SOU O ÚNICO BLOGUEIRO CRISTÃO QUE ESCREVE DIFERENTE DE TODOS E DE TUDO NA INTERNET

**********
Sou o único blogueiro cristão que escreve diferente de todos e de tudo na internet, e por isso, poucos dão valor e atenção. Mas um dia acredito que serei reconhecido. A tendência é se voltarem para as coisas que escrevo. Leia todos os textos deste site e saiba de toda verdade.

Miquels7

Publicado em MENSAGENS ESPECIAIS | Deixe um comentário

OS CRISTÃOS NEGROS E POBRES SERVEM MELHOR COMO ESCRAVOS

**********
A BÍBLIA NÃO CONDENA A ESCRAVIDÃO. E O CRENTE CRISTÃO SERVE MELHOR COMO ESCRAVO, POIS É MAIS OBEDIENTE.

A Bíblia não condena a escravidão, nem no Novo Testamento. Paulo até pede para os servos serem obedientes aos seus senhores. Na epístola a Filemon Paulo intercede por um escravo de nome Onésimo, que havia fugido, mas ficou com ele lhe auxiliando. Esse escravo servia Paulo na prisão, talvez servindo como mensageiro e levando pergaminho para ele escrever as cartas. Paulo queria ficar com o escravo Onésimo, mas resolveu devolvê-lo para o dono. Paulo devolve o escravo fugitivo, mas pede que Filemon não o castigue, pois agora ele era um crente, e como crente, seria um escravo obediente. Dizem que os fatos retratados no livro de Apocalipse são revelações literais do futuro. E lá está dito que nos últimos dias (tempo atual ou mais além) a Besta colocará a sua marca na testa ou na mão direita dos que aceitarem o seu domínio. Diz também que a marca da Besta seria colocada em todas as pessoas, tanto em grandes como em pequenos, tanto em ricos como em pobres, tanto em escravos como em livres. Portanto, vemos que até na profecia há referência sobre a existência de escravos. Portanto, nem a Bíblia, nem Deus, nem os apóstolos condenaram a escravidão. No reino de Cristo aqui na Terra para sempre não haverá escravidão. Jesus não aceita escravidão.

Miquels7

Publicado em MENSAGENS ESPECIAIS | Deixe um comentário

A FUMAÇA DOS INCÊNDIOS FLORESTAIS NA AUSTRÁLIA PROVA QUE A TERRA NÃO É PLANA, E SIM, UM GLOBO

**********
Agora os terraplanistas vão pirar!!!

Sem querer querendo, a fumaça dos incêndios florestais na Austrália prova que a Terra é um globo, conforme o Mapa Mundi oficial. Pois, a fumaça chegou ao Chile, a Argentina e também ao Brasil. E segundo o Mapa da Terra Plana, a fumaça dos incêndios na Austrália teria que passar sobre os países da África, atravessar o Oceano Atlântico, para depois chegar ao Brasil. Mas parece que a fumaça veio por debaixo da Terra.

No Mapa Político da Terra Plana, o continente australiano fica do lado direito, e o Chile, a Argentina e o Brasil ficam no lado oposto, do lado esquerdo. Veja as ilustrações, abaixo.

Agora quero ver como os fanáticos terraplanistas irão explicar como a fumaça dos incêndios na Austrália chegou ao Chile, a Argentina e ao Brasil sem ter passado pelo continente africano.

No entanto, acho que os terraplanistas não se convencerão que a Terra é um globo, e irão redesenhar o Mapa da Terra Plana, colocando o continente australiano para o lado esquerdo, perto do Chile e da Argentina.

——————–
Miquels7

Publicado em CASOS POLEMICOS, CIÊNCIA, FANATISMO RELIGIOSO | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário

REINO DE JUDÁ X REINO DE ISRAEL

**********
O atual Estado de Israel não foi criado pela vontade de Deus. O Israel atual foi estabelecido em 1948, quando o movimento Sionista se uniu ao governo humano, a Besta 666. Segundo as profecias, na terra santa será estabelecido o Reino de Judá, governado por um descendente da linhagem do rei Davi. Se o atual Estado de Israel fosse cumprimento profético, lá teria que estar reinando um rei; o regime político de Israel teria que ser Monarquia, e não Presidencialismo. E o Estado não deveria se chamar Israel, mas Reino de Judá. O povo judeu atual está sendo governado pelos líderes rebeldes, os líderes do antigo Reino de Israel, que compreendia as 10 tribos rebeldes. As tribos de Benjamim e de Judá não se rebelaram. É com essas duas tribos que Deus tem compromisso e planos.

Até o momento em que o rei Salomão governou Israel, as 12 tribos viviam unidas e havia um só reino, cuja capital era Jerusalém, que foi conquistada no tempo de Davi. O Reino de Israel com as 12 tribos foi governado pelo rei Davi, e a capital era Jerusalém. Só que o período do reinado de Davi foi muito conturbado, com muitas guerras e intrigas com as nações vizinhas. Já no tempo de Salomão o reino de Israel prosperou e viveu em paz durante décadas. Salomão se tornou um grande rei, seu reino foi de paz e de prosperidade, e quase não havia inimigos, pois, mantinha paz com todas as nações ao redor. Porém, depois que Salomão morreu o reino de Israel foi divido em Reino do Norte e Reino do Sul. Após Salomão morrer, seu filho Roboão assumiu o trono, mas devido ao descontentamento em relação aos impostos, as 10 tribos do Norte se separam e proclamaram Jeroboão como rei. Israel foi dividido entre o Reino de Israel (ao Norte, com capital em Siquém) e o Reino de Judá (ao Sul, com capital em Jerusalém). Os samaritanos pertenciam ao Reino do Norte e se recusavam a ir a Jerusalém para adorar. Foi por esse motivo que no Reino do Norte surgiram as Sinagogas para que o povo pudesse adorar a Deus sem ser preciso ir ao grande Templo em Jerusalém. Um rei de Israel mandou construir uma Sinagoga especial no monte Gerizim, em Samaria. Sinagoga significa “congregação” ou “assembleia”.

Quando o verdadeiro Estado de Israel for estabelecido, as 12 tribos de Israel serão unificadas, e Jerusalém será a capital do país. E o Estado se chamará Reino de Judá.

Porém, sabemos que os muçulmanos não querem de jeito nenhum permitir que Jerusalém seja a capital de Israel. Por esse motivo os Deuses Santos (santos anjos) terão que intervir. A mesquita de Omar (Domo da Rocha) que foi construída em Jerusalém no local do antigo Templo terá que ser destruída, pois está profanando o monte do Templo. E devido a esse impasse político, dar-se-á início a terrível guerra do Armagedom.

Por causa da desobediência dos governantes judeus, Israel ainda sofrerá um outro holocausto, até que Jerusalém seja retomada do domínio dos gentios, e se torne a capital mundial.

Vemos rumores de guerra no Oriente Médio. Recentemente as forças militares da Rússia, China e Irã fizeram manobras conjuntas. E isso tem deixado os governos de Israel e dos Estados Unidos preocupados. Os governos de Esquerda são os únicos que resistem ao governo imperial da Besta.

Agora, prestem atenção numa coisa. Muitas profecias não foram feitas para se cumprirem fielmente e literalmente. Profecias são avisos. Uma profecia pode ser anulada ou pode ser cumprida de forma inesperada. Assim sendo, se os governantes do mundo estão a par das profecias bíblicas concernentes ao fim dos tempos e principalmente concernentes ao povo escolhido de Deus, o povo de Israel, é óbvio que eles podem fazer algo para evitar que elas se cumpram fielmente. Por exemplo, Satanás sabe o que está escrito a respeito dele no livro de Apocalipse. Será que vocês acham que ele vai ser massa de manobra, e fazer direitinho conforme está escrito nas profecias? É claro que não. Se Satanás é um ente real e racional, então ele já tem traçado outros planos para que as profecias a seu respeito não se cumpram. Entendam porém uma coisa. Os eventos futurísticos descritos no Apocalipse de João não são revelações literais do futuro. Se fossem eventos literais do futuro, Deus estaria manipulando a história humana a bel-prazer. Ponha a mão na consciência agora e reflita comigo: Se recebemos uma profecia de que algo ruim irá acontecer com a gente daqui a três meses, será que vamos ficar inertes, sem se mexer para nada, ou vamos continuar na vida rotineira esperando aquele dia chegar? É claro que não vamos ficar inertes. Faremos de tudo para modificar o nosso destino. Assim também está agindo Satanás. Se Deus revela o futuro literalmente, então não há nada o que se possa fazer, não há nada que possa modificar o que já aconteceu. Por isso digo que as revelações de eventos futurísticos do Apocalipse não foram visões literais do futuro. Foram apenas eventos planejados para que aconteçam caso os governos humanos não mudem de rumo, caso a humanidade não queira saber de Deus. Algumas profecias podem até se cumprir literalmente, mas outras com certeza se cumprirão de forma inesperada.

———————-
Miquels7

Publicado em MENSAGENS ESPECIAIS | Deixe um comentário

DEUS, APESAR DE ONISCIENTE, TEM PLANO B

**********
NÃO SEI SE VOCÊS SABEM, MAS DEUS, APESAR DE SER ONISCIENTE, TEM PLANO B.

Não sei se vão me entender, mas Jesus foi enviado com uma missão. Só que essa missão falhou, e para não dar por perdida a missão de Cristo, Deus teve que usar o plano B. Sendo assim, onde estava a onisciência de Deus?

Quando Jesus andava pelas cidades de Israel ensinando o povo sobre o seu reino, uma mulher cananéia (gentia) quis falar com Ele para que curasse o seu filho que se encontrava enfermo. Os discípulos informaram Jesus sobre a mulher cananéia, mas Ele não deu atenção. Disse que não veio anunciar as boas novas de salvação para os gentios, mas veio tão somente para as ovelhas perdidas da casa de Israel. Nesse tempo os judeus tratavam os cananeus como “cães”, e os samaritanos eram tratados como “porcos” imundos. Por isso Ele disse “não jogueis vossas pérolas aos porcos”. Porém, a mulher muito insistiu e conseguiu se aproximar de Jesus e implorou que Ele curasse o seu filho. Foi nesse momento que Jesus a tratou com desprezo e desdém, tratando-a como cadela ao dizer “não é bom tirar o pão dos filhos e dar para os cachorros”. Mas a mulher sabiamente respondeu: “mas os cachorros também comem das migalhas que caem da mesa de seus donos”. Jesus então se comoveu com a fé e a sabedoria daquela mulher, e então decidiu curar o seu filho.

Vemos que o próprio Cristo disse que não veio por causa dos gentios. Disse que veio somente para o povo judeu. Significa que no plano A sua morte seria apenas em favor do povo judeu do reino de Judá ou da casa de Davi (reino do Sul), pois os samaritanos (reino do Norte) também estavam fora do plano. E o evangelista João revela, então, o plano B ao dizer o seguinte: “Jesus veio para os que eram seus, mas os seus não o receberam, mas a todos quantos o receberam deu-lhes o direito de serem feitos filhos de Deus”. Ou seja, ou Deus tinha um plano B, ou os gentios foram incluídos por acidente no plano de salvação. Graças à ignorância dos judeus, os gentios foram incluídos no plano de salvação.

Portanto, podemos concluir que Jesus não veio com a missão de morrer pelos pecados da humanidade, mas veio tão somente por causa do povo escolhido de Deus, os judeus. Os únicos que Deus tinha em mente para salvar no plano A eram os judeus, povo que Ele assumiu compromisso de ajudar e abençoar caso obedecessem seus mandamentos. Como os judeus o rejeitaram, crucificando, as boas novas do reino foram estendidas aos gentios. No entanto, devemos entender que a maioria do povo judeu, o povão não rejeitou Jesus. Quando Ele ensinava nos montes, milhares o acompanhavam para ouvir suas palavras. O povão gostava de Jesus e o queriam como rei. Tanto é que quando Ele entrou em Jerusalém na última Páscoa antes da sua crucificação, o povo gritava e o aplaudia levantando folhas de palmeiras e cantando “bendito o que vem em nome do Senhor”. A turba de judeus que pediram a sua crucificação, na verdade foi contratada pelo sumo-sacerdote e pelos fariseus que tinham ódio de Jesus, para fazerem coro no dia do seu julgamento diante de Pôncio Pilatos, clamando “crucifica-o”. O povo judeu, o povão na verdade chorou ao ver o seu Messias ser crucificado. E essa culpa os gentios imputaram aos judeus até os dias de hoje. Foram as autoridades religiosas de Israel que crucificaram Jesus. A maioria do povo judeu recebeu Jesus de bom coração. Mas muitos o rejeitaram por causa dos doutores da lei e dos fariseus que não queriam saber de Cristo.

Se Deus sabia de antemão que o plano A falharia, por que enviou Jesus para cumprir o plano A, mesmo sabendo que falharia, para depois recorrer ao plano B? Ou será que Deus, na sua onisciência, já tinha em mente os planos A, B e C? Ora, se Deus tem planos B e C, então fica evidente que Ele não é onisciente, e planeja de acordo com as circunstâncias.

O que sabemos é que Jesus veio orientado pelos Deuses Santos (líderes dos santos anjos) sobre o que fazer e falar. Ele mesmo declarou que nada fazia de si mesmo, mas fazia tudo de acordo com o que foi orientado. Ou seja, alguém planejou tudo para que Jesus executasse, porém, muitas coisas foram mudadas no plano A. E Ele mesmo falou que não sabia de muitas coisas. Os discípulos perguntaram quando seria o dia da sua volta e o fim do mundo. Mas Ele se recusou a falar, dizendo que não sabia de nada, nem os anjos sabiam, e que somente o Pai sabia.

“Eu não posso de mim mesmo fazer coisa alguma; como ouço, assim julgo; e o meu juízo é justo, porque não procuro a minha vontade, mas a vontade daquele que me enviou” (João 5:30).

“Porque eu não falei por mim mesmo; mas o Pai, que me enviou, esse me deu mandamento quanto ao que dizer e como falar” (João 12:49).

“Não crês tu que eu estou no Pai, e que o Pai está em mim? As palavras que eu vos digo, não as digo por mim mesmo; mas o Pai, que permanece em mim, é quem faz as suas obras” (João 14:10).

“E estando ele sentado no Monte das Oliveiras, chegaram-se a ele os seus discípulos em particular, dizendo: Declara-nos quando serão essas coisas, e que sinal haverá da tua vinda e do fim do mundo. (…) Daquele dia e hora, porém, ninguém sabe, nem os anjos do céu, nem o Filho, senão só o Pai” (Mateus 24:3,36).

Notem vocês que até o plano B podia falhar ou ser modificado, pois, na noite em que foi preso, Jesus suplicou ao Pai que não o deixasse tomar aquele cálice de amargura: a crucificação. Mas, o Pai negou o seu pedido. E isso nos mostra que o plano B podia falhar; Jesus poderia ter desistido de ir até o fim no cumprimento da missão. Ou então os Deuses Santos poderiam modificar o plano B, trançando um plano C, fazendo com que Cristo não fosse preso e crucificado naquele dia.

A prova que o plano A falhou está em Marcos 9:1 e 13:30, onde Jesus Cristo declara que “alguns dos que aqui estão de modo nenhum provarão a morte até que vejam o reino de Deus já chegando com poder”. Ou seja, Ele declarou que seu reinado aqui na Terra iniciaria ainda no final daquela geração, e que muitos dos que estavam vivos ainda veriam o estabelecimento do reino. Mas o plano falhou, e Deus teve que adiar o estabelecimento do reino, pois, os judeus não receberam Jesus conforme o esperado. E para não dar tudo por perdido, o plano de salvação também se estendeu aos gentios. E novos planos foram traçados até que o reino de Cristo seja estabelecido.

“Disse-lhes mais: Em verdade vos digo que, dos que aqui estão, alguns há que de modo nenhum provarão a morte até que vejam o reino de Deus já chegando com poder” (Marcos 9:1).

“Assim também vós, quando virdes sucederem essas coisas, sabei que ele está próximo, mesmo às portas. Em verdade vos digo que não passará esta geração, até que todas essas coisas aconteçam. Passará o céu e a terra, mas as minhas palavras não passarão. Quanto, porém, ao dia e à hora, ninguém sabe, nem os anjos no céu nem o Filho, senão o Pai” (Marcos 13:29-32).

——————
Miquels7

Publicado em CASOS POLEMICOS, MISTÉRIOS DA BÍBLIA | Marcado com , , , , , , , | Deixe um comentário

A ESTRELA DE BELÉM PODE TER SIDO UM OVNI MUITO LUMINOSO

**********
Um astrofísico estudou o enigma da “Estrela de Belém”, que teria levado um grupo de magos para adorar o menino Jesus logo após o seu nascimento, e concluiu que se tratava de um alinhamento planetário incomum ocorrido no ano 6 a.C.

No entanto, acredito que um OVNI orientou o caminho dos magos até Belém. E “mago”, na Bíblia, não significa “sábio”. Mago significa bruxo ou feiticeiro. Significa também sacerdote dos deuses pagãos.

Na época do nascimento de Jesus Cristo não havia três reinos no Oriente, com três reis amigos e tementes a Deus, os quais teriam recebido uma suposta revelação para ir até Belém da Judeia parabenizar o novo Messias que havia nascido, e presenteá-lo.

Eu acredito que os santos anjos da Bíblia são seres alienígenas. Anjos não possuem asas. Em nenhum lugar da Bíblia os anjos foram vistos com asas. Todos os casos em que anjos apareceram visivelmente aos humanos eles não foram descritos com asas. Anjos apareceram a Ló, a Abraão, a Jacó, a Moisés, a Gideão, a Maria Madalena e aos discípulos no dia ascensão de Cristo, mas nenhum deles possuía asas. Os querubins com 6 asas contemplados e descritos nas visões dos profetas Isaías, Ezequiel e João não eram seres vivos reais; eram esculturas de anjos alados, com pés de bezerros e quatro rostos, acopladas ao redor do módulo espacial que transportava o trono do líder dos Deuses Santos (santos anjos).

Os santos anjos – que chamo de Deuses Santos – se fizeram passar pelo suposto Deus Todo-Poderoso. Fizeram isso para que os humanos o temessem e obedecessem os mandamentos, para que se tornassem pessoas boas e aperfeiçoadas, e não vivessem na devassidão, na degradação moral e na prática de pecados. Jesus Cristo foi um enviado dos Deuses Santos para substituir o lugar de Satanás, o querubim caído.

Os Deuses Santos planejaram o nascimento de Jesus. Maria foi inseminada artificialmente para que Jesus nascesse no tempo determinado. E para que houvesse testemunhas do nascimento do novo regente da Terra eles revelaram o plano a um rei do Oriente. Esse rei enviou três magos (bruxos) para conferir se realmente o Messias havia nascido em Belém da Judeia. Esses magos que foram a Belém não eram reis. Pois, se fossem, teriam sido recebidos como chefes de Estado pelo rei Herodes. E isso não ocorreu. Se fossem reis, também teriam chegado em Belém com uma grande escolta de soldados. E isso também não foi registrado. E Mateus foi o único evangelista que registrou o fato, mas ele não diz que eram “reis magos”. Diz apenas “uns magos vindo do Oriente”.

Foi a Igreja Católica que transformou Jesus em Deus e os magos em reis. Jesus não é Deus. Ele foi apenas um enviado especial dos Deuses Santos para cumprir uma missão especial aqui na Terra. Por isso Jesus nunca disse ser Deus nem Filho de Deus. Antes, dizia apenas ser “Filho do homem”, isto é, filho da humanidade, o ser alienígena que se tornou humano. E Jesus não veio morrer pelos pecados da humanidade. A sua morte na cruz foi apenas uma prova que Ele tinha que cumprir, uma prova de amor pela humanidade. Se Jesus tivesse vindo morrer pelos pecados, e sem a sua morte não haveria salvação, então Ele não poderia ter amarelado. Pois Ele amarelou, teve medo de morrer. Tanto é que Ele passou a noite toda antes da sua prisão pedindo que os Deuses Santos (o Pai) não permitissem que passasse tamanha humilhação por causa de humanos decaídos. Porém, os Deuses Santos negaram seu pedido, e Ele teve que ir até o fim, cumprir a prova de amor. Se não cumprisse a prova, Ele não teria recebido todo o poder e domínio sobre a Terra. Quando Jesus “ressuscitou”, disse: “É me dado todo o poder nos céus e na Terra”. Ora, se Jesus fosse Deus, neste caso Ele estaria tomando o lugar de Deus ao dizer “todo o poder foi me dado nos céus e na Terra”. Jesus também se tornou “Senhor dos mortos”, pois disse em Apocalipse 1 que agora detém as chaves da morte e do Hades. Ou seja, Jesus tomou posse do Inferno, mas ele não ficou lá governando. Ele apenas tomou posse das almas que se encontravam no Campus Elíseos (paraíso ou seio de Abraão) e no Érebo, e as transportou para uma região especial do espaço. Foi essa a razão da guerra nos céus, descrita em Apocalipse 12. Satanás e seus anjos não queriam que Cristo levasse para o espaço sideral as almas dos mortos. Só ficou no Hades as almas dos grandes pecadores, daqueles que cometeram pecados abomináveis, que jamais terão perdão. Lá eles gemem e choram até o dia do juízo final. No entanto, o Hades ou Inferno não é um lugar espiritual; é um lugar físico, e se localiza nas profundezas da Terra. Os grandes pecadores estão confinados no lado de baixo do Inferno, cujo local se chama “poço do abismo” ou Thártarus. Por esse local corre um rio de lavas vulcânicas. Por isso se diz que o Inferno é um local muito quente. E os espíritos dos mortos não são corpos espirituais, mas corpos físicos, só que invisíveis a olho nu. Os Espíritas sabem explicar melhor sobre o segundo corpo que reveste cada corpo humano. Eles chamam a esse segundo corpo etéreo de perispírito, uma espécie de liga que une o corpo físico ao espírito.

Os Deuses Santos não podiam entregar o poder a um regente opressor, que não amasse a humanidade. Por isso eles exigiram que o novo regente cumprisse uma prova de amor. Satanás, o querubim caído, era o regente oficial da Terra. Por isso que lá no evangelho de Lucas capítulo 4 Satanás oferece a Jesus todos os reinos do mundo se prostrado o adorasse. Até aquele momento Satanás ainda se achava dono da Terra. Ele fez de tudo para fazer com Jesus desistisse da prova. Pois, ele sabia que se Jesus fosse até o fim, ele perderia o posto de regente da Terra. Foi essa a razão de Jesus ter dito que via Satanás descer como um raio do céu. Pois ele estava desesperado.

Na verdade, Jesus é o novo regente da Terra, mas Ele ainda não assumiu o controle completo deste planeta. Pois o Dragão, a Antiga Serpente, também chamada de Diabo e Satanás se aliou aos governos humanos, a Besta 1 e 2, e deu a ela o seu poder. Satanás atua de forma indireta aqui na Terra, através dos governos humanos. E os governos que são controlados por Satanás são os de Direita, os democráticos. Os primeiros governos controlados por Satanás que formavam a primeira Besta eram os reinos de Babilônia (Babel), Média e Pérsia, Grécia e Império Romano. A democracia veio da Grécia. Depois que o Império Romano do Ocidente caiu no ano 467 d.C, o poder do Dragão foi dado aos dez reinos novos da Europa (dez chifres da primeira Besta), encabeçado pela Inglaterra e a França. E o capitalismo surgiu na Inglaterra. E o Dragão/Satanás passou a usar os maçons (Maçonaria) para controlar os governos na Terra, um governo oculto. Os Estados Unidos da América foi fundado pelos Franco-Maçons. O domínio da segunda Besta é encabeçado pelos Estados Unidos da América. A Besta quer implantar a democracia e o capitalismo em todos os países da Terra. E ela vai destruindo aos poucos os últimos governos comunistas e socialistas que ainda resistem na Terra. Só não pode com os países socialistas e comunistas que possuem a bomba atômica. Os governos socialistas e comunistas são os únicos na Terra que resistem ao poder do Dragão. O governo de Israel não luta contra o governo da Besta porque se aliou a ela em 1948, quando fundaram o Estado de Israel pelo movimento sionista. Mas os judeus ortodoxos e ultra-ortodoxos ainda resistem ao governo da Besta. Os católicos e os evangélicos também não lutam contra o poder da Besta; antes, estão do lado da Besta ao apoiar os EUA, a nação que encabeça o poder do Dragão na Terra. O atual estado de Israel não foi criado pela vontade de Deus, mas foi criado apenas para que se cumpra a profecia. Se o Estado de Israel fosse da vontade de Deus, lá estaria prevalecendo a Monarquia; lá estaria um rei governando os judeus. A mulher meretriz assentada sobre a Besta, descrita em Apocalipse 17, é a cidade de Jerusalém, que também simboliza toda a nação de Israel. No capítulo 12 de Apocalipse Deus (Deuses Santos) livra o povo judeu do extermínio e o espalha pelos países; a nação de Israel é descrita como uma mulher grávida, que depois de dar à luz é levada para o deserto, longe da vista do Dragão, mas Deus a protege. A nação de Israel fica no deserto, mas recebe ajuda de Deus conta as investidas do Dragão. Porém, no capítulo 17 de Apocalipse essa mulher do capítulo 12 aparece como uma meretriz, montada numa besta cor de escarlata. Isso significa que o povo judeu (a grande maioria) se aliou ao governo da Besta desde o ao de 1948. A cidade de Jerusalém se tornou uma verdadeira Babilônia, onde os povos gentios profanam os lugares sagrados. Jerusalém se tornou centro das três grandes religiões do mundo: Judaísmo. Islamismo e Cristianismo (falso). Nas ruas de Jerusalém acontece até parada gay. E para destruir a Besta e expulsar os profanos da cidade de Jerusalém, os Deuses Santos planejaram os juízos descritos no Apocalipse: os juízes das sete trombetas e das sete taças da ira de Deus. É dessa forma que os Deuses Santos conseguirão destruir o poder do Dragão e da Besta que controla a Terra. E os Deuses Santos contarão com a ajuda da natureza para destruir o poder os homens aqui na Terra.

Portanto, quero concluir, dizendo que os santos anjos e Jesus não são seres espirituais. São seres alienígenas. Seres espirituais não existem. Se Jesus disse que ia para o céu e voltaria com seus anjos visivelmente a todos os terráqueos depois que o tempo se cumprisse, significa que Ele e seus anjos voltarão como seres alienígenas, e não como seres espirituais. Céu como um lugar paradisíaco não existe. “Céu” refere-se apenas ao espaço sideral infinito. Não existe nenhum mundo espiritual acima da abóbada celeste, acima das nuvens e das estrelas.

Os líderes dos santos anjos descem de tempos em tempos aqui na Terra. Acredito que eles descem aqui na Terra ao final de cada Era Zodiacal, ou seja, a cada 2.100 anos. Porém, os santos anjos líderes voltam para o seu planeta de origem, mas eles deixam vários anjos aqui na Terra, para monitorá-la em suas naves espaciais invisíveis, super-velozes. Mas também há anjos do mal aqui na Terra que estão em disputa pelo controle do planeta. Uns se concentram na Antártida, o continente gelado. Por isso o governo americano não permite o livre acesso ao continente gelado, a Antártida.

A volta dos líderes dos Deuses Santos está próxima. Desta vez eles virão para fazer uma limpeza completa do mal neste velho planeta Terra.

——————-
Miquels7

Publicado em CASOS POLEMICOS, MENSAGENS ESPECIAIS | Marcado com , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

PASTORES MERCENÁRIOS DESVIAM PARA SI O DINHEIRO QUE DEVIA SER EMPREGADO NA AÇÃO SOCIAL

**********
AS IGREJAS EVANGÉLICAS E CATÓLICAS RECEBEM ISENÇÃO FISCAL DO GOVERNO, NÃO PAGAM TRIBUTOS NEM IMPOSTO DE RENDA JUSTAMENTE COMO INCENTIVO PARA A AÇÃO SOCIAL. MAS OS PASTORES DESVIAM PARA SI O DINHEIRO QUE DEVIA SER EMPREGADO NA AÇÃO SOCIAL.

A maioria dos pastores evangélicos não está nem aí para a ação social. Querem ostentar, construindo templos suntuosos, comprando fazendas, carros, mansões e jatinhos. Alegam que as ofertas e dízimos são para obra de Deus. Mas não sabem que a obra de Deus é justamente fazer justiça aos pobres, aos órfãos, viúvas e oprimidos. Pensam que a obra de Deus é só pregação e louvor. Obra de Deus é ação em prol dos necessitados, em prol das pessoas que estão no mundo de pecado, nos vícios, na prostituição e na pobreza extrema. Porém, os pastores enganam essas pessoas com falsas promessas de prosperidade e cura de enfermidades, e as mantêm sob domínio e submissão com doutrinação pesada sobre o inferno, caso não sejam fiéis nos dízimos e nas ofertas. Canalhas!

Os grandes pastores mercenários do Brasil e dos EUA ficaram ricos explorando os fiéis e se apossando das ofertas e dízimos que deviam ser destinados para os pobres e necessitados.

As igrejas evangélicas deviam receber pessoas excluídas da sociedade, mendigos, refugiados, doentes, viciados, pessoas em extrema necessidade, devia fornecer comida, cobertores, roupas, e trabalhar junto com a prefeitura para adquirir terrenos para construções de moradias para os mais pobres, pelos próprios membros da igreja.

A única igreja que tem feito muita ação social pelos pobres é a Igreja Católica. Porém, as igrejas evangélicas querem é distância de pobres e necessitados. Todos os pastores mercenários visam dízimos e ofertas não pensando nos pobres e necessitados, mas pensando em si mesmos e no crescimento da sua seita religiosa; pensam em comprar carro, ajeitar a casa e construir um templo maior e mais suntuoso.

Os pastores mercenários têm preferência pelos crentes empregados, porque estes podem render bastante dinheiro para o bolso deles. Porém, Jesus disse que o bom pastor dá a sua vida pelas ovelhas, não as explora e nem exige salário em troca de seu trabalho. Mercenário é o pastor que recebe salário para pastorear.

E as crises econômicas tendem a jogar o povo pobre nas igrejas evangélicas, onde são atraídos por falsas promessas de prosperidade material, e ficam à mercê de pastores mercenários, que exploram a fé e retiram os últimos centavos que possuem.

Miquels7

Publicado em MENSAGENS ESPECIAIS | Deixe um comentário