CHUTANDO O PAU DA BARRACA DAS RELIGIÕES

Mensagens Para a Geração dos Últimos Dias

A PRIMEIRA FASE DA BATALHA DAS BATALHAS, A GUERRA DO ARMAGEDOM SE AVIZINHA

**********
A DISPUTA É A TERRA SANTA, O MONTE DO TEMPLO E A DESTRUIÇÃO DE ISRAEL

E os cristãos evangélicos pensam que vão ser arrebatados para não ver essa guerra. Podem tirar o cavalinho da chuva, e comecem a refazer os planos. Fujam pras montanhas, fujam de Israel e dos países do Oriente Médio, porque será terrível a perseguição contra judeus e cristãos.

Vídeo mostra planos do Irã para a invasão de Israel
O plano do exército do Irã para invadir Israel

Gogue, mais os aliados e SIMPATIZANTES, o terrível exército de duzentos milhões que virá do NORTE, não é o da Rússia nem o da China. É o exército do Islã, dos muçulmanos e SIMPATIZANTES. Israel tem poder de contra-atacar, mas por poucos dias. Para não serem destruídos, terão que fazer uso de bombas atômicas. Mas, segundo a profecia de Ezequiel 38, inicialmente Israel não fará uso de bomba atômica e o seu maior aliado, a Besta/EUA, não poderá fazer nada. Conforme Ezequiel 39, Israel será salvo por uma intervenção divina. Como diz Apocalipse 18, a mulher prostituta (Israle/Jerusalém) será desprezada pelos seus amantes, ficará desolada e nua. Os inimigos se apossarão de Jerusalém e do monte do Templo, e repartirão os despojos. E será estabelecida uma profanação ainda maior no monte do Templo. E o povo judeu sofrerá um segundo holocausto. Só escaparão os que fugirem a tempo de lá ou se esconderam em abrigos. E os cristãos que estiverem por lá também não escaparão. Depois de dias o Rei dos reis fará intervenção e destruirá os inimigos do seu povo. Mas isso ainda vai demorar um pouco. Tudo ainda é somente ensaio.
**********

EZEQUIEL 38

(O PERÍODO DA INVASÃO DE ISRAEL POR GOGUE E SEUS ALIADOS. HAVERÁ MORTE TANTO DE JUDEUS COMO DE CRISTÃOS QUE NÃO FUGIREM OU NÃO CONSEGUIREM SE REFUGIAR EM ABRIGOS SUBTERRÂNEOS)

18 Naquele dia, porém, quando vier Gogue contra a terra de Israel, diz o Senhor Deus, a minha indignação subirá às minhas narinas.
19 Pois no meu zelo, no ardor da minha ira falei: Certamente naquele dia haverá um grande tremor na terra de Israel;
20 de tal sorte que tremerão diante da minha face os peixes do mar, as aves do céu, os animais do campo, e todos os répteis que se arrastam sobre a terra, bem como todos os homens que estão sobre a face da terra; e os montes serão deitados abaixo, e os precipícios se desfarão, e todos os muros desabarão por terra.
21 E chamarei contra ele a espada sobre todos os meus montes, diz o Senhor Deus; a espada de cada um se voltará contra seu irmão.
22 Contenderei com ele também por meio da peste e do sangue; farei chover sobre ele e as suas tropas, e sobre os muitos povos que estão com ele, uma chuva inundante, grandes pedras de saraiva, fogo e enxofre.
23 Assim eu me engrandecerei e me santificarei, e me darei a conhecer aos olhos de muitas nações; e saberão que eu sou o Senhor.

EZEQUIEL 39

(A INTERVENÇÃO DIVINA E O MASSACRE DO EXÉRCITO MUÇULMANO E SEUS ALIADOS)

1 Tu, pois, ó filho do homem, profetiza contra Gogue, e dize: Assim diz o Senhor Deus: Eis que eu sou contra ti, ó Gogue, príncipe e chefe de Meseque e Tubal;
2 e te farei virar e, conduzindo-te, far-te-ei subir do extremo norte, e te trarei aos montes de Israel.
3 Com um golpe tirarei da tua mão esquerda o teu arco, e farei cair da tua mão direita as tuas flechas.
4 Nos montes de Israel cairás, tu e todas as tuas tropas, e os povos que estão contigo; e às aves de rapina de toda espécie e aos animais do campo te darei, para que te devorem.
5 Sobre a face do campo cairás; porque eu falei, diz o Senhor Deus.
6 E enviarei um fogo sobre Magogue, e entre os que habitam seguros nas ilhas; e saberão que eu sou o Senhor.
7 E farei conhecido o meu santo nome no meio do meu povo Israel, e nunca mais deixarei profanar o meu santo nome; e as nações saberão que eu sou o Senhor, o Santo em Israel.
8 Eis que isso vem, e se cumprirá, diz o Senhor Deus; este é o dia de que tenho falado.
9 E os habitantes das cidades de Israel sairão, e com as armas acenderão o fogo, e queimarão os escudos e os paveses, os arcos e as flechas, os bastões de mão e as lanças; acenderão o fogo com tudo isso por sete anos.

“Virá também em tempo de segurança sobre os lugares mais férteis da província; e fará o que nunca fizeram seus pais, nem os pais de seus pais; espalhará entre eles a presa, os despojos e os bens; e maquinará os seus projetos contra as fortalezas, mas por certo tempo” (Daniel 11:24).

“Eis que vem um dia do Senhor, em que os teus despojos se repartirão no meio de ti” (Zacarias 14:1).

**********
A PROFECIA DE ZACARIAS

Em Zacarias 14 diz que haverá uma terrível invasão em Jerusalém no final dos tempos. Essa invasão é a mesma referida em Ezequiel 38-39, que é a primeira parte da Guerra do Armagedom. Muitos morrerão e metade da população ficará refém dos inimigos e a outra parte escapará – neste caso, em esconderijos subterrâneos. Diz ainda que a cidade será saqueada, e os despojos serão repartidos entre os inimigos. Em Ezequiel 39 está profetizado que haverá uma intervenção divina e Deus irá destruir os inimigos de seu povo. E a profecia de Zacarias bate com a de Ezequiel. Yesu Cristo desce dos céus com seus anjos e livra o seu povo das mãos dos inimigos.

“Eis que vem um dia do Senhor, em que os teus despojos se repartirão no meio de ti. Pois eu ajuntarei todas as nações para a peleja contra Jerusalém; e a cidade será tomada, e as casas serão saqueadas, e as mulheres forçadas; e metade da cidade sairá para o cativeiro mas o resto do povo não será exterminado da cidade. Então o Senhor sairá, e pelejará contra estas nações, como quando peleja no dia da batalha. Naquele dia estarão os seus pés sobre o monte das Oliveiras, que está defronte de Jerusalém para o oriente” (Zacarias 14:1-4).

**********
A DÚVIDA SE ESSA PROFECIA IRÁ SE CUMPRIR É A SEGUINTE

Tem uns ateístas ignorantes que falam o seguinte: Se no Apocalipse está escrito que o Diabo será derrotado e preso, e será usado por Deus para cumprir os seus desígnios, por que o Diabo faria tudo o que está dito sobre ele? Com certeza o Diabo sabe o que está escrito sobre ele na Bíblia. E por que, mesmo sabendo o que está escrito sobre ele, ele fará exatamente como está escrito, para que a profecia se cumpra? Essa é a dúvida. Ou o Diabo está traçando planos diferentes?

A mesma dúvida vale para a profecia de Ezequiel 38 e 39. Com certeza o ditador da Turquia e os líderes muçulmanos conhecem a profecia de Ezequiel 38-39, e sabem que Gogue, o grande exército do Norte pode estar se ferindo a eles. Então, será que, mesmo sabendo disso, eles farão exatamente como está escrito para que a profecia se cumpra? Seria muita ingenuidade crer que alguém conhecendo antecipadamente uma profecia sobre si mesmo iria fazer exatamente como está escrito para que se cumpra.

04 Erdogan, ditador da Turquia 05 Exército da Turquia

Mas, tem uma explicação lógica para que se cumpra a profecia, mesmo que os agentes citados nela tenham tomado conhecimento. É que eles não acreditam que a profecia seja verdadeira, e que aquilo que está escrito será difícil acontecer. O problema nisso, é que eles sabem que outras profecias contra os inimigos de Israel se cumpriram. Será que eles acham que a profecia de Ezequiel 38-39 é um blefe de Jeová, e que Ele mandou o profeta escrever somente para amedrontar os inimigos de Israel para que não mexam com seu povo escolhido? Tenho minhas dúvidas.

Há quem diga que Deus manipula a mente dos governantes para que façam coisas contra a própria vontade. Seria essa explicação para o cumprimento da profecia de Ezequiel por parte dos líderes muçulmanos? Será que o que eles estão planejando, estão fazendo contra a própria vontade, tendo as mentes manipuladas por Jeová, assim como fez com faraó do Egito?

**********
PRESIDENTE TURCO QUER FORMAR ALIANÇA DE 57 NAÇÕES ISLÂMICAS PARA “DESTRUIR ISRAEL EM 10 DIAS”

Estaremos a avizinhar-nos das preparações para o cumprimento das profecias de Ezequiel 38 e 39?

01 Turquia contra Israel mapa

Ninguém pode ao certo afirmar se estaremos a chegar a esse anunciado momento, mas a realidade é que o espírito do Anticristo (inflamado pelo próprio Satanás) está a inspirar os arqui-inimigos de Israel a se juntarem numa pérfida aliança que poderá conduzir à maior e mais formidável força militar do planeta.

“EXÉRCITO DO ISLÃO”

O cruel ditador anti-semita com pretensões a califa Recep Erdogan, presidente da Turquia, anunciou as suas pretensões num artigo publicado em Dezembro passado no diário turco “Yeni Safak”, sob o título “Um apelo a uma acção urgente”, que também surgiu no site do jornal sob a designação: “E se um exército do Islão fosse formado contra Israel?”

02 Jornal turco

O apelo apocalíptico foi dirigido a 57 estados muçulmanos membros da “Organização de Cooperação dos Estados Islâmicos – OIC” e foi redigido pelo próprio presidente e pelo partido de que ele é membro, o “AKP” sob a bandeira de um “Exército do Islão” , com o objectivo de cercar e atacar o estado de Israel. O artigo descreve ao pormenor a forma como tal exército poderia derrotar o estado de Israel: uma combinação de forças terrestres, navais e aéreas capazes de derrotar militarmente Israel em 10 dias, e diplomaticamente em 20, “libertando depois a Palestina.”

04 Erdogan, ditador da Turquia

As boas relações entre Israel e a Turquia são coisa do passado. O incidente com a flotilha turca que tentou penetrar em águas territoriais israelitas, especificamente com o barco “Marmara”, levou ao corte de relações entre os dois países, que entretanto, apesar de terem sido repostas, têm sofrido constantes perturbações, graças às atitudes ameaçadoras do ditador turco contra o estado judaico, e que ganharam novo fôlego em Maio passado, quando Erdogan apelou aos muçulmanos do mundo inteiro para que “inundassem o Monte do Templo”, alegando na altura que “Cada dia que Jerusalém está sob ocupação é um insulto para nós (muçulmanos).”

No artigo do diário turco os planos para a invasão de Israel estão claramente delineados: “Os estados membros da OIC unem-se e formam uma força militar unida, constituindo o maior exército do mundo. A população total ‘desses países’ é de 1.674.526.931. O número de soldados no activo nesses países é de pelo menos 5.206.100. O seu orçamento militar para a defesa, no valor de 174.278.420,00 dólares é também digno de ênfase.”

E o artigo prossegue, inferiorizando Israel e as suas capacidades militares: “Em relação a Israel, é significativamente inferior. A população deste país, que tentou ocupar Jerusalém enquanto rodeado de estado muçulmanos, é de 8.049.314. De notar que só a população da cidade de Istambul ultrapassa os 14 milhões. O número de soldados no activo das forças (de ocupação) de Israel é de 160.000, e o orçamento para a defesa de Israel ronda os 15.600.000.000 de dólares.

O exércitos dos EUA tem em comparação 1.281.900 soldados no activo, menos de um quarto dos soldados do proposto exército islâmico. O orçamento militar norte-americano – o maior de qualquer país do mundo – é de aproximadamente 580 biliões, mais de 30 vezes o do exército proposto do Islão.”

PLANOS DE BATALHA

O artigo também descreveu os planos de batalha, com o quartel general na Turquia, enfatizando ainda que a Turquia tem o sétimo maior exército do mundo, e o segundo dentre os membros da NATO.

05 Exército da Turquia

Numa primeira fase – segundo os planos turcos – estariam envolvidos 250.000 soldados no terreno.

“500 tanques e veículos armados, 100 aviões de guerra, 500 helicópteros atacantes, e 50 navios de guerra e submarinos poderiam ser mobilizados” – afirma o jornal turco.

“ATÉ A TURQUIA SÓ JÁ É SUPERIOR A ISRAEL”

“A Turquia servirá como importante quartel general durante a operação, devido às suas infra-estruturas aéreas, terrestres e navais. O exército turco, que realizou a operação militar “Escudo do Eufrates” realizada com grande sucesso (na Síria, em 2017), é agora classificado como o 7º exército mais poderoso do mundo, e o 2º entre as forças da NATO. A Turquia tem cerca de 4.000 tanques de guerra, e 1.000 aviões de guerra. A sua Marinha tem feito progressos significativos nestes últimos anos, com 194 vasos de guerra à sua disposição.”

06 Gogue e Magogue invasão

“Como único país a possuir armas nucleares, o Paquistão ocupa um estatuto importante entre os 57 países membros da OIC.”

“O ministro da Defesa da Malásia descreveu o reconhecimento por Trump de Jerusalém como capital do estado de Israel como uma bofetada nos muçulmanos. Ele afirmou que as Forças Armadas da Malásia estão preparadas para cumprir o seu dever em relação a Jerusalém.”

APENAS AMBIÇÃO, OU CORTINA DE FUMO?

Que o tirano ditador turco é ambicioso, isso já é um facto assumido. Que é um cruel assassino, também se sabe. Basta olhar para o actual massacre dos curdos e dos grupos cristãos na Síria, uma verdadeira limpeza étnica, que não restam dúvida sobre aquilo que Erdogan são capazes de fazer.

Não nos esqueçamos também do genocídio arménio, em que os muçulmanos turcos otomanos no início do século XX assassinaram cerca de 1,5 milhões de arménios cristãos, naquilo que é considerado como o primeiro genocídio do século XX, até agora nunca reconhecido pelos sucessivos governos turcos.

Há quem comente no entanto que todo este discurso é para consumo interno, com o intuito de se engrandecer diante do povo turco e tentar desviar as atenções dos graves problemas internos que o ditador actualmente enfrenta.

COOPERAÇÃO E FINANCIAMENTO TERRORISTA

A “SADAT – a Companhia de Consulta para a Defesa Internacional da Turquia” – uma organização fundada pelo principal conselheiro militar de Erdogan, e que promove a cooperação militar pan-islâmica, visa “ajudar o mundo islâmico a ocupar o seu devido lugar entre as super-potências.”

Segundo fontes da segurança israelita, a “SADAT” fornece financiamento e equipamento militar ao Hamas, na Faixa de Gaza, com o objectivo de formar um exército palestiniano para combater Israel.

O artigo citado conclui com esta antiga e conhecida ameaça aos judeus: “Aqueles que hoje acreditam serem os donos de Jerusalém não acharão amanhã uma única árvore atrás da qual consigam se esconder.”

A TURQUIA MODERNA É A TOGARMA BÍBLICA

Na profecia de Ezequiel 38 e 39 relacionada com a invasão de Israel por uma confederação de nações, a moderna Turquia está identificada com a bíblica “Togarma.”

07 Togarma

É interessante a precisão profética no texto de Ezequiel 38:6: “…a casa de Togarma (Turquia actual), do extremo Norte, e todas as suas tropas, muitos povos contigo.”

Esta confederação, liderada por Gogue e Magogue, e da qual o actual Irão e a Turquia farão certamente parte, virá a uma terra “congregada dentre muitos povos, junto aos montes de Israel, que sempre se faziam desertos; mas aquela terra foi tirada dentre as nações, e todas elas habitarão seguramente. Então subirás, virás como uma tempestade, far-te-ás como uma nuvem para cobrir a terra, tu e todas as tuas tropas, e muitos povos contigo” – Ezequiel 38: 8 e 9.

Esta imensurável multidão que virá contra Israel cairá no entanto nos montes da Terra Santa, e o número dos mortos será tão grande, que serão necessários 7 meses para os sepultar no “vale da multidão de Gogue”, pois é o próprio Senhor Deus Quem irá enfrentar e destruir todos os inimigos do Seu povo eleito.

08 Gogue e Magogue

Não sabemos quando tal acontecerá, mas poderemos estar a assistir a um início da conjugação dos planos e ao posicionamento das peças no quadro do xadrez profético…com um desenvolvimento talvez mais rápido do que imaginamos.

Shalom, Israel!

FONTE: Blog Shalom Israel

 

21/03/2018 Posted by | escatologia, ESCATOLOGIA BÍBLICA, GOVERNO DA BESTA, ISRAEL E AS PROFECIAS | , , , , , , , , , | Deixe um comentário