Malafaia ter feito um mega-evento, no centro da capital pernambucana, num domingo à noite (18:30), chamando os cristãos da cidade para verem – de fato, “acima de tudo” – uma miríade de cantores famosos no meio gospel… Confesso-lhes que ainda não consegui entender. O que entendo bem, contudo, é a veracidade do que está contido no vídeo abaixo, que faz uma boa apresentação da discrepância doutrinária do Pr. Silas “de ontem” do “de hoje”.
.

Olhando por este prisma, a questão proposta, acima, não fica tão difícil de responder. Confesso-lhes que fiquei envergonhado ao ver este vídeo, quando me passaram o link… porém, confesso-lhes também que senti um certo alívio, pois creio piamente que o nosso Deus não permite que fiquemos sem testemunho e cada qual deve ser responsabilizado, sim, por cada abertura que se der a mensagens e posicionamentos que claramente tipificam “àrvores dos frutos podres” ou, em outras palavras, “árvores venenosas”.
.

Peço a Deus que homens que enveredaram descaradamente por teologias que outrora combateram, tornem-se efetivamente seres com a consciência pura, limpa… por estarem conciliados com a doutrina bíblica, que não tem parte alguma com aqueles posicionamentos estritamente antibíblicos e anticristãos, como é o caso da famigerada e radicalmente antibíblica teologia da prosperidade.
.


http://www.youtube.com/watch?v=jXhqKRKBPcU&feature=player_embedded

.
Que retrocesso doutrinário tremendo, Pr. Silas!… Arrependa-se e volte à pureza doutrinária, se é que um dia o sr. esteve alinhado à mesma. O sr. prestará contas a Deus por esse engodo ridículo, esta “doutrina de demônios”, conforme diz o apóstolo Paulo a Timóteo. Esta teologia malígna cria nas pessoas, não o sentimento de servir a Deus, a despeito até de “não terem suas vidas por preciosas”, por causa do testemunho de Jesus, mas um sentimento de avareza, de egoísmo e materialismo desenfreados.
.

Vejamos o que nos diz a BÍBLIA e não um falsário como este Morus Cerullo:
.

“Se alguém ensina alguma outra doutrina, e se não conforma com as sãs palavras de nosso Senhor Jesus Cristo, e com a doutrina que é segundo a piedade, é soberbo, e nada sabe, mas delira acerca de questões e contendas de palavras, das quais nascem invejas, porfias, blasfêmias, ruins suspeitas, contendas de homens corruptos de entendimento, e privados da verdade, cuidando que a piedade seja causa de ganho; aparta-te dos tais. Mas é grande ganho a piedade com contentamento. Porque nada trouxemos para este mundo, e manifesto é que nada podemos levar dele. Tendo, porém, sustento, e com que nos cobrirmos, estejamos com isso contentes. Mas os que querem ser ricos caem em tentação, e em laço, e em muitas concupiscências loucas e nocivas, que submergem os homens na perdição e ruína. Porque o amor ao dinheiro é a raiz de toda a espécie de males; e nessa cobiça alguns se desviaram da fé, e se traspassaram a si mesmos com muitas dores”. 1 Timóteo 6:3-10

“Mortificai, pois, os vossos membros, que estão sobre a terra: a prostituição, a impureza, o afeição desordenada, a vil concupiscência, e a avareza, que é idolatria”. Colossenses 3:5.
.

*******************************
FONTE: Blog Fatos em Foco

—————————————————————————————-

Morris Cerullo, Silas Malafaia, os R$900,00 reais e a unção da prosperidade

.
http://www.youtube.com/watch?v=imXdLuP-fgE

.
********

http://www.youtube.com/watch?v=PvW738BT0nQ

Vejam que absurdo  !!! Silas Malafaia e Morris Cerullo anunciam um presente de deus. Uma unção financeira,( esse é o presente)  e para isso o fiel da igreja deveria fazer voluntariamente um depósito no valor de R$ 900,00 reais. Pastor Morris anuncia que são 900 reais porque o ano é de 2009, ou seja, numerologia !!! Logo eles que criticam a numerologia. Ele ainda garante sucesso financeiro até o dia 1 de janeiro de 2010 (5:13). Silas Malafaia já defendeu Edir Macedo e depois mudou de idéia… Aposto que ele também vai mudar de opinião sobre esse pastor Morris Cerullo-nove 9.

Benny Hinn é um viciado em ópio !! Morris Cerullo tem denuncias de estelionato na frança e Reino Unido , Mike Murdock segundo Brian “Trey” Smith pessoa que conviveu com ele por vários anos, ele queria ser como salomão , possuí inúmeras amantes bancadas com dinheiro dos fiéis !!

Eles são os fiéis companheiros de Silas Malafaia , foi ele que trouxe eles pro Brasil , o maior “mercado gospel ” do mundo !

O Império de ganancia e orgia deles aumenta a cada dia , pobre de quem os sustenta !!

(Fonte: Internet)

30/03/2012 Posted by | CRISTIANISMO EM CRISE | , | 5 Comentários

A BMW DE JESUS !!!

***************************************************************
Segundo o pessoal da Lagoinha, além de possuir um carrão, Jesus nos dias de hoje teria uma banda de música, usaria a tecnologia, bem como as mídias sociais [Blog, Twitter e Facebook] e seria um carpinteiro cheio de grana. Chegaram ao cúmulo de afirmar que Jesus era rico e que o jumentinho com que entrou em Jerusalém podia ser comparado a uma BMW nos dias de hoje.

No entanto, se o INRI CRISTO é realmente o jESUS reencarnado, o pessoal da Lagoinha está meio certo. O Inri Cristo tem blog/site, tem twitter e facebook. A única coisa que ele não tem é um jumentinho ou uma BMW moderna.

Esses crentes da prosperidade são todos um bando de loucos! Todos são ‘JOIOS’. Não são cristãos coisa nenhuma! São verdadeiros jumentos, que não pensam mais nas coisas de cima (espirituais), mas somente nas riquezas materiais deste mundo tenebroso.

Um dia ainda irão afirmar que o apóstolo Paulo era um grande empresário rico, fabricante de tendas, e que um dos navios em que naufragou era um de seus hiates.

“Alegrei-me, sobremaneira, no Senhor porque, agora, uma vez mais, renovastes a meu favor o vosso cuidado; o qual já tínheis antes, mas vos faltava oportunidade. Digo isto, não por causa da pobreza, porque aprendi a viver contente em toda e qualquer situação. Tanto sei estar humilhado como também ser honrado; de tudo e em todas as circunstâncias, já tenho experiência, tanto de fartura como de fome; assim de abundância como de escassez; tudo posso naquele que me fortalece” (Paulo, em Fil. 4:10-13).
***************************************************************


A BMW de Jesus

Muitos estão indignados com um vídeo publicado no YouTube em que uma cantora gospel (filha do líder de uma grande igreja de Belo Horizonte-MG) e seu marido fazem afirmações fúteis a respeito do Senhor Jesus e seu ministério terreno. O rapaz chega a afirmar que o jumento montado por Jesus era uma espécie de BMW da época, e que Ele só teria nascido numa estrebaria porque não havia vagas nos hotéis!


http://www.youtube.com/watch?gl=BR&v=gE2SN-UzH4M

Há uns vinte anos, mais ou menos, os pastores que priorizavam as riquezas eram duramente criticados. Hoje, líderes de grandes ministérios e seus célebres familiares — o nepotismo eclesiástico também se banalizou, nesses tempos pós-modernos — dizem, sem nenhum constrangimento, que Jesus era rico e desfrutou do bom e do melhor neste mundo. E ai dos que discordarem! Serão tachados de miseráveis, frustrados, invejosos… Isso para dizer o mínimo, pois os fãs de celebridades (que não são, evidentemente, seguidores de Jesus) costumam chamar os críticos dos seus ídolos de filhos da… (piii) ou mandá-los para p… (piii) que p… (piii), etc.

Nota-se que o jovem casal mencionado tem aprendido com quem bebeu nas fontes escuras e turvas da teologia da prosperidade. Sua “visão de Reino” é a mesma de famosos telepregadores do mercantilismo da fé, como Kenneth Copeland, Frederick Price, Benny Hinn, Morris Cerullo, Mike Murdock e John Avanzini. Todos estes asseveram que Jesus usava roupas da moda (de corte especial, sem costura), tinha uma ótima casa, grande o bastante para receber os seus discípulos. Price, inclusive, afirma que dirige um Rolls Royce porque está seguindo os passos do Mestre. Para esses telemilionários, o Senhor tinha um tesoureiro porque seu ministério arrecadava muito dinheiro!

Um único versículo bíblico colocaria por terra todas as aludidas invencionices a respeito de Jesus: Mateus 8.20. Aqui, o Senhor afirma: “As raposas têm covis, e as aves do céu têm ninhos, mas o Filho do Homem não tem onde reclinar a cabeça” (Mt 8.20). Mas é bom observar a profecia de Zacarias 9.9 acerca da entrada triunfal do Rei em Jerusalém. Ao montar em um jumentinho, Jesus demonstrou a sua humilidade e a sua pobreza (2 Co 8.9; Fp 2.5-8).

Alguém poderá argumentar: “Na Bíblia não há promessa de prosperidade ao povo de Deus?” Sim. Mas a prosperidade bíblica não é reducionista; sua ênfase não recai no materialismo. A palavra “prosperidade”, do latim prosperus, significa “feliz, ditoso, florescente”. E, nesse sentido, a Palavra de Deus afirma: “O justo florescerá como a palmeira; crescerá como o cedro do Líbano. Os que estão plantados na Casa do SENHOR florescerão nos átrios do nosso Deus. Na velhice ainda darão frutos; serão viçosos e florescentes” (Sl 92.12-14).

Segundo a Bíblia, florescer como uma árvore significa prosperar em todos os sentidos (Sl 1.1-3) e dar muito fruto (Jo 15.1-5). Ora, uma árvore não cresce apenas para cima ou para os lados; cresce também para baixo; tem raízes. Essa é a prosperidade que o Senhor quer dar aos seus filhos: um crescimento em todas as direções. É um grande engano encarar a prosperidade material como um fim em si mesmo (Mt 6.33).

Por que a teologia da prosperidade faz tanto sucesso, atrai multidões e encontra pronta aceitação no coração das pessoas? Porque os seus propagadores, à semelhança dos falsos profetas de Israel, descobriram a mensagem que o povo quer ouvir! Em Ezequiel 13.10-19, está escrito: “andam enganando o meu povo, dizendo: Paz, não havendo paz […] os profetas de Israel que profetizam de Jerusalém e veem para ela visão de paz, não havendo paz […] Vós me profanastes entre o meu povo […] mentindo, assim, ao meu povo que escuta a mentira”.

Os telepregadores da prosperidade mandam os crentes repreenderem o demônio da miséria e determinarem a sua prosperidade. Mas, em Romanos 15.26, está escrito: “Porque pareceu bem à Macedônia e à Acaia fazerem uma coleta para os pobres dentre os santos que estão em Jerusalém”. Observe que o texto menciona uma coleta para ajudar pobres dentre os santos. Não seria mais fácil para Paulo repreender o demônio da pobreza?

Jesus nunca falou dos perigos de ser pobre. Mas, por inúmeras vezes, discorreu sobre os perigos de ser rico (Mt 6.19-21; Lc 12.16-21, etc.). Em 1 Timóteo 6.8-10, encontramos as razões pelas quais alguém abandona o verdadeiro Evangelho para seguir a teologia da prosperidade: falta de contentamento, priorização das riquezas, amor ao dinheiro. Em Eclesiastes 5.10, também está escrito: “O que amar o dinheiro nunca se fartará de dinheiro; e quem amar a abundância nunca se fartará da renda; também isto é vaidade”.

É pecado ser rico? Não. Mas é perigoso. Isso porque a sensação — apenas a sensação — de que a riqueza coloca alguém numa posição superior em relação às pessoas pobres torna o crente um alvo fácil do Inimigo (1 Tm 2.9). Há uma grande probabilidade de os ricos se ensoberbecerem e se tornarem avarentos, desprezando os pobres e perdendo, com isso, a comunhão com Deus (Tg 2.9).

Quem não se contenta com o que possui, priorizando a busca de riquezas e o amor ao dinheiro, é capaz de fazer qualquer coisa para ganhar mais e mais dinheiro, até mesmo mercadejar a Palavra de Deus (2 Co 2.17, ARA). A avareza é uma espécie de idolatria (Ef 5.5), e nenhum idólatra entrará no Reino de Deus (1 Co 5.11; Ap 21.8). O amor ao dinheiro é a raiz de todos os males.

O dinheiro, em si, é necessário para a nossa manutenção. Contudo, existe o perigo de o chamado “vil metal” ocupar o primeiro lugar em nosso viver. E isso tem acontecido na vida de alguns líderes e pregadores, que, pelo dinheiro, são capazes até de negar “o Senhor que os resgatou, trazendo sobre si mesmos repentina perdição” (2 Pe 2.1).

De acordo com a Palavra de Deus, os falsos mestres, cuja motivação é o dinheiro, são capazes de fazer, por avareza, “negócio com palavras fingidas; sobre os quais já de largo tempo não será tardia a sentença, e a sua perdição não dormita” (2 Pe 2.3). E não é isso que vemos em nossos dias? Os falsos mestres estão por aí vendendo as suas “indulgências”, pregando um evangelho falso, centrado no “ter”.

Que Deus nos guarde! Façamos a sábia oração de Agur: “não me dês nem a pobreza nem a riqueza; mantém-me do pão da minha porção acostumada; para que, porventura, de farto te não negue e diga: Quem é o SENHOR? Ou que, empobrecendo, venha a furtar e lance mão do nome de Deus” (Pv 30.7-9).

Não ambicionemos, pois, as coisas altas (Rm 12.16). Não tenhamos como referenciais as celebridades gospel, pois elas, em sua maioria, não têm compromisso com a Palavra de Deus. Sigamos o conselho da Palavra do Senhor: “Sejam os vossos costumes sem avareza, contentando-vos com o que tendes; porque ele disse: Não te deixarei, nem te desampararei” (Hb 13.5). E ainda: “Aquele que tem o olho mau corre atrás das riquezas, mas não sabe que há de vir sobre ele a pobreza” (Pv 28.22).

Quantos podem dizer “amém”?

Ciro Sanches Zibordi

FONTE: Blog do Pr. Ciro Zibordi

—————————————–
Miquels7 – Sempre atento
O fim está próximo para esses adoradores da Besta

Esta é a BMW mais antiga que Jesus possuia

29/02/2012 Posted by | CRISTIANISMO EM CRISE, FANATISMO RELIGIOSO | , | Deixe um comentário

GRUPO DE HACKERS “ANONYMOUS” AMEAÇA CRUZADA CONTRA ISRAEL

***************************************************************
ESSE AVISO NÃO É SOMENTE PARA OS JUDEUS/ISRAELENSES. TAMBÉM É PARA OS CRISTÃOS OCIDENTAIS, POIS ELES IGUALMENTE SEGUEM E ACREDITAM NAS “SUPERSTIÇÕES” DOS JUDEUS (A BÍBLIA).

TODOS OS CRISTÃOS ESTÃO NA MIRA DO GOVERNO DA BESTA. O GRUPO DE HACKERS “ANONYMOUS” PODE NÃO ESTAR DIRETAMENTE LIGADO A SERVIÇO DE NENHUM GOVERNANTE, MAS ELES FAZEM PARTE DO GOVERNO INVISÍVEL DA BESTA.

O GOVERNO DA BESTA É INSPIRADO EM LÚCIFER, QUE TEM AS SEGUINTES CARACTERÍSTICAS: HUMANISMO, DEMOCRACIA, LIBERDADE, ATEÍSMO, SINCRETISMO RELIGIOSO, ECUMENISMO (MAS SE HOUVER UM “dEUS” UNIVERSAL, BOM, AMOROSO E TOLERANTE COM TODOS), PSEUDOTEOLOGIA; E DE CERTA FORMA, ANARQUISMO (NA INTERNET), ACEITAÇÃO DO EVOLUCIONISMO, UFOLOGISMO, MISTICISMO; TAMBÉM, NEOLIBERALISMO, CAPITALISMO E CONSUMISMO.

OS “ANONYMOUS” LUTAM POR TUDO ISSO E MUITO MAIS.
****************************************************************

FONTE: Blog Shalom Israel

“Anonymous” – hackers
 
O grupo activista de hackers “Anonymous” declarou-se abertamente anti-Israel num video (postado abaixo) em que acusa Israel de “crimes contra a humanidade”.
 
Este video ameaçador postado no Youtube esta madrugada surge a meio de uma verdadeira guerra internáutica entre hackers israelitas e árabes.
 
Neste video apelidado por alguns como pretencioso e melodramático, o grupo “Anonymous” acusa Israel de melhorar “as vidas de uns poucos seleccionados, ao mesmo tempo pisando descuidadamente as liberdades das massas”. O video contém propaganda anti-religiosa, anti-semita e anti-israelita, incluindo insinuações de que o estado judaico controla o mundo, tendo as suas “garras na humanidade”.

OBS: O VÍDEO JÁ FOI REMOVIDO, MAS O ESSENCIAL DA MENSAGEM DO VIDEO FOI REPRODUZIDO AQUI NO POST.

“A vossa intolerância sionista tem deslocado e matado muitos. Enquanto o mundo chora, vocês riem-se, planejando o próximo ataque” – acusa o video.
“Vocês apelidam de anti-semitas todos aqueles que se recusam a aceitar as vossas superstições, e estão dando passos para criar um holocausto nuclear… vocês são indignos de existir na vossa forma actual e portanto irão enfrentar a ira do Anonymous…”
 
O grupo “Anonymous” torna também bem claro que se curva na defesa do Irão, ao dizer: “…não permitiremos que vocês ataquem um país soberano com base numa campanha de mentiras”. O grupo jurou ainda parar o “reino de terror” de Israel através de uma faseada insurgência internáutica.
“O passo um será iniciado após a publicação deste video, e compreenderá a vossa remoção sistemática da internet” – ameaça o grupo.
 
“O passo dois será posteriormente revelado e já se encontra na sua fase inicial; e, como passo número três, bem, pensem neste como um presente da Anonymous para vocês – nós não pararemos até que esse estado policial se torne num estado livre. Nós somos Anonymous, nós somos legião, nós não perdoamos, nós não esquecemos. Governo israelita: aguarda!” – ameaça a mensagem dos ciber-terroristas.
 
“Anonymous”, um grupo internacional e organizado de hackers que “procuram a anarquia através da interrupção das redes da internet dos governos e instituições legais”, tem acompanhado as tendências populistas em vez de princípios de coerência.  
 
O grupo já tinha ameaçado fechar o websitedo Knesset em Junho passado, mas falhou.
 
Israel é amplamente considerado um dos mais avançados poderes da cibernáutica a nível mundial, e já estabeleceu um comando de defesa cibernauta.
 
O espírito do Anticristo poderá usar as redes da internet para espalhar o seu “vírus”? É claro que sim. Esta é uma realidade assustadora! Veja-se a linguagem neste video… típica de Anticristo…
 
Alguém já disse que a próxima guerra mundial será uma guerra cibernáutica, pondo em risco todas as estruturas e formas de segurança dos poderes mundiais.
 
Este ódio contra os judeus espalhar-se-á rapidamente e atingirá também os verdadeiros cristãos, uma vez que o ódio do “grande dragão” e da “besta” do Apocalipse será contra a “mulher” e os “seus descendentes” – Apocalipse 12:17.
 
Não hajam dúvidas que o Anticristo – prestes a revelar-se a este mundo confuso – irá fazer uso da internet e das redes sociais para espalhar o seu ódio e a sua intriga. Estejamos atentos. Esta ameaça dos terroristas anti-semitas da “Anonymous” é apenas um primeiro sintoma do que está para vir…
 
Shalom, Israel!
 
***************************
Miquels7 – 16/02/2012

16/02/2012 Posted by | CASOS POLEMICOS, CRISTIANISMO EM CRISE, ISRAEL E AS PROFECIAS | 3 Comentários

Eleições Brasil 2012: Pré-candidaturas de gays, lésbicas, travestis e transexuais já são 76

***************************************************************
OS CRISTÃOS-EVANGÉLICOS TRADICIONAIS ESTÃO LASCADOS COM OS GAYS. A PARTIR DESTE ANO OS EVANGÉLICOS FICARÃO MAIS ACUADOS.

ESSE FENÔMENO NÃO É NATURAL. É ALGO PERMITIDO POR DEUS. POIS, QUANDO O POVO QUE SE CHAMA PELO NOME DO SENHOR SE DESVIA DO CAMINHO, DEUS ENVIA A PROVA E A TRIBULAÇÃO.

ESTÁ TAMBÉM PROFETIZADO NA BÍBLIA QUE O GOVERNO DA BESTA PREVALECERÁ CONTRA OS CRISTÃOS. E ISSO ACONTECERÁ NÃO PORQUE A BESTA É MAIS FORTE DO QUE OS SANTOS (CRISTÃOS VERDADEIROS); MAS, POR CAUSA DA APOSTASIA DOS CRISTÃOS, E POR CAUSA DO SEU DESVIO DO CAMINHO DA VERDADE E DO VERDADEIRO EVANGELHO.

EXISTE UM GRANDE NÚMERO DE CRISTÃOS-EVANGÉLICOS NO BRASIL. SÓ QUE A MAIORIA NÃO REPRESENTA OS VERDADEIROS FILHOS DE DEUS. NA BÍBLIA ELES SÃO CHAMADOS DE “JOIOS”: QUE SE PARECEM COM CRISTÃOS, MAS NÃO SÃO CRISTÃOS.

OS VERDADEIROS CRISTÃOS SÃO POUCOS. NO ENTANTO, DEUS PROTEGERÁ A MUITOS DA PERSEGUIÇÃO DA BESTA. NEM TODOS OS SANTOS SERÃO PROTEGIDOS. PORÉM, OS CRISTÃOS-JOIOS SERÃO “LEVADOS”, NÃO PARA O CÉU, MAS PARA A DESTRUIÇÃO, PARA A MATANÇA.

SOBRE AS ELEIÇÕES, MESMO QUE AS IGREJAS EVANGÉLICAS LANCEM CANDIDATOS PARA DISPUTAR AS ELEIÇÕES COM OS GAYS, OS GAYS PREVALECERÃO, POIS OS EVANGÉLICOS, ASSIM COMO A MAIORIA DO POVO BRASILEIRO, NÃO SABEM VOTAR.

A MAIORIA DOS EVANGÉLICOS VOTA POR INTERESSES PESSOAIS. VOTAM NO CANDIDATO A OU B PORQUE ACHAM QUE SERÃO FAVORECIDOS NO FUTURO. E TAMBÉM NÃO GOSTAM DE VOTAR NO CANDIDATO QUE É IMPOSTO PELA LIDERANÇA ECLESIÁSTICA. SOMENTE QUANDO OS LIDERES MANTÉM OS FIÉIS SOBRE FORTE “CABRESTO”, ELES CONSEGUEM ELEGER OS CANDIDATOS DA IGREJA.

E NÃO ADIANTA ESPERNEAR! A MAIORIA DOS ELEITORES DOS GAYS SÃO OS QUE SE DIZEM CATÓLICOS ROMANOS. MAS UMA GRANDE PARCELA DOS EVANGÉLICOS PÓS-MODERNOS TAMBÉM VOTAM NOS GAYS. OS CATÓLICOS PREFEREM OS GAYS AOS EVANGÉLICOS.

NA VERDADE, COMO A BÍBLIA DIZ, “O MUNDO JAZ NO MALIGNO”. E AINDA EXISTEM UNS CRENTES BABACAS OSTENTANDO O SLOGAN: “O BRASIL É DE JESUS”, “ESTA CIDADE É DE JESUS”, ETC, ETC. GRANDE TOLICE!

O GRANDE PROBLEMA DOS POLÍTICOS BRASILEIROS É QUE ELES QUEREM COLOCAR O BRASIL NA VANGUARDA DA PÓS-MODERNIDADE. ELES ESTÃO PERMITINDO UM ESTADO LAICO, MAS COM MUITA RIGIDEZ NA DEFESA DOS DIREITOS DAS MINORIAS, E CRIANDO LEIS PARA SUFOCAR O TRADICIONALISMO, PRINCIPALMENTE O RELIGIOSO.

AS LEIS QUE OS POLÍTICOS BRASILEIROS ESTÃO APROVANDO, ESTÃO ALÉM DA CAPACIDADE DE ABSORÇÃO DA POPULAÇÃO. ELES ESTÃO CRIANDO LEIS PÓS-MODERNAS, PARA UM POVO DE BAIXO NÍVEL CULTURAL. O BRASIL TERIA QUE PASSAR UNS 30 ANOS INVESTINDO PESADO EM EDUCAÇÃO, PARA QUE A MAIORIA DO POVO ATINGISSE UM GRAU DE INSTRUÇÃO NECESSÁRIO PARA ACATAR AS LEIS QUE SÃO CRIADAS.

NEM MESMO MUITAS COISAS PRESCRITAS NA CONSTITUIÇÃO FEDERAL SÃO CUMPRIDAS PELOS PRÓPRIOS GOVERNANTES. MUITO MENOS AS QUE SÃO PARA O POVO CUMPRIR….

O ESTATUDO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE, A LEI ANTI-PALMADA, A LEI ANTI-HOMOFOBIA, A LEI-SECA, A LEI DO DESARMAMENTO, O ESTATUTO DO MEIO-AMBIENTE, ENTRE OUTRAS, SÃO LEIS DE VANGUARDA PÓS-MODERNAS. O BRASIL, SEM NÍVEL CULTURAL ADEQUADO, QUER ESTABELECER TAIS LEIS, SEM INVESTIR MACIÇAMENTE EM EDUCAÇÃO. O BRASIL QUER DISPUTAR A CORRIDA CULTURAL COLOCANDO A CARROÇA NA FRENTE DOS BURROS.

MESMO O POVO BRASILEIRO ALCANÇANDO UM NÍVEL ELEVADO DE EDUCAÇÃO E CULTURA, ISSO NÃO TERÁ VANTAGEM ALGUMA PARA OS CRISTÃOS. SE ESSA CULTURA FOR ASSOCIADA A UM ELEVADO NÍVEL ECONÔMICO DAS FAMÍLIAS, AÍ É QUE VAI PIORAR PARA O CRISTIANISMO. POIS, QUANTO MAIS O POVO SE INSTRUI, QUANTO MAIS CRESCE ECONOMICAMENTE (PROSPERA, NA LINGUAGEM DA NOVA ERA), MAIS TENDE A SE AFASTAR DE DEUS E DAS CRENÇAS. COM A APROVAÇÃO DESSAS LEIS PÓS-MODERNAS, A TENDÊNCIA DAS LIDERANÇAS ECLESIÁTICAS É AFROUXAR A DOUTRINA E PERMITIR TODA SORTE DE ABERRAÇÕES DENTRO DA IGREJA. AOS POUCOS, O DIABO E O MUNDO VÃO SE APODERANDO DA IGREJA. E NA VERDADE, GRANDE PARTE DOS CRISTÃOS JÁ SE DEIXOU CONTAMINAR COM AS COISAS DO MUNDO. A IGREJA DOS CRISTÃOS-JOIOS ESTÁ INDO DE MAL A PIOR.

O JEITO SERIA MANTER O POVO NA BURRICE MESMO. SABE-SE QUE A RELIGIÃO É O ÓPIO DO POVO. QUANTO MAIS POBRE E SEM CULTURA É UM POVO, MAIS APEGADOS SÃO A CRENÇAS E SUPERTIÇÕES. MAIS APEGADOS A DEUS ELES SÃO, POIS CONFIAM QUE UM DIA DEUS LHES FARÁ JUSTIÇA, POR CAUSA DO DESPREZO DOS RICOS. JESUS DISSE: “BEM-AVENTURADOS OS POBRES DE ESPÍRITOS, PORQUE DELES É O REINO DOS CÉUS”. SÓ QUE ESSES “POBRES DE ESPÍRITOS” SÃO PRESAS FÁCEIS DOS LOBOS DEVORADORES, DOS PASTORES MERCENÁRIOS. SE FOSSEM CRISTÃOS POBRES, MAS FOSSEM LIVRES PARA SERVIR A DEUS, E NÃO FOSSEM EXPLORADOS, AÍ, SIM, SERIAM BEM-AVENTURADOS.

NA VERDADE, OS POLÍTICOS BRASILEIROS QUEREM FAZER DO BRASIL A PRIMEIRA POTÊNCIA ECONÔMICA E CULTURAL DO MUNDO. MAS EU SEI QUAL É ESSA CULTURA QUE ELES QUEREM IMPOR: A CULTURA DA IMORALIDADE, DA DEVASSIDÃO, DA CORRUPÇÃO E DA INVERSÃO DE VALORES. O BRASIL ESTÁ SE TORNANDO UMA AUTÊNTICA BABILÔNIA.

E INCLUSIVE A CIDADE DO RIO DE JANEIRO JÁ FOI ELEITA A “CAPITAL MUNDIAL DO TURISMO GAY”. É MOLE ?!!!

O WORLD TRADE CENTER, NO CORAÇÃO DO TRONO DA BESTA, JÁ FOI DERRUBADO. MAS SÃO PAULO, RIO DE JANEIRO E BRASÍLIA ESTÃO SE ERGUENDO PARA MANTER O STATUS DE GRANDE BABILÔNIA PARA O BRASIL.

BEM FALOU O INRI CRISTI, QUANDO DISSE QUE A CAPITAL DO BRASIL, BRASÍLIA, É A “NOVA JERUSALÉM”. SÓ QUE NA BÍBLIA, JERUSALÉM JÁ FOI COMPARADA À SODOMA, A CIDADE QUE FOI DESTRUÍDA POR CAUSA DA ABERRAÇÃO HOMOSSEXUAL.

“E jazerão os seus corpos na praça da grande cidade [JERUSALÉM], que espiritualmente se chama Sodoma e Egito, onde também o seu Senhor foi crucificado” – Apocalipse 11:8.

****************************************************************

Maceió é a cidade com maior número de representantes do movimento nas eleições 2012

BRASÍLIA – Levantamento feito pela Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Travestis e Transexuais (ABGLT) já contabiliza uma relação de 76 pré-candidatos às eleições de outubro. A maioria é gay, com 43 representantes.
Em seguida, aparecem na lista 17 travestis, 8 lésbicas, 6 transsexuais, um bissexual e uma drag queen. De acordo com a entidade, há integrantes do movimento em 21 unidades da federação dispostos a pleitear cargos públicos neste ano. A maioria está em Minas Gerais, com 12 pré-candidatos.

Há 11 em São Paulo e sete em Alagoas. A cidade onde há maior número de pré-candidatos é Maceió, com sete representantes.

Almir França, Carlos Minc, Sharlene Rosa e Ingrid Gerolimich(FOTO)
 
A associação também listou os partidos que representam os pré-candidatos. São 13 legendas no total. A mais citada é o PT, com 20 políticos. O PSB tem 12, o PCdoB tem oito e o PSDB e o PV têm seis cada um. Há seis pré-candidatos cujo partido não foi listado. No levantamento, não há indicação do cargo para o qual cada político pretende se candidatar.
 
Neste ano, os brasileiros escolherão seus prefeitos e vereadores. Os partidos políticos têm até 5 de julho para requerer o registro de seus candidatos na Justiça Eleitoral. As eleições estão marcadas para o dia 7 de outubro.
 
RIO DE JANEIRO – Na capital a pré-candidata dos LGBT é Ingrid Gerolimich PT. Ingrid conta com o apoio do Secretário de Ambiente Carlos Minc, fiel defensor dos direitos da comunidade LGBT, que em sua atuação como Deputado Estadual possui inúmeras leis que garantem direitos e cidadania a comunidade LGBT do Estado. Um dos apoios a candidatura de Ingrid vem do estilista e ativista LGBT, Almir França (51), que vem atuando pontualmente para a eleição de uma representante do segmento na Câmara de Vereadores.
Em Duque de Caxias, a representante dos LGBT é Sharlene Rosa, travesti e Presidenta de Honra do GPD (Grupo Pluralidade e Diversidade) que realiza anualmente a Parada do Orgulho LGBT, segundo pesquisas de intenções de votos seu nome figura entre os primeiros colocados em intenção de votos no pleito de outubro próximo. Sharlene é candidata pelo PT e também conta com o apoio de Carlos Minc.

FONTE: Blog da Dilma

****************************
Falou e disse Miquels
O “olho que tudo vê” está atento às coisas que escrevo.
Aproveite para ler enquanto há tempo.

31/01/2012 Posted by | CRISTIANISMO EM CRISE, CULTURA, IGREJA E POLÍTICA, POLÍTICA | , , | 2 Comentários

Reportagem Sobre a Heresia do ‘Cair no espírito’ Exibida no Domingo Espetacular

Reportagem do Domingo Espetacular (13/11/2011) sobre o “Movimento do Cai-Cai”, ou ‘cair no espírito’.

Assista ao vídeo, abaixo, ocorrido na Igreja da Lagoinha que originou a polêmica com o Bp Edir Macedo e a matéria na Tv Record de 13/11/11.


http://www.youtube.com/watch?v=33KJ3sJLPns

Até tu, Ana Paula?

Uma breve reflexão sobre um dos modismos mais bizarros dentro do pentecostalismo que novamente chamou a atenção do público.

No último congresso de louvor Diante do Trono (DT) onde a vocalista Ana Paula Valadão e seu pai, Pr. Márcio Valadão, cairam [hipinotizados?] pelo poder do “espirito” diante da autoridade sobrenatural, o finlandês, Pr. Markku Koivisto.

Perguntas:

Qual é o objetivo disso – cair no chão? O que eles querem mostrar com isso?

Como pode líderes evangélicos, pessoas teoricamente ‘cristãs convertidas’ se sujeitarem a tão baixo papel e ainda outras aplaudirem tamanho escândalo e afronta ao evangelho de Cristo?!!

Até quando veremos tais bizarrices no seio da igreja?

Possíveis respostas:

I- Uma busca pela espiritualidade superficial – Falta de dedicação e tempo na oração e meditação das Escrituras.

II- Desequilíbrio eclesiástico – Busca de um cristianismo emocional, fanatismo e idolatria e uma dose de problemas mentais.

III- Pragmatismo e empirismo evangélico – Uma legião vinda de outras vertentes religiosas, NÃO CONVERTIDAS e sim, convencidas, buscando algo prático e experimental, o SHOW!

IV– Falta de consciência na suficiência da Palavra de Deus – Abandono das Escrituras como única REGRA DE FÉ E CONDUTA do cristão.

V- Operação de espíritos enganadores nos últimos dias; surgimentos de doutrinas demoníacas, como a do movimento G12.

************************************

FONTE: Youtube

Domingo Espetacular – Reportagem sobre a heresia do Cai-Cai (Matéria Completa)


http://www.youtube.com/watch?v=w5U0ILxW7Xo&feature=related

outro link:


http://www.youtube.com/watch?v=0rpbb_Tj0Pk&feature=related

Ana Paula Valadão engatinhando no palco como um leão.

O vídeo onde a líder do Diante do Trono anda como um leão no palco em Anápolis, que virou alvo de muitos ataques e perseguições ao grupo e a Ana Paula Valadão.


http://www.youtube.com/watch?v=trnVyN3FcsM

Ana Paula pediu desculpas pelo escândalo que provocou ao povo envangélico, sobre a unção do leão.

http://ibrpe.wordpress.com/2007/12/03/o-leao-o-video-e-a-ana-paula-valadao-cantora-se-pronuncia-sobre-video-polemico

Pedido de Perdão de Ana Paula Valadão sobre o Leão:

http://patraoblog.wordpress.com/2007/11/28/pedido-de-perdao

Mas ela voltou a ter recaída. Veja como ela volta a rugir como leão e a falar uma língua pra lá de estranha.

Ana Paula Valadão e a Unção do Leão e do Tralalá:


http://www.youtube.com/watch?v=Ovv-Sogb3CQ&feature=related

Ana Paula Valadão e o Pai caem no palco hipinotizados por Pr. Filandês Markku Koivisto

Isto não é poder do Espírito Santo; é simplesmente técnica de hipinose.

Video completo:


http://www.youtube.com/watch?v=vv8cTkSOi6w&feature=related

********************************************************
Miquels – Que não tolera heresias! Manaus, 19/12/2011.

19/12/2011 Posted by | CRISTIANISMO EM CRISE | , , | Deixe um comentário